Tamiflu é proibido para jovens no Japão


Ministério da Saúde do país afirma que medicamento pode aumentar chance de alucinações e morte em menores de 18 anos


Revista Época

Recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como principal medicamento para o tratamento da gripe suína, o oseltamivir, nome genérico para o antiviral Tamiflu, teve sua prescrição para crianças e adolescentes proibida pelo governo japonês em março de 2007.

As informações liberadas pelo Ministério da Saúde do Japão na época afirmavam que o remédio causava problemas neuropsicológicos que podiam levar a alucinações e suicídios.

O primeiro aviso do governo japonês sobre desordens neurológicas ligadas ao Tamiflu foi feito em junho de 2004. Em fevereiro daquele ano, um garoto de 17 anos se matou entrando na frente de um caminhão; segundo o motorista ele estava sorrindo na hora do atropelamento. O garoto estava de pijamas, saiu de casa no meio de uma tempestade de neve, e tomou uma cápsula de Tamiflu antes de fazer tudo isso.

Segundo dados do governo do Japão, desde 2001 – quando o Tamiflu começou a ser comercializado no país –, 128 pessoas agiram de forma estranha após ingerir o medicamento. Dessas, 100 tinham menos de 20 anos. Oito morreram – incluindo três idosos – ao pular de um edifício ou em outros casos de comportamento irregular. A Roche, laboratório responsável pela fabricação e distribuição do Tamiflu, e o governo dos Estados Unidos afirmam que não há indícios que liguem as mortes ao uso de Tamiflu.

Em abril de 2009, um grupo de cientistas do Ministério da Saúde japonês, liderado por Yoshio Hirota, do Departamento de Saúde Pública da Universidade de Osaka, afirmou que pacientes entre 10 e 17 anos tratados com Tamiflu tem 54% a mais de chance de desenvolver comportamentos anormais do que aqueles que não usaram o medicamento.

A pesquisa foi feita com 10 mil jovens menores de 18 anos diagnosticados com gripe desde 2006. “A ligação com Tamiflu não pode ser excluída”, afirma o relatório.

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: