Arquivo do dia: janeiro 16, 2009

Transferências do exterior podem ser feitas em reais

A partir de hoje qualquer cidadão brasileiro que estiver no exterior e quiser transferir dinheiro para o Brasil poderá fazê-lo diretamente em reais, e não mais em dólares como era até agora.

Circular divulgada hoje (16) pelo Banco Central (BC) regulamenta a operação e garante operações simplificadas, além de crédito direto a transferências de até R$ 10 mil.

Acima desse valor, o usuário poderá fazer a transferência, mas terá que apresentar documento de fundamentação econômica, em cumprimento à exigência de fiscalização internacional para evitar lavagem de dinheiro.

Com a medida, os bancos internacionais ficam autorizados a operar reais, e, com isso, o Brasil coloca sua moeda em patamares de internacionalização. “Teremos correspondentes internacionais em moeda nacional”, explicou um técnico do BC.

UFRGS: lista de aprovados no vestibular

A UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) divulgou nesta sexta-feira (16) a lista com os nomes dos candidatos classificados no vestibular 2009. Os aprovados podem ser conhecidos pelo site da instituição ou, fisicamente, no prédio anexo da reitoria (Av. Paulo Gama,110 – Campus Central), em Porto Alegre.

Os classificados deverão realizar as matrículas nas unidades de seus respectivos cursos nos dias 3 e 4 de fevereiro. A UFRGS disponibilizará em seu site, a partir de segunda-feira (19), mais informações sobre locais e horários de matrícula.

Os documentos necessários para efetivar a matrícula podem ser encontrados no manual do candidato. A segunda chamada será feita no dia 11 de fevereiro. A divulgação ocorre nove dias após o último dia de provas (07/01).  Pela internet, os candidatos podem conferir sua colocação e como forma avaliados na redação. A relação também permite verificar o semestre de início das aulas dos aprovados.

Cantor condenado a prisão por agredir michê

O cantor britânico Boy George foi sentenciado nesta sexta-feira a 15 meses de prisão por ter sequestrado e agredido um garoto de programa norueguês que se negou a ter relações sexuais com ele.

Boy george nos anos 80

Boy George nos anos 80

O ex-astro pop, cujo verdadeiro nome é George O’Dowd, de 47 anos, foi considerado culpado em dezembro passado por ter acorrentado Audun Carlsen, de 29 anos e tê-lo agredido.

O  juiz disse que o cantor, sob o efeito das drogas, “degradou de maneira premeditada” Carlsen, ferindo-o, e, pela agressão, terá que cumprir 15 meses de prisão.

Durante o julgamento, Boy George admitiu ter amarrado Carlsen  e disse que fez isso para recuperar fotos que o garoto tinha roubado, mas negou agressões.

Boy george atualmente

Boy George hoje

O fato ocorreu em abril, quando o cantor, que se tornou famoso nos anos 1980 com o grupo Culture Club, e o tema “Do you really want to hurt me?” contratou Carlsen, um modelo que oferecia os serviços em um portal de “acompanhantes”.

A versão de Carlsen explica que os dois se encontraram em 27 de abril pela segunda vez, após uma primeira ocasião na qual mantiveram relações sexuais e consumiram cocaína.

No segundo encontro, ambos acertaram um ensaio fotográfico de conteúdo erótico e tudo caminhou bem, segundo Carlsen, até que Boy George saiu para fazer compras e voltou com outro homem.

“Assim que os vi entrar, jogaram-se em cima de mim e me prenderam”, disse.

Segundo os advogados de Carlsen, Boy George teria ficado irritado com o garoto no primeiro encontro, porque o jovem teria usado seu computador  e que mandou para ele e-mails recriminatórios e agressivos.

No entanto, dias depois enviou a Carlsen nova mensagem marcando novo encontro.

Quando voltaram a se ver, o clima era desconfortável, e tornou-se violento quando Boy George e seu acompanhante bateram no jovem, o arrastaram pelo chão e o prenderam com algemas junto à cama.

Ambos o insultavam e diziam: “Agora vai ter o que merece”. Carlsen explicou que conseguiu arrancar o gancho da parede com as próprias algemas e que saiu correndo da casa, vestido apenas uma cueca.

EFE

Gisele: volta a Dior e ao SP Fashion Week

A Top Gisele Bundchen, é o novo rosto da Christian Dior. Ela fotografou em outubro em Paris, França, a campanha primavera 2009 da grife. As  fotos, de Craig McDeane, mais informações podem ser conferidas em seu site pessoal.

Gisele já representou Dior na campanha de 2004, quando foi fotografada por Nick Knight.

Lembrando que a São Paulo Fashion Week começa neste domingo, 18, e terá modelos famosas presentes em seus desfiles.

O primeiro dia já começa muito bem, a übermodel Gisele Bündchen vai espalhar seu charme nas passarelas da Colcci. É a nona vez que Gisele desfila pela marca, e a segunda dentro da São Paulo Fashion Week. A passagem da gaúcha deve causar tanto frisson como na edição passada, quando arrastou uma multidão à Bienal e até deu entrevista coletiva.

Para esta temporada, um temperinho agita a vinda da top, o noivado – ainda não confirmado oficialmente – com o jogador americano Tom Brady.

SP: laboratório contra a lavagem de dinheiro

São Paulo terá o seu primeiro laboratório de tecnologia contra a lavagem de dinheiro (LAB-LD). O convênio foi assinado nesta quarta-feira (14) entre o secretário Nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, e o governo do estado. O investimento previsto é de R$ 2,5 milhões, sendo a primeira entrega de equipamentos prevista ainda para este semestre.

O Ministério da Justiça já investiu R$ 6 milhões para a criação dos laboratórios no Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Bahia, Goiás e no Distrito Federal, incluindo o primeiro deles no Departamento de Polícia Federal, em Brasília. O LAB-LD tem sido decisivo no apoio a investigações, como o cruzamento de dados com a Polícia Federal que desencadeou a Operação Aquarela, responsável por desarticular uma máfia especializada em lavagem de dinheiro.
A iniciativa faz parte das ações do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). São Paulo é o estado que mais denuncia casos de lavagem de dinheiro.
Justiça

RS: Luto Oficial pela morte dos jogadores

Governadora decreta luto oficial no RS pela morte de integrantes do Brasil-PeA governada  levou apoio às famílias das vítimas, no Estádio Bento Freitas, em Pelotas. Foto: Vinícius Costa Clique para ampliar a imagem

Yeda Crusius compareceu ao velório

O governo do Estado vai decretou luto oficial pela morte de dois jogadores (Régis e Cláudio Milar) e um integrante da comissão técnica (Giovani Guimarães) do Brasil de Pelotas, após acidente de ônibus na noite de quinta-feira na BR-392, no viaduto do entroncamento com a RS-471, em Canguçu.

– Sem dúvida, o Estado está de luto oficial sim – declarou a governadora Yeda Crusius na tarde desta sexta-feira, durante velório no Estádio Bento Freitas, em Pelotas.

A governadora qualificou o acidente como uma “fatalidade”. Ela  recebeu garantias do Daer de que as condições de tráfego e de sinalização são normais naquele trecho da rodovia. Mesmo assim, prometeu novos esforços na tentativa de diminuir o número de mortos nas estradas.

Acompanhada do chefe da Casa Civil, José Alberto Wenzel, e do diretor-geral do Daer, Vicente Pereira, Yeda chegou ao Bento Freitas por volta das 16h50min. Ela cumprimentou os familiares das vítimas e logo depois seguiu ao hospital onde estão internados outros ocupantes do ônibus. Outra vítima do acidente, o atacante uruguaio Claudio Milar foi velado no estádio pela manhã.

ZH

Nestlé suspende publicidade para crianças

A Nestlé resolveu se auto-regulamentar quanto à política de comunicação para publicidade infantil no Brasil. A partir desse mês, está vetada na empresa a veiculação de campanhas e ações integradas direcionadas para crianças de até seis anos. Também haverá restrição para a publicidade às crianças entre seis e 12 anos.

As peças passam, então, a ter foco nos pais. A Nestlé deixará de veicular anúncios  nos intervalos dos programas infantis.

As agências que dividem a verba de R$ 200 milhões por ano já foram comunicadas das mudanças, assim como seus fornecedores. As campanhas já começaram a ser redesenhadas.

Entre os 140 produtos da multinacional, os principais atingidos pela mudança são Chamyto, Petit Suisse, Ninho Soleil e Nesquick.

As novas normas de publicidade da Nestlé incluem ainda regras para crianças de até 12 anos. A comunicação deve encorajar a moderação no consumo, hábitos alimentares saudáveis e atividade física; não deve diminuir a autoridade dos pais; não deve criar expectativas irreais; não deve criar dificuldades na diferenciação do conteúdo do programa infantil e da publicidade; não deve utilizar personagens de programas que não sejam licenciados pela marca.

Todas as regras serão aplicadas mundialmente após a assinatura do termo de compromisso EU-Pledge, assinado por algumas das maiores empresas alimentícias do mundo, entre elas Burger King, Genral Mills, Coca-Cola, Danone, Ferrero, Kellogg´s, Kraft, Mars, Nestlé, Pepsico e Unilever – que representam mais de 50% do mercado de publicidade na União Européia.

Ainda sobre Nestlé a companhia vai contratar mais de 3,5 mil promotores de vendas temporários em todo o Brasil. A seleção vai acontecer entre janeiro e março e os aprovados vão trabalhar durante a Páscoa. A contratação será em 22 cidades, incluindo Salvador.

O candidato deve ter, no mínimo, 18 anos, ser comunicativo, responsável, dinâmico, ter boa dicção e poder de persuasão. Não há restrição quanto a sexo.

Ad/NF

“A Favorita” com 52 pontos de audiência

Nesta quinta-feira, 75 em cada 100 televisores na Grande SP estavam sintonizados no penúltimo capítulo de “A Favorita”.

Pela primeira vez, a novela da TV Globo chegou aos 52 pontos no Ibope, enquanto no mesmo horário, a Record marcava 9 pontos. Por dois dias nesta semana, “A Favorita” bateu a marca de 50 pontos na audiência.

Adnews

Travesti modelo é destaque no Fashion Rio

Esqueça Gisele Bündchen. Quem fecha em grande estilo, hoje, o Fashion Rio é uma modelo, no mínimo, diferente. Chama-se Patrícia Araújo, é carioca da Ilha do Governador e tem 25 anos. Ela é morena, alta, linda e é um travesti. A ousadia de chamá-la partiu do sempre inquieto estilista Beto Neves, da Complexo B, que homenageia a Lapa, tema também da 14ª semana de moda, com o desfile ‘Encruzilhada Mista’.

Ela se chama Felipe

Ela se chama Felipe

Para chegar a Patrícia, o estilista teve ajuda dos amigos. “Foi (a promoter) Liége Monteiro quem me deu a dica. Ela a conhece da Grande Rio, onde Patrícia é destaque”, revela. Qual não foi a surpresa de Patrícia quando o telefone tocou. “Fiquei superfeliz. Sempre foi meu sonho desfilar e ser atriz”, diz ela, que também grava hoje, logo após estrear na passarela, participação no seriado A Lei e o Crime, da Record. “Vou ser a travesti Michela”, conta.

Mas nem sempre tudo foi purpurina na vida de Patrícia – ou Felipe, como diz a carteira de identidade. Na 8ª série, passou por expulsão do colégio por ser gay. “Sofri muito preconceito. Mas minha cabeça sempre foi de mulher. Na rua, as pessoas me elogiavam dizendo para minha mãe: ‘Que garota bonitinha'”, sorri.

“Hoje estou totalmente tranqüila, não me deixo abater, sei o que sou”, emenda, casada há dois anos com um cirurgião inglês. “Encontrei a pessoa certa. Temos uma vida comum. Vou à praia, à academia e saio para jantar com meu marido”. Os pais, a dona-de-casa Terezinha e o aposentado Severino, são evangélicos e a apoiaram desde o início. “Almoço com eles todos os domingos. Sou o orgulho da família.”

Jornal afirma que Kaká vai para o Manchester

Agência/Getty Images Agência/Getty Images

Kaká teria finalmente aceitado a proposta do Manchester City

A volúpia do Manchester City por Kaká foi tão incessante que o jogador brasileiro não resistiu e deve ser jogador do clube inglês, onde atua outro jogador da seleção brasileira Robinho. Pelo menos é o que garante o jornal inglês “The Sun”, afirmando que o clube inglês aumentou sua proposta para ter o meia brasileiro do Milan para € 243 milhões (R$ 755,5 milhões) e recebeu sinal verde do jogador. A proposta inicial era de € 100 milhões (R$ 311,2 milhões).

Segundo o jornal, € 108 milhões (R$ 336 milhões) ficariam com o Milan e igual valor com o jogador. O restante seria pago aos intermediários do negócio que promete sacudir a Europa em plena crise econômica mundial.

Nesta quinta-feira o mesmo jornal publicou uma lista de exigências feitas por Kaká, que teria sido liberado pelo Milan para negociar, para assinar com o City:

1) Xeque Mansour bin Zayed Al Nahyan deve seguir como dono do clube e manter seus substanciais investimentos;

2) O Manchester City precisa se classificar para a Liga dos Campeões em até dois anos;

3) Robinho não pode ser vendido;

4) Seus representantes seguem apenas como únicos donos dos seus direitos de imagem.

GB

%d blogueiros gostam disto: