Professor gaúcho acumula indenizações


Na semana passada, a Comissão de Anistia concedeu ao professor Alceu Salamoni uma pensão de 2 823 reais mais uma indenização retroativa de 439 000 reais. Ex-militante contra a ditadura, Salamoni foi preso em 1972 e perdeu o emprego que tinha no departamento de Serviço Social da Universidade Católica de Pelotas por sua atuação política.

Mas não é a primeira indenização de Salamoni. Onze anos atrás, o professor havia recebido 30 000 reais do governo do Rio Grande do Sul como reparação.

Radar/Lauro Jardim

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: