Lenovo desiste de comprar a Positivo


Após examinar a possibilidade de comprar a Positivo Informática, a Lenovo decidiu por enquanto não levar a maior fabricante brasileira de microcomputadores (PCs), disse ao The Wall Street Journal uma fonte familiarizada com as deliberações do grupo chinês.

Nas últimas semanas, as ações da Positivo vinham surfando sobre reportagens publicadas na imprensa brasileira, segundo as quais a Lenovo e a norte-americana Dell haviam feito ofertas pela empresa.

Com uma participação de cerca de 21,5% do mercado de microcomputadores no Brasil, a Positivo contratou a filial brasileira do banco UBS para assessorá-la em relação às abordagens. Um porta-voz da Lenovo disse que a companhia não tem nada a dizer sobre compras nesse período, mas o diretor-executivo, Bill Amelio, tem declarado que a Lenovo está focando investimentos que possam ajudá-la a “ganhar escala e consolidar o setor”.

Quando surgiram os rumores sobre a compra da Positivo, em 10 de dezembro, as ações da Lenovo dispararam 26,6% na Bolsa de Hong Kong.

As informações são da Dow Jones.

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: