Moto: Suzuki Bandit 650N


Ícone entre as motos naked, Suzuki Bandit 650N ganha motor injetado e refrigeração líquida, e mais alguns cavalos de potência máximo

Todo motociclista fã de motos naked tem na linha Suzuki Bandit um ícone. Afinal, há mais de uma década em produção, a Bandit já passou por diversas mudanças, porém sem nunca perder sua identidade visual de “moto com cara de moto” e também mantendo suas principais qualidades: o conforto e a versatilidade.

Isso foi confirmado ao pilotar o modelo  da Suzuki Bandit GSF 650 atualmente à venda no Brasil. O design continua o mesmo, mas a Bandit 650 ganhou duas importantes modificações no motor: agora com injeção eletrônica e refrigeração líquida, dois pedidos antigos dos motociclistas – anteriormente essa Suzuki tinha carburadores e refrigeração mista (ar e óleo).

A confortável posição de pilotagem da Bandit 650N foi mantida, graças ao guidão e ao banco largo e macio.

Mais potente

Totalmente redesenhado, o propulsor manteve a mesma capacidade cúbica (656 cm³) e arquitetura – são quatro cilindros em linha com comando duplo no cabeçote e quatro válvulas por cilindro. Internamente foram alterados os eixos de transmissão para que o motor ficasse mais compacto e por fora recebeu uma pintura prata no lugar da cor preta de versões anteriores.
Mas com a nova alimentação por injeção eletrônica e com a refrigeração líquida, o propulsor ganhou sete cavalos de potência máxima – passou dos anteriores 78 cv (a 10.100 rpm) para 85 cv a 10.500 rpm. Sem falar na clara vantagem da injeção nas respostas ao acelerador – muito mais precisas e instantâneas.

Outro grande motivo do sucesso da Bandit: sua versatilidade. Seja para rodar pela cidade sem trocar muito de marcha, usufruindo da “força” do motor, ou para acelerar mais esportivamente, a Bandit é a moto apropriada.

Apesar de 10% mais rígido, seu quadro berço duplo em aço e os conjuntos de suspensões não são de uma moto esportiva.
O garfo telescópico dianteiro é convencional e ganhou ajuste na pré-carga da mola nesse modelo. A balança traseira monoamortecida permite ajustes na pré-carga da mola e também no retorno. Ambos, porém, são ajustados para garantir o conforto do piloto e garupa em longas viagens ou em uma volta pela cidade. Mas na hora de acelerar para valer as limitações aparecem.

Mas vale ressaltar que essa Suzuki de média cilindrada não é uma moto de pista e sim uma naked versátil, papel que cumpre com louvor.
Outro destaque da nova Bandit são seus freios. Os dois discos dianteiros de 310 mm de diâmetro agora são flutuantes e “mordidos” por duas pinças de quatro pistões opostos – na anterior eram apenas dois pistões. Na traseira, um único disco de 240 mm conta com uma pinça de um único pistão. Ambos param com segurança os 215 kg (a seco) da Bandit 650N em situações normais de uso.

Outro detalhe melhorado nessa nova “Bandida” é a embreagem com acionamento hidráulico. Outro item que contribui ainda mais para o conforto do piloto nessa nova Suzuki Bandit 650N.
Mercado
Com as melhorias desse modelo 2008, a Bandit 650N fica mais forte para enfrentar as concorrentes, Honda CB 600F Hornet e Yamaha FZ-6N.

Fica claro que a Suzuki privilegia o conforto e a versatilidade de sua naked de média cilindrada, enquanto Honda e Yamaha apostaram na esportividade para apimentar suas 600cc.

Uma difícil escolha, até mesmo no quesito preço. Cotada a R$ 31.151,00, a Bandit tem preço bem próximo ao da Hornet, vendida a R$ 32.000,00 na versão sem ABS, o mesmo preço pedido pela a FZ-6N.

Quando comparado o visual das três motos, o da Suzuki Bandit 650N é, sem dúvida, o mais ultrapassado. Já que Hornet e FZ-6N têm faróis excêntricos e um design mais moderno. Porém, a Suzuki já mostrou no Salão de Milão deste ano a versão 2009 do ícone Bandit seguindo a mesma linha. Mas o novo modelo ainda deve levar um tempo até desembarcar no Brasil.

Tanque 19 litros
Óleo do Motor 3,5 litros (com troca de filtro)
Potência Máxima 85hp a 10.500rpm
Torque Máximo 6,27 kgf.m a 8.900rpm
Cores azul, azul escuro, vermelha e preta

Preço R$ 31.151,00
Fonte: Arthur Caldeira/Infomoto, foto Gustavo Epifanio

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

  • Video Advertising  On setembro 21, 2014 at am:55 am

    wonderful submit, very informative. I’m wondering why the other specialists of this sector do not notice
    this. You must proceed your writing. I’m confident,
    you’ve a huge readers’ base already!

  • Dario Matos  On fevereiro 10, 2011 at pm:43 pm

    Apesar de ser uma moto pesada para os nossos dias TEM PREÇO ,motor 4 cilindros (ronco gostoso),robusta e não dar oficina!!!

  • neves  On novembro 6, 2010 at pm:15 pm

    oi estou com dificuldades em arranjar o manual da bandit 650 de 2006 refregirada ar/oleo alguem me pode ajudar?

  • Nelson Santana  On junho 23, 2009 at pm:20 pm

    Essa moto é muito linda, estou vendendo minha twister para comprar uma.

  • Levy Jr  On abril 18, 2009 at pm:11 pm

    A beleza não tem nada a ver o importante mesmo é a seguraça e conforto que ela proporciona

  • zé do picadinho  On janeiro 24, 2009 at am:20 am

    essa moto é muito feia

  • Anônimo  On janeiro 24, 2009 at am:18 am

    muito feia essa moto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: