Arquivo do dia: setembro 14, 2009

Morre Patrick Swayze do filme “Ghost”

O ator Patrick Swayze morreu nesta segunda-feira (14), aos 57 anos, após uma batalha de quase dois anos contra um câncer no pâncreas.

Sua assessora de imprensa, Annet Wolf, confirmou a morte do ator de “Dirty dancing” e “Ghost” e disse que ele estava ao lado da família.

“Patrick Swayze descansou em paz hoje [segunda, 14], com sua família a seu lado, após encarar os desafios da doença durante os últimos 20 meses”, disse Wolf, em comunicado.

Ele continuou trabalhando enquanto se submetia a tratamento. Na época, Swayze se preparava para começar a rodar episódios do seriado “The beast”, em que faz um veterano agente do FBI. A série produzida pelo canal A&E teve relativo sucesso na primeira temporada, mas não emplacou a segunda.

Antes de saber da doença, o ator disse que num primeiro momento pensou estar sofrendo de indigestão crônica. Quando os sintomas pioraram, ele procurou seu médico. Foi feita uma biópsia, e o diagnóstico foi câncer.

“A quimioterapia é um inferno na terra, não importa como você a represente”, disse o ator na época, em entrevista ao jornal “The New York Times”. “Como você faz para promover uma atitude positiva quando todas as estatísticas dizem que já é um homem morto? Você vai trabalhar”.

Michael Jackson : veja o trailer “This Is It”

Confira o trailer de

O trailer do filme “This Is It”, baseado em mais de 100 horas de gravações dos últimos ensaios de Michael Jackson para a turnê homônima que realizaria a partir de julho foi exibido neste domingo, durante a premiação do Video Music Awards 2009, em Nova York.

No mesmo evento, houve ainda uma homenagem de Madonna e Janet Jackson ao Rei do Pop. O documentário será lançado em 28 de outubro e ficará apenas duas semanas em cartaz. A venda de ingressos começará em 27 de setembro.

Lula defende uso da internet em campanhas

Presidente Lula defende uso da internet em campanhas eleitorais. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr O presidente Luiz Inácio Lula da Silva comentou nesta segunda-feira o dispositivo da reforma eleitoral que impõe restrições ao uso da internet em campanhas políticas.

Lula disse que é impossível controlar a internet e que é preciso que os eleitores tenham liberdade para conhecer os candidatos.

“A eleição não pode ser uma coisa que cause tanto medo às pessoas que queiram proibir. Brigamos a vida inteira por liberdade política, de expressão, de comunicação e começam a trancar isso”, afirmou. “Acho que tem ser livre mesmo, porque é importante as pessoas saberem quem é o candidato”, acrescentou.

As declarações foram feitas em entrevista a rádios de Roraima, estado em que Lula inaugura hoje obras e assina atos para a regularização de terras e contratos para a construção de moradias pelo Programa Minha Casa, Minha Vida.

Pelo texto da reforma eleitoral que foi aprovado na Câmara e está no Senado, há restrições aos sites noticiosos da internet durante o período eleitoral. A proposta prevê que os candidatos devem ter liberdade total na internet ao utilizar blogs, mensagens instantâneas e sites de redes sociais.

Os sites vinculados às empresas de comunicação e aos provedores estão proibidos de veicular imagens de consultas populares de natureza eleitoral a partir do dia 5 de julho do ano da disputa. Fica permitida também a propaganda paga nos portais jornalísticos, mas somente para os candidatos à Presidência da República.

Nesta semana, o Senado deve votar os destaques apresentados pelos senadores à reforma eleitoral, entre eles a emenda proposta pelo líder do PT, Aloizio Mercadante (SP), que retira do texto qualquer restrição ao conteúdo jornalístico veiculado na internet durante a campanha.

Agência Brasil

Morre o escritor Jim Carroll

O autor de The Basketball Diaries, Jim Carroll, morreu em Nova York, nos Estados Unidos. Ele tinha 60 anos e teve um ataque cardíaco em sua casa, situada em Manhattan.

A obra mais famosa do considerado poeta punk, The Basketball Diaries, é um texto autobiográfico escrito por Caroll  em 1978, que ganhou as telas do cinema em 1995 com Leonardo DiCaprio no papel tema.

Ministro atende pedido de deputado que entra em seu partido

Ministro dos Transportes atende pedido de deputado que negocia a entrada em seu partido e já apresentou pedido de mudança no TSE

Valdemar Costa Neto fez a intermediação para atrair o parlamentar

Deputado Davi Alves Silva (PDT-MA) (D) faz questão de filmar seu encontro com o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, que autoriza projeto para obras em seu reduto eleitoral no Maranhão


Um vídeo obtido pelo Correio Braziliense mostra o assédio dos principais líderes do Partido da República (PR) a um deputado candidato a integrar a bancada da legenda na Câmara, Davi Alves Silva (PDT-MA). A liberação de recursos do Orçamento da União é utilizada como atrativo para o parlamentar. A negociação foi feita pelo secretário-geral do PR, deputado Valdemar Costa Neto (SP), mas o empurrãozinho final coube ao ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento. O ministro recebe informações sobre uma obra de interesse do deputado, já autorizada por ele, e comenta com Costa Neto: “Ah! É aquele negócio que tu me pediste?”. Em seguida, olha para Davi e acrescenta: “Rapaz, tu não tá nem no partido e já tá conseguindo arrancar as coisas daqui. Imagina quando estiver no partido, não é?”. Todos riem.

Davi Alves tinha interesse na construção da travessia urbana de Imperatriz (MA), seu principal reduto eleitoral, há muito tempo. Apresentou uma emenda de R$ 800 mil para essa obra em 2007, mas o projeto não saiu do papel. Na reunião realizada em 24 de junho, na sala de reuniões do ministro, Costa Neto avisou que o projeto executivo já estava em andamento: “Já está quase no final, viu Alfredo! Por isso que ele veio aqui te agradecer”. Após a conversa reservada, o ministro gravou entrevista para uma equipe de Davi, informando que a liberação estava garantida: “Eu já autorizei recursos para que seja elaborado um projeto executivo. A nossa expectativa é que, neste ano, o projeto executivo esteja concluído e, a partir do ano que vem, a obra tenha condições de ser iniciada”. Neste ano, o ministro comanda uma pasta com orçamento de R$ 9,6 bilhões para investimentos.

Troca-troca
Em 19 de agosto, Davi Alves apresentou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedido de declaração de justa causa para se desfiliar do PDT, partido pelo qual foi eleito em 2006. O deputado afirmou no pedido que, desde o início de 2007, sofre grave discriminação pessoal e perseguição política dentro da legenda. Alega também que o programa partidário do PDT foi desrespeitado pelo então governador do Maranhão, Jackson Lago, integrante do partido, e pela própria direção nacional do PDT, o que o teria prejudicado perante aos eleitores no estado.

Diálogo comprometedor
Vídeo revela os bastidores da conversa entre o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, e os deputados Valdemar Costa Neto (PR-SP) e Davi Alves Silva (PDT-MA). Falam sobre liberação de verbas e troca de partidos.

Nascimento – Já vou logo copiar aqui. (Lê o documento) Davi Alves Silva Júnior, BR-010, construção de travessia urbana…

Valdemar – …de Imperatriz.

Davi – …de Imperatriz, acesso a Davinópolis.

Valdemar – Já começou o projeto, não é, Davi?

Davi – Já.

Valdemar – Já estão contratando. Já está quase no final, viu Alfredo! Por isso que ele veio aqui te agradecer.

Nascimento – Ah! É aquele negócio que tu me pediste?

Valdemar – É.

Nascimento – Pra ele, é? Rapaz, tu não tá nem no partido e já tá conseguindo arrancar as coisas daqui. Imagina quando estiver no partido, não é? (risos)

%d blogueiros gostam disto: