Ex-ditador uruguaio pega 25 anos de cadeia


A Justiça do Uruguai determinou nesta quinta (22) 25 anos de prisão ao ex-ditador uruguaio Gregorio Goyo Álvarez.

Ele foi condenado pelo “homicídio especialmente agravado” de 37 opositores e por um delito de “lesa-humanidade”. Comandante-em-chefe do Exército, em 1978, e último presidente do regime militar entre 1981 e 1985.

Gregorio Alvarez já havia sido julgado anteriormente por outros crimes, tendo recebido uma condenação à prisão, no dia 17 de dezembro de 2007 por desaparecimentos forçados de presos políticos, executados depois de uma série de traslados clandestinos de Buenos Aires a Montevidéu, em 1978.

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: