Vencedor do Oscar é preso acusado de 11 estupros


Brooks é levado pela policia de NY

Brooks é levado pela policia de NY

O diretor do filme Luz da Minha Vida (1977), Joseph Brooks, foi detido nesta terça (23) após ter sido acusado de estuprar 11 mulheres, as quais foram até sua casa pensando que fariam testes para atuar em alguma produção, informou a Promotoria de Nova York.

Essas mulheres já tinham acusado o diretor de tê-las enganado para que fossem a sua casa no bairro Upper East Side, em Manhattan, onde supostamente ele as teria atacado.

“A investigação revela que Brooks atacou sexualmente mulheres de idades entre 18 e 30 anos em seu apartamento de Manhattan”, explicou hoje Robert Morgenthau, promotor público de Nova York, em comunicado.

As autoridades nova-iorquinas também apresentaram acusações contra a assistente pessoal do diretor, Shawni Lucier, de 42 anos, acusada de ter ajudado nesses abusos. Consciente das atitudes de Brooks, ela teria ajudado a atrair as vítimas e marcar as visitas.

Brooks, de 71 anos, é alvo de 91 acusações, todas elas relacionadas com agressões sexuais, abusos e roubo, e ligadas a crimes supostamente cometidos entre março de 2005 e abril de 2008. Alguns dos delitos preveem penas de 25 anos de prisão.

O cineasta também venceu o Oscar de Melhor Canção Original em 1977 com a música “You Light Up My Life”, que faz parte da trilha sonora do filme citado.

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: