Próstata: novas normas sobre o teste de PSA


A Associação Americana de Urologia divulgou hoje as indicações do teste do antígeno prostático (PSA), em uma tentativa de colocar um ponto final sobre a utilidade do exame na detecção precoce do câncer de próstata. Em março, dois estudos conflitantes, um europeu e outro americano, não conseguiram chegar a uma conclusão sobre a importância do teste.

Porém, para os urologistas americanos, assim como para os especialistas da Sociedade Brasileira de Urologia, o exame deve continuar sendo feito em homens a partir dos 40 anos e em idosos se sua expectativa de vida for maior que 10 anos.

Segundo os especialistas americanos, apesar de estudos recentes terem questionado o PSA, o teste ainda é um importante aliado na detecção precoce do câncer e, quando feito com indicação do médico, podem ajudar a definir as melhores formas de tratamento da doença.

“O câncer de próstata vem em várias formas, algumas mais agressivas, outras mais brandas. A mensagem principal desta revisão feita pela Associação Americana de Urologia é a de que o teste é uma ferramenta importante no diagnóstico e na escolha do tratamento do câncer, e que o momento certo de fazer o exame deve ser uma decisão tomada em conjunto com especialistas de confiança”, divulgou em nota o urologista Peter Carroll, um dos conselheiros da associação e um dos coordenadores do estudo.

A íntegra das recomendações pode ser encontrada no site da entidade.

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: