Morre o ator comediante Ankito


Morreu nesta segunda-feira o comediante Ankito, um dos grandes nomes do período do cinema brasileiro conhecido como chanchada. O ator paulista tinha 85 anos e perdeu a batalha que travava contra um câncer no pulmão. O enterro acontece nesta terça-feira, às 11h, no Cemitério do Catumbi, no Rio.

Nascido Anchizes Pinto em São Paulo no dia 26 de fevereiro de 1924, Ankito tinha o circo nas veias. Seu pai era o palhaço Faísca. O tio, o palhaço Piolim. Aos 7 anos, não teve jeito, e o menino estreava no circo, no perigoso globo da morte.

Com a experiência no circo, aos 18 anos, Ankito passou a participar de shows, como acrobata, no Cassino da Urca. Numa noite, o ator principal não pôde comparecer e Ankito acabou o substituindo por acaso. Fez muito sucesso e acabou permancendo no elenco principal da montagem.

No fim dos anos 40 e já com carreira consolidada no teatro, ele contracenou com Grande Otelo no show “Bahia mortal”.

Em 1952, Ankito foi convidado para estrear no cinema. De início seria apenas uma pequena participação em três dias de filmagem de “É fogo na roupa”, mas, como sempre, ele roubou a cena, e acabou ganhando uma participação maior no projeto, rodando 39 dias, e faturando o primeiro lugar nos créditos do longa-metragem.

Ao todo, Ankito protagonizou 56 filmes, todos sucesso de bilheteria, como “Três recutas”, “Marujo por acaso”, “Rei do movimento”, “O grande pintor”, “Angu de caroço”, e “Metido a bacana”, onde a dupla Ankito e Grande Otelo apareceu pela primeira vez no cinema, numa parceria de sucesso.

Sua carreira na TV é marcada por programas humorísticos. Trabalhou nas redes Tupi, Record, Bandeirantes e Globo. Na emissora do Jardim Botânico, além de participações nos programas de humor, ele atuou nas novelas “Gina”, com Christiane Torloni; “Marina”, com Edson Celulari, “A sucessora”, de Manoel Carlos, e “Alma gêmea”, como o personagem Falecido, em 2005. Um ano depois, ele fez sua última aparição na TV, uma participação na série “Carga pesada” como Ivanildo no episódio “Mata o véio, mata!”.

OGlobo

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Trackbacks

  • Por BRAZIL NIL NEWS em março 31, 2009 às am:32 am

    […] Morre o ator comediante Ankito […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: