Banda Men At Work vira caso de polícia


Men At Work vira caso de polícia | Foto: Divulgação

Uma das principais bandas de rock dos anos 80, e que só não veio ao Brasil como principal atração do Rock in Rio de 85, porque se desfez meses antes, virou caso de polícia.

O ex-guitarrista do Men At Work, Ronald Strykert, foi levado para uma casa de custódia em Los Angeles, no final da semana passada, após ter supostamente ameaçado de morte o ex-vocalista da banda, Colin Hay.

Segundo  a imprensa norte-americana, o incidente teria acontecido em dezembro de 2007, mas Strykert, aparentemente, não compareceu ao julgamento que aconteceu em maio e, ao mesmo tempo, continuou ameaçando o ex-colega de banda. Em consequência, na  sexta-feira 13, o guitarrista foi preso.

De acordo com o L.A. Times, Strykert supostamente teria feito as ameaças pelo telefone de sua residência na cidade de Bozeman, em Montana. A polícia enviou uma carta para Strykert em abril, para que comparecesse a uma audiência na Corte de Malibu, no dia 30 de maio, o que não foi cumprido.

Apesar de toda a confusão, Colin Hay disse para a polícia que não acredita que o guitarrista vá “cumprir” a sua ameaça.

O Men At Work se notabilizou na primeira metade dos anos 80, com hits como “Who Can It Be Now?”, “Down Under”, “Overkill” e “It’s a Mistake”.

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: