MST já recebeu R$ 151,8 mi da União


Levantamento divulgado neste sábado pelo site Contas Abertas, com informações obtidas no Sistema Integrado de Administração Financeira, revela que entidades que têm dirigentes ligados ao MST receberam, desde 2002, 151 milhões e 800 mil reais em recursos da União, montante distribuído em cerca de mil convênios celebrados entre governo e grupos de desenvolvimento agrário.

Ao todo, são 43 entidades sem fins lucrativos capitaneadas dirigentes do MST nos últimos seis anos.

Entre as entidades que receberam mais recursos do governo, a Associação Nacional de Cooperação Agrícola (Anca) encabeça a lista, tendo recebido R$ 22,3 milhões.

O levantamento aponta ainda que, em alguns casos de rapasse, há irregularidades. Desde 2002, R$ 23,2 milhões foram pagos por meio de contratos considerados inadimplentes e cujos pagamentos foram suspensos, alguns por apresentarem irregularidades na execução do convênio e outros pela falta de prestação de contas dos recursos empenhados.

O site Contas Abertas ressalta que, de acordo com a legislação brasileira (8.629/93), é proibido o financiamento público a movimentos sociais cujas ações empreendidas configuram crime de “invasão de imóveis rurais ou de bens públicos”, caso do MST

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Trackbacks

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: