Bispo acusado de pedofilia poderá ser santo


Durante um século, o Instituto Antonio Provolo, da cidade de Verona, foi visto como um exemplar modelo de caridade da Igreja Católica. O centro da Congregação da Companhia de Maria para educação de surdomudos oferecia ensino grátis e meios de inserção no trabalho para dezenas de crianças com problemas de surdez e de fala, originatórios de famílias pobres e camponesas do miserável nordeste italiano.

Esta semana, cerca de 70 ex-alunos do colégio, agora homens e mulheres de 41 a 70 anos, decidiram romper décadas de silêncio e revelaram que sofreram de forma sistemática abusos sexuais e maus tratos em mãos de sacerdores e leigos.

Os testemunhos detalham dezenas de casos de sodomia, masturbações forçadas a sós ou em grupos, surras e ameaças. Um inferno de proporções espantosas que durou ao menos 30 anos e que agora se abate sobre a Santa Sé, responsável direta pela congregação.

Segundo revelou o próprio bispo de Verona, Giuseppe Penzi, entre os acusados de sodomia está Giuseppe Carraro (na foto), que foi bispo da cidade entre 1958 y 1978. Carraro morreu e está em adiantado processo de beatificação – um estágio para depois ser proclamado santo.

Leia mais em El País: El prelado me sodomizó

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

  • douglas  On janeiro 25, 2009 at pm:44 pm

    em s.joão 17:17 diz quem é santo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: