Daily Archives: maio 16, 2009

Intercâmbios com destinos alternativos aos EUA

A agência de intercâmbios M/Brazil não embarcou nenhum brasileiro para uma temporada de trabalho nos Estados Unidos neste ano. Segundo o diretor-geral, Marcelo Toledo, 800 vagas pré-negociadas foram canceladas pelos americanos por conta da crise.

Em 2008, a M/Brazil levou 300 pessoas para os EUA. “As contratações na Disney e nas estações de esqui congelaram.”

A solução encontrada pela empresa foi direcionar os clientes para outras regiões, com destaque para Dubai, Nova Zelândia e Angola. Em Dubai( foto), há 400 vagas abertas para trabalho em hotéis.

Segundo Toledo, há mercado na Nova Zelândia para trabalho agrário e, em Angola, nos setores de construção civil e enfermagem.

Aqui mais informações sobre Trabalho no Exterior
Mercado Aberto

Jonas Brothers: Sacha fica enlouquecida

Os Jonas Brothers pintaram no Rio de Janeiro, para a pré-estreia do seu filme, chamado “Jonas Brothers 3D, o show

Sasha, filha da Xuxa, ficou enlouquecida com os Guris na pré-estreia do filme

Sasha Meneghel, filha de Xuxa, mostrou que também tem seus ídolos. Na noite de sexta-feira (22), a adolescente foi a um shopping na zona oeste do Rio de Janeiro assitir a estreia do filme “Jonas Brothers 3D – O show”. Ela ainda pintou as unhas com as letras que formavam as palavras Jonas Bros.

Para não causar mais tumulto no cinema, Sasha chegou pelos fundos do shopping, acompanhada por um segurança e pela empresária de Xuxa. Ao contrário dos demais convidados para a estreia do filme, Sasha foi a única que teve acesso ao astros. Ela tirou fotos com os ídolos e pediu autógrafos.

Gritaria, choro e emoção foram as marcas da passagem dos Jonas Brothers pelo Rio. Com a Apoteose lotada (cerca de 18 mil pessoas, nas contas dos organizadores), o trio americano que já virou uma máquina de vender discos levou o público à loucura na apresentação de sábado. Neste domingo, a histeria continuou no estádio do Morumbi, em São Paulo.

Foto: Daigo Oliva / G1

O trio norte-americano Jonas Brothers se apresentaram em São Paulo neste domingo (24) no último show de sua turnê na América Latina. A banda subiu ao palco no estádio do Morumbi com 15 minutos de atraso para uma plateia de 45 mil pessoas, entre fãs e pais, e abriu a apresentação com a ‘That`s just the way we roll’. (Foto: Daigo Oliva / G1)

………………..

(abaixo nota mais antiga)

Atuais queridinhos da América, Nick, Joe e Kevin, os Jonas Brothers, dizem que não veem a hora de chegar ao Brasil e, pasmem, comer pão de queijo e coxinha! O trio, que faz seu primeiro show em solo verde-e-amarelo no próximo sábado, na Praça da Apoteose, conhece mais do país do que as fãs imaginam.

Além de terem tido uma babá brasileira, os Jonas já leram até Paulo Coelho e ouvem Vanessa da Mata.
— Crescemos em meio à cultura brasileira. Amamos a comida daí! Em nossas vidas, tivemos muitos brasileiros, e eles são incríveis.

Prestes a lançar o CD “Lines, vines and trying times”, os Jonas devem apresentar por aqui novas canções — como “Paranoid”, a primeira a aportar nas rádios. Para Kevin, o novo álbum, que chega nas lojas do mundo inteiro no dia 16, é um grande passo na carreira do trio.

Com mais de 12 milhões de cópias vendidas dos três CDs anteriores — “It’s about time”, “Jonas Brothers” e “A little bit longer” —, alguém duvida de que “Lines, vines and trying times” vai ser outro sucesso?

E pensar que tudo começou nos palcos da Broadway, onde Nick, com apenas 6 anos, encenava musicais. Enquanto ele se ocupava com uma carreira solo, Joe seguia seu exemplo. Tempos depois, uma grande gravadora acabou contratando os três irmãos.

Animados e falantes, eles só se calam com um assunto: o famoso anel de pureza. Evangélicos, os meninos pretendem se casar virgens, e usam o anel como um símbolo de sua intenção. Mas, nas entrevistas, o assunto é proibido.
— Gostamos de focar mais na música e em quem somos enquanto banda. Apreciamos quando as pessoas respeitam isso — desconversa Kevin.

E as fãs brasileiras, hein? Nick jura que já ouviu falar sobre elas na internet:
— Vi muitos comentários das fãs brasileiras no nosso perfil no MySpace, no Facebook e praticamente em todos os cantos da internet. Estamos animados para chegar aí e tocar. Vai ser divertido!

Ah! prá galerinha que adora badalar os ídolos na porta de hotéis: a banda teen Jonas Brothers ficará hospedada no Grand Hyatt, em São Paulo, e no Copacabana Palace, no Rio.

Os garotos exigiram para os camarins do Sambódromo carioca, onde se apresentam no dia 23, e do Morumbi, onde cantam no dia 24, um cardápio variado, com biscoitos recheados, chicletes, pasta de amendoim, energéticos sem açúcar e águas vitaminadas.

Tatiana Contreiras/Extra

Michael Jackson luta contra um câncer de pele

O cantor Michael Jackson está lutando “em segredo” contra um câncer de pele, mas a doença não deve impedi-lo de atuar nos 50 shows que tem programados para meados do ano em Londres, informa neste sábado o jornal britânico “The Sun”.

O jornal sensacionalista, que cita uma fonte sobre a qual não dá detalhes, os médicos diagnosticaram o câncer no “rei do pop” nas últimas semanas e lhe garantiram que tem cura.

“Os exames de Michael mostraram sinais de câncer de pele em seu corpo e células que poderiam provocar câncer de pele no rosto”, afirmou a fonte.

No início, Jackson, 50, ficou “muito preocupado”, apesar de “os médicos terem garantido que podem tratá-lo [do câncer] e que se recuperará”, disse o informante, acrescentando que Jackson quer voltar aos palcos em Londres.

O cantor visitou regularmente um dermatologista em Beverly Hills (EUA) com máscara e gorro, de acordo com o “Sun”.

Segundo o jornal, Jackson também foi visto no Centro Médico Cedar-Sinai, em Los Angeles, que conta com um laboratório especializado em exames para detectar câncer.

Apesar de o artista tentar minimizar sua doença, a notícia causou inquietação entre os fãs, diante dos shows prometidos pelo cantor em Londres, que começarão em 8 de julho.

A última vez que o “rei do pop” se apresentou na capital britânica foi em 2006, quando discursou na cerimônia dos prêmios World Music, mas decepcionou os fãs ao cantar apenas um trecho da música “We Are the World”.

Essa visita foi a primeira aparição em público do cantor após ser absolvido de supostos crimes de abuso infantil em Los Angeles, no ano anterior.

Diego Hypólito: dois ouros na Copa do Mundo

O ginasta brasileiro Diego Hypólito conquistou neste sábado a prova do solo e de saltos da Copa do Mundo de Glasgow. No solo, ele finalizou a apresentação com 15,850. Ao contrário do que apresentou na prova de classificação na sexta-feira, o ginasta não executou o novo movimento “Hypólito 2”. Ele preferiu recorrer ao “Hypólito 1” e alcançou uma bela nota.

O britânico Kristian Thomas conseguiu a nota de 15,225 e ficou com a segunda colocação, o israelense Alexander Schatilove garantiu a terceira posição no solo com a nota de 15,050, em Glasgow.

“Esta é a etapa mais forte do ano, é praticamente um mundial. Eu já sai feliz, sai sorrindo, a série foi muito boa. Só tive um erro. Acho que estamos trabalhando bem. A ginástica está com muitas restrições e temos que valorizar cada conquista”, afirmou Diego ao canal Sportv. Ele ainda ressaltou que a sua nota foi a maior do ano no novo sistema de pontuação.

Depois de conquistar o ouro no solo, o brasileiro Diego Hypólito surpreendeu os rivais e também garantiu o lugar mais alto no pódio no salto. O ginasta alcançou a nota de 16,012. Vitor Camargo não teve um bom desempenho e acabou apenas na sétima colocação.

“Estou desacreditado, não esperava este ouro nos saltos. Este ano estou com menos incentivo, só com um patrocínio, mas fiz uma série de solo espetacular. Estou meio abobado. Estamos fazendo um treinamento diferente dos outros, um treinamento japonês que está dando certo”, destacou Diego.

SporTv

Moda: Herchcovitch assume Rosa Chá

Amir Slama, fundador da Rosa Chá, passa o comando da marca para Alexandre Herchcovitch. O comunicado oficial da assessoria de imprensa acaba de ser divulgado:

“O estilista Amir Slama deixa a Rosa Chá após 17 anos à frente da marca que criou. Disposto a novos desafios, Amir sugeriu quem o sucederá no comando do departamento de estilo: Alexandre Herchcovitch, também um dos mais reconhecidos talento da moda brasileira, e, assim como Amir, com destaque internacional. Giuliano Donini, presidente da Marisol S.A, aceitou a sugestão de Slama e fechou com Alexandre Herchcovitch para assumir o estilo da Rosa Chá a partir da coleção Inverno 2010.

Amir, que ainda assina a próxima coleção Verão 2009/2010, sugeriu Alexandre por já conhecer seu trabalho e terem afinidades e reconhecerem o estilo um do outro.

Mudanças na Rosa Chá: sai Amir, entra Alexandre

Os dois estilistas trabalharam juntos em algumas ocasiões, quando a Rosa Chá fez biquínis e maiôs desenhados por Alexandre para sua marca e também para figurinos de teatro. A partir destas experiências, Amir viu que é possível manter o DNA da grife com outro criador à frente, e escolheu Herchcovitch, nome acolhido pela Marisol S.A.”

Gloria Kalil

Ronaldo: o maior salário em carteira

O Corinthians paga 650.000 reais mensais a Ronaldo, ou 8,4 milhões de reais por ano (fora o que ele recebe dos patrocinadores). Uma remuneração desse calibre é comum para os grandes craques – mas nunca na carteira de trabalho. Ronaldo ganha quatro vezes o salário de Dunga, de quem depende para voltar à seleção.

Atualmente, por meio de seu grupo, o R9, Ronaldo mantém contratos com três companhias. O mais recente foi assinado em 2007 com a multinacional suíça Lato, do ramo farmacêutico e de cosméticos. O acordo torna Ronaldo seu garoto-propaganda na Europa até dezembro deste ano.

Já a Ambev mantém um vínculo bem mais antigo com o jogador. O contrato foi assinado em setembro de 1994, quando Ronaldo estourou no futebol ao conduzir o Cruzeiro à conquista do Campeonato Mineiro daquele ano. Com 23 gols, ele também foi o artilheiro da competição.

O acordo baseia-se em uma cota de diárias que a Ambev tem com o jogador a cada ano. Essas diárias podem ser usadas para a promoção de um produto ou um evento, por exemplo, como quando Ronaldo praticamente parou a Guatemala, em 2003, ao comparecer à inauguração de uma fábrica da Ambev no país. O apelo do atacante era tanto que, em apenas três meses, a empresa já possuía 40% do mercado local de cervejas.

Lauro Jardim e Exame

RS: agora sobrou para o vice-governador

A tucana Yeda Crusius governa o Rio Grande do Sul há 127 semanas, mas nenhuma delas foi tão dura para ela quanto a passada, depois que VEJA revelou a existência de gravações que apontam que sua campanha eleitoral foi abastecida por recursos provenientes de caixa dois.

Os procuradores eleitorais reabriram as prestações de contas de Yeda e avisaram que requererão uma investigação da Polícia Federal sobre as denúncias de financiamento ilegal.

Querem ainda que seu superior, o procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza, analise se Yeda tinha dinheiro suficiente para comprar uma casa em um bairro nobre da capital gaúcha em 2006, num caso que já havia sido arquivado.

Um outro caso ainda mais intrigante transpira da correspondência eletrônica do vice-governador, Paulo Feijó, do DEM, que participou da arrecadação da campanha de Yeda. Depois da eleição, Feijó brigou com a titular e passou a denunciar operações de caixa dois da governadora. Chegou a elaborar um dossiê com os e-mails que trocou com empresários e tucanos durante a eleição. Desse material, sobressaem as negociações para uma doação da Simpala, uma concessionária da GM que não está relacionada os entre doadores oficiais de Yeda.

Nos e-mails reunidos por Feijó, quem fala em nome da Simpala é o gerente de relações institucionais da GM, Marco Kraemer. Procurado por VEJA, Kraemer confirmou que a correspondência é sua, mas negou seu conteúdo. “Os e-mails são meus, mas jamais intermediei doações”, diz.

Não é o que se vê na sequência da correspondência. Em 8 de setembro de 2006, Kraemer escreveu: “Está confirmado… Favor procurar (…) o diretor da Simpala. (…) Farei o possível para estar presente.” No mesmo dia, Feijó enviou a Rubens Bordini, então tesoureiro da campanha de Yeda e hoje vice-presidente do Banrisul, a seguinte mensagem: “recebi R$ 25 000 em cash da simpala (sic)”. Bordini respondeu: “Que sorte que o pacote não estava bem feito e tiveste que reforçá-lo. Agradeço os brindes que são de muito bom gosto e úteis”.

O vice-governador esclarece que os brindes aos quais o tesoureiro se refere são agendas e garrafinhas da academia de ginástica que pertence a Feijó, a Body One. Ele diz que entregou o dinheiro a Bordini dentro de uma mochila da mesma academia. O ex-tesoureiro diz que o PSDB o proíbe de esclarecer assuntos relativos à campanha.

Pelo que se vê nas ruas de Porto Alegre, é melhor que o partido reveja essa orientação, diz a Veja.

Veja0nline

%d blogueiros gostam disto: