Arquivo do dia: março 26, 2009

Elis Regina ganha estátua em Porto Alegre

elis-estatua1

No dia do aniversário de 237 anos de Porto Alegre, a prefeitura inaugurou na tarde de hoje, 26, junto à Usina do Gasômetro, uma estátua em homenagem à cantora Elis Regina.

Após a solenidade, houve show do músico Geraldo Flach com a cantora Lúcia Helena, interpretando canções do repertório de Elis. Instrumentista e compositor, Geraldo Flach era amigo de Elis e  teve músicas suas incluídas em discos da cantora.

Confeccionada em bronze, a obra reproduz a intérprete porto-alegrense em tamanho natural, sobre uma base formada por círculos em granito verde e preto, lembrando um LP, com estrelas de metal aplicadas em diversos tamanhos. De autoria do artista plástico José Pereira Passos, a estátua foi doada à prefeitura pela Companhia Zaffari.

A discussão envolvendo o destino da homenagem resultou na demora da instalação. Alguns grupos defendiam a ideia de levar o monumento para a Vila do IAPI, no bairro Passo da Areia, local onde a estrela viveu antes de seguir a carreira no centro do país. Porém, as câmeras de segurança e os guardas do Gasômetro pesaram na decisão final.

A Procempa vai garantir o videomonitoramento 24 horas da estátua em homenagem à cantora. A empresa adquiriu e instalou uma câmera que ficará focada na peça, transmitindo as imagens pela Infovia Procempa à Guarda Municipal, responsável pelo monitoramento do local. Os monumentos são monitorados por câmeras para evitar vandalismo e danos ao patrimônio público.

ZHONLINE

Fábio Costa diz conhecer jovem morta, mas nega envolvimento

O goleiro do Santos Fábio Costa compareceu no começo da noite desta quinta-feira, na sala de coletivas do CT Rei Pelé, ao lado de sua esposa, Mônica Costa, para esclarecer a sua suposta participação no caso que culminou com a morte da jovem Ana Cláudia Melo e Silva, de 18 anos, no último domingo.

Segundo investigação policial, a suspeita é que o ex-marido de Ana Cláudia, o ex-jogador de futebol Janken Ferraz, de 29 anos, que teve passagem pelas categorias de base do São Paulo, seja o responsável pelo assassinato da mulher e de ter raptado o filho do ex-casal, de apenas um ano e oito meses.

O ex-marido de Ana Cláudia, Janken Ferraz, que foi preso nesta quarta, no interior da Bahia, que disse que o nome do arqueiro estava no celular da vítima, com datas da semana passada e que os dois teriam trocado mensagens. Fábio Costa admitiu que conhecia a jovem, mas negou qualquer tipo de envolvimento  amoroso com Ana Cláudia.

“Foi ventilada toda uma situação em cima de um fato triste que aconteceu depois do jogo contra o Corinthians. Vim aqui para esclarecer  para que este assunto não ganhe maiores proporções. Eu conhecia a Ana da minha passagem pelo Corinthians (2004-2005), quando ela ia pedir autógrafos no clube. Depois disso, fiquei quatro anos sem vê-la. A gente teve contato poucos dias antes desse jogo, quando ela me pediu ingressos e perguntou se eu poderia cedê-los. Eu disse que poderia fazer esse favor, sem problema nenhum”, disse Fábio Costa.

Apesar de confirmar que entregou as entradas para Ana Cláudia, o goleiro negou que tenha visto a jovem nos últimos dias. “Nunca tive nenhum tipo de relacionamento com ela. Na situação em que ele (Janken Ferraz) está, é muito fácil jogar, ele vai jogar para cima de quem ele quiser. Assim como ela me conhecia, também conhecia outros jogadores. Eu cedi os ingressos, porque é uma coisa corriqueira, até porque eu não conhecia ninguém que fosse. A minha responsabilidade termina a partir do momento em que o segurança entregou os ingressos para ela, contou.

Fábio Costa  disse estar a disposição da polícia caso tenha que prestar maiores esclarecimentos . “Não tenho nada para esconder. Quem me conhece, sabe o meu caráter.  A gente fica triste porque mais um ser humano foi assassinado de forma trágica e pela criança (filho deles), por tudo o que aconteceu.  Não acredito que o simples fato do meu nome estar no telefone dela diga alguma coisa”, finalizou.

Gazeta Press

Parabéns Porto Alegre!!!

CLIENTE: ZAFFARI
AGÊNCIA: MATRIZ
PRODUTO: INSTITUCIONAL
TÍTULO: SEMANA DE PORTO ALEGRE 2009
DATA: 18/03/09
DIREÇÃO: MOCITA FAGUNDES
MONTAGEM: DIEGO MACHADO
COMPUTAÇÃO GRÁFICA: ANIMAKE
CORREÇÃO DE COR E FINALIZAÇÃO: DANIEL GRIFFIN
ÁUDIO: JINGA
PRODUTORA: BRAVA FILMES

Novos cursos são reconhecidos pelo MEC

Na noite do dia 25 de março de 2009, foi assinada a portaria de inclusão de quatro novos cursos ao Catálogo Nacional dos Cursos Superiores de Tecnologia: produção cultural, mecânica de precisão, biocombustíveis e agroecologia. Estes cursos emitirão o título de tecnólogo e deverão apresentar carga horária mínima de 2,4 mil horas. O curso é, portanto, de nível superior.

Este catálogo foi lançado em 2006 e serve de guia de informações sobre o perfil de competências do tecnólogo. É possível acessar o catálogo diretamente do site do portal do MEC, que conta agora com 102 graduações tecnológicas organizadas em dez eixos tecnológicos. O oferecimento dos cursos fica a cargo da rede federal de educação profissional, universidades e instituições privadas.

Conheça um pouco sobre os novos cursos:

Tecnólogo em produção cultural – Atua na produção, organização e promoção de eventos, projetos e produtos artísticos e culturais, esportivos e de divulgação científica, desenvolvendo ações que perpassam todas as etapas desse processo: pesquisa, planejamento, marketing, captação de recursos, execução, controle, avaliação e promoção de qualquer evento ou produtos de interesse da área, tais como shows, espetáculos de teatro, de música, de dança, artes visuais, produções cinematográficas, televisivas e de rádio, festivais, mostras, eventos e exposições, entre outros, tanto em instituições públicas como privadas.

Tecnólogo em mecânica de precisão – Projeta, desenvolve, monta, instala, avalia, supervisiona e mantém sistemas mecânicos de precisão, utilizando técnicas que integram sistemas mecânicos e eletrônicos de elevado grau de complexidade e precisão, com a informática. Atua no controle de qualidade da produção, realiza testes de avaliação de sistemas automatizados, controla a qualidade, a confiabilidade e a segurança de produtos, com limites de tolerância dimensional, de forma, posição e textura compatíveis com as especificações e normas técnicas, aliadas à consciência ambiental. São as competências desse profissional que pode atuar de forma autônoma ou em empresas.

Tecnólogo em biocombustíveis – Atua na cadeia de produção, comercialização e uso de biocombustíveis sólidos, líquidos e gasosos, planejando, dirigindo, monitorando, gerenciando e controlando matérias- primas, produtos, processos e fatores de produção utilizados nessa cadeia produtiva.

Tecnólogo em agroecologia – Planeja, analisa, executa e monitora sistemas de produção agropecuária, considerando os aspectos de sustentabilidade econômica, ambiental, social e cultural de modo integrado, atuando em propriedades rurais, cooperativas, associações, órgãos governamentais e não-governamentais. Manejo ecológico de sistemas de produção e da agrobiodiversidade, processos de certificação de sistemas agroecológicos, gestão, processamento e comercialização da produção agropecuária ecologicamente correta, utilização de metodologias participativas na organização da produção e da pesquisa. Esta são algumas das atividades do tecnólogo em agroecologia.

Vestibular com prova única nas Federais

Para entrar em uma das 55 universidades do país, os candidatos fariam uma prova unificada.

O Ministério da Educação (MEC) apresentou uma proposta para trocar o vestibular das universidades federais por uma prova unificada, aplicada em todo o país em um mesmo dia.

Nesta quarta-feira, o Ministério da Educação fez uma proposta às universidades federais para mudar essa realidade a partir do ano que vem.

Para entrar em qualquer uma das 55 universidades, os candidatos fariam uma única prova no mesmo dia, em todo o país. Cada universidade definiria uma nota mínima para o ingresso nos diferentes cursos. Naqueles mais concorridos, os candidatos ainda poderiam passar por uma segunda fase, com uma prova mais especifica.

As universidades federais têm autonomia para decidir sobre qualquer alteração no vestibular.

“Achamos que podemos sempre inovar na busca de melhorias e aperfeiçoamento do sistema de educação superior”, afirma Amaro Lins, presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).

O MEC espera que a proposta de unificação das provas provoque uma mudança em sala de aula.

“É muito traumática a passagem da educação básica para a educação superior. Ela pode ser mais inteligente, mais eficiente. É isso que nós estamos perseguindo no momento”, declarou o ministro da Educação, Fernando Haddad.

O professor Cláudio Moura Castro, especialista em educação, também acredita que o resultado pode ser a melhoria da qualidade do ensino.

“O ensino médio pode se concentrar nas ideias mais fundamentais, como leitura, escrita, uso de números, resolução de problemas e deixar os detalhezinhos que hoje estão sendo introduzidos por conta dos vestibulares mais competitivos”, explica o professor.

G1

Dom Dadeus: morreram mais católicos do que judeus no holocausto

“Morreram mais católicos do que judeus no holocausto, mas isso não aparece porque os judeus têm a propaganda do mundo”. Essa é uma das afirmações polêmicas do arcebispo de Porto Alegre, Dom Dadeus Grings (foto), na entrevista de capa da edição 119 da revista Press, que começa a circular nas bancas da capital gaúcha.

O responsável por uma das principais arquidioceses do país entrou em outras polêmicas durante a entrevista de mais de duas horas para a revista Press, como ao tentar justificar as Cruzadas da Idade Média, defender o celibato, condenar as pesquisas de células-tronco embrionárias e a distribuição de camisinhas pelo governo, além de defender a neutralidade da igreja durante o período militar no Brasil e durante a 2ª. Guerra.

Líder da Igreja Católica, Dom Dadeus vai além. “Quantos milhões de católicos foram vítimas do Holocausto, 22 milhões? Vinte e dois milhões foram ao todo. Os judeus se dizem as maiores vítimas do Holocausto. Mas as maiores vítimas foram os ciganos. Foram exterminados. Isso eles não falam”, sustenta.

Sobrou até para o ex-jogador e atual comentarista da Rede Globo, Paulo Roberto Falcão. O  arcebispo, que estava no Vaticano à época do “Rei de Roma”, diz que Falcão “fez um fiasco e foi expulso da Roma” por não cumprir o contrato com o clube italiano.

Revista Press

NOTA:

A Federação Israelita do RS (Firs), através do seu presidente Henry Chmelnitsky, respondeu nesta quinta (26) em nota oficial publicada no portal da Federação Israelita, às declarações do Arcebispo de Porto Alegre, Dom Dadeus Grings, publicadas pela revista Press. Na entrevista, Dom Dadeus afirmou que “morreram mais católicos do que judeus no Holocausto, mas isso não aparece porque os judeus têm a propaganda do mundo”. Segundo Chmelnitsky as declarações de Dom Dadeus não contribuem em nada para a construção de uma convivência pacífica e harmoniosa entre os brasileiros de todas as origens. Reduzir ou relativizar o Holocausto agride a memória de milhões de mortos numa guerra iniciada pelo fanatismo e intolerância”, afirmou, acrescentando ter esperança de que Dom Dadeus reflita sobre as suas declarações.

Em recuperação judicial, DalPonte fecha fábrica no RS

O pedido de recuperação judicial da Dal Ponte, fabricante de bolas, uniformes e calçados esportivos , foi aceito nesta semana pela Vara Cível de Santo Antonio de Jesus, na Bahia. Com dívidas de R$ 45 milhões, a empresa não vinha conseguindo concorrer com os produtos chineses e registrou sucessivos prejuízos desde 2005.

Nos próximos 60 dias, a firma de consultoria Corporate Consulting, responsável pela reestruturação da Dal Ponte, deve apresentar o seu plano de recuperação aos credores. A empresa possui dívidas de R$ 20 milhões com bancos e de R$ 6 milhões com fornecedores, além de R$ 19 milhões em passivos tributários.

“Neste mês, a empresa já voltou a ter lucro”, afirma Luis Alberto de Paiva, sócio da Corporate Consulting e que preside a Dal Ponte atualmente.  Paiva prevê que o faturamento da empresa vai crescer de R$ 58 milhões em 2008 para R$ 70 milhões este ano.

Como os financiamentos levantados recentemente fazem parte do processo de recuperação judicial, a nova lei garante aos credores que eles tenham prioridade no pagamento caso a empresa venha a falir e os seus ativos venham a ser liquidados, afirma o consultor.

A Dal Ponte ainda está em fase de finalização e os balanços da companhia estão sendo revistos. A empresa acumulou prejuízos de R$ 6,8 milhões em 2005, R$ 5,2 milhões em 2006 e R$ 7,9 milhões em 2007. Faz parte dos planos da Dal Ponte, porém, vender parte do seu capital a um investidor no futuro para injetar novos recursos na empresa.

Apesar de não ter ainda apresentado formalmente seu plano de recuperação aos credores, várias medidas já foram adotadas para equacionar a situação financeira da fabricante de artigos esportivos, mais conhecida pelos acessórios de futebol de salão.

A fábrica de Veranopólios (RS) foi fechada e cerca de 500 funcionários foram demitidos. A produção da Dal Ponte, que ainda emprega 680 funcionários, agora está concentrada na sua fábrica de Santo Antonio de Jesus, na Bahia. Além de ter um custo mais baixo que a unidade gaúcha, a Bahia oferece incentivos fiscais. O objetivo é vender o terreno onde está localizada a fábrica de Veranópolis, de 14 mil metros quadrados.

O mix de produtos da Dal Ponte também foi ampliado para permitir uma diversificação de canais de vendas e clientes. A empresa, que produz tênis e chuteiras, lançou um linha de calçados casuais, o que tem contribuído para elevar as vendas neste ano.

Claudia Facchini/Valor.

DNA: Garoto de 13 anos não é o pai

Um tabloide britânico publicou que Alfie Patten, de 13 anos, não é pai de uma menina, como ele alegava.
Alfie ficou famoso no Reino Unido e também no mundo todo após aparecer em uma reportagem no “The Sun” em que dizia que era pai de uma menina. Ele afirmava ter engravidado sua namorada Chantelle Steadman, de 15 anos.

O garoto “assumiu” a criança, apesar de admitir não saber como a iria sustentar.

Foto: Reprodução/The SunO jornal “The Mirror”, porém, publicou nesta quinta-feira (26) que o exame de DNA mostra que ele não é o pai biológico de Maisie Roxanne, que nasceu em 9 de fevereiro.

A dúvida sobre a paternidade surgiu após três outros jovens terem afirmado que poderiam ser o pai do bebê. Bravo, Alfie disse que iria fazer o exame de DNA “para calar a boca das pessoas”.

Alfie tinha certeza sobre a paternidade após ter ouvido da namorada que havia sido o único homem da vida dela e que ela havia perdido a virgindidade com ele. Os dois tiveram apenas uma relação sexual.

Ainda em fevereiro, o site do “News of the World” publicou dois relatos de jovens britânicos, também menores de 18 anos, dizendo que haviam tido relações com Chantelle. “Não usamos camisinhas e depois descobri que ela estava saindo com mais rapazes. Para ser sincero, qualquer um pode ser o pai”, disse um dos jovens.

Já Tyler Barker, de 14 anos, garantiu que dormiu com Chantelle na cama dela. “Eu espero que não seja eu o pai”, falou na ocasião.

Cigarro terá imposto maior

O Ministério da Fazenda propôs ao presidente Lula aumentar o imposto sobre a venda de cigarros para compensar parcialmente a queda de arrecadação de tributos.
A proposta foi discutida ontem e anteontem com Lula. A tendência é ser aplicada, segundo apurou a Folha SP.

A arrecadação de tributos vem caindo por causa da crise (menor atividade econômica) e por desonerações (isenções e reduções de impostos) para determinados setores da economia. Para minimizar essa queda, a Fazenda deseja aumentar o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) cobrado na venda de cigarros.

Auxiliares do presidente argumentam que o preço do cigarro no Brasil é baixo em comparação com outros países. O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, tem feito campanha interna no governo para aumentar o preço. Sem aumento, a expectativa é arrecadar R$ 3 bilhões em impostos sobre cigarros neste ano.

A indústria do fumo alega que elevar a taxação do setor estimularia o contrabando de cigarros de países vizinhos, como o Paraguai. Mas a equipe econômica avalia que esse não é um argumento razoável, porque eventual contrabando tem de ser combatido. Mais: o comércio ilegal não daria conta de abastecer o consumo no país.

Outro argumento da indústria do fumo: aumentar o preço do cigarro elevaria a inflação. Como a crise tem contribuído para evitar ameaça inflacionária, seria uma boa hora, crê a equipe econômica, para aumentar a cobrança de imposto sobre a venda de cigarros.
Do ponto de vista do discurso político, aumentar o imposto do cigarro seria apresentado como uma medida necessária para ajudar o país num momento de crise e ao mesmo tempo tentar desestimular um hábito prejudicial à saúde.

KENNEDY ALENCAR

Frigorífico Independência demite 2800

Cerca de 2.800 trabalhadores serão demitidos devido ao fechamento de três unidades do frigorífico Independência em Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e à redução da estrutura de outras fábricas da companhia.
O frigorífico entrou com pedido recuperação judicial no começo de março.

As demissões confirmadas ontem se somam a outras 2.000 que haviam sido anunciadas na terça-feira, quando a empresa divulgou o encerramento das atividades de outras duas unidades em Goiás e Mato Grosso do Sul.

As fábricas fechadas ficam em Confresa (MT), Pires do Rio (GO) e Nova Andradina (MS).

O Independência S.A. é uma das empresas líderes do Brasil no setor de frigoríficos de carne bovina e couro, com capacidade atual de abate acima cabeças e produção de 10.000 peles por dia, e uma das maiores operadoras de logística refrigerada do país.

A Companhia está presente em 7 estados brasileiros e no Paraguai com 14 plantas de abate e desossa, 3 curtumes, 2 fábricas de charque, 5 módulos de produção de biodiesel, com centros de distribuição em Cajamar, Itupeva e no porto de Santos.

%d blogueiros gostam disto: