Prêmio para pior descrição sexual


Jonathan Littell, vencedor do importante prêmio Goncourt em 2006 pelo livro “As Benevolentes”, ganhou outra condecoração pela mesma obra — o Bad Sex Awards, pela pior descrição sexual do ano.

O prêmio anual foi disputado desta vez pelos pesos-pesados Philip Roth por “The Humbling”, John Banville por “The Infinites” e Paul Theroux por “A Dead Hand”.

Os juízes elogiaram o que chamaram de romance “ambicioso e impressionante” de Littell, que foi originalmente publicado em francês.

“É em parte a obra de um gênio”, disseram.

“No entanto, uma passagem inspirada na mitologia e frases como ‘eu gozei de repente, em um jorro que esvaziou minha mente como uma colher raspando o interior de um ovo cozido’ deram o prêmio (Bad Sex Awards) às Benevolentes. Esperamos que Littell o receba com bom humor”.

Littell não deve comparecer à cerimônia de premiação em Londres.

O prêmio foi criado por Auberon Waugh em 1993. Seu objetivo é chamar a atenção para “passagens de descrição sexual cruas, sem gosto e frequentemente negligentes nos romances contemporâneos”, assim como desencorajá-las.

Mike Collett-White

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: