Morre o cão mais velho do mundo



Chanel, uma cadela da raça dachshund, morreu de causas naturais na última sexta-feira, informa o tablóide inglês The Sun.

A cadela celebrou seu 21º aniversário — ou que seria equivalente a 147 primaveras em anos caninos, segundo o jornal — em maio num hotel e spa para cães, quando representantes do Guinness a presentearam com um certificado, a declarando como a mais velha do mundo, oficialmente.

Denice e Karl Shaughnessy, donos da cadelinha e moradores de uma localidade próxima de Nova York, nos EUA, adotaram Chanel, quando ela tinha apenas seis meses de vida.
“Ela se exercitava diariamente e era alimentada com comida caseira misturada à ração”, relembra Karl.

Agora, Max, um cão da Louisiana, também nos EUA, pode ficar com o título de o mais velho do mundo, já que a dona dele, Janelle Derouen, afirma que ele completou 26 anos em 9 de agosto. Resta o Guinness examinar os documentos que comprovem a idade do experiente cãozinho.

The Sun

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: