Ulbra: reitor explica crise a deputados


050720_jf_1500_sma-341

Finalmente ontem Ruben Becker, reitor da Ulbra, recebeu os parlamentares federais em seu gabinete, no Campus da Ulbra, em Canoas. Participaram, deputado Luiz Carlos Busato (PTB), coordenador da bancada gaúcha, deputadas, Manuela D’ Avila (PCdoB) e Maria do Rosário (PT), deputados, Paulo Roberto (PTB), Germano Bonow (DEM), Tarcísio Perondi (PMDB), Eliseu Padilha (PMDB), e senador Sérgio Zambiasi. Também participaram o vice-reitor Leandro Becker, pró-reitores, a diretora de comunicação, Sirlei Dias Gomes, o prefeito eleito de Canoas, Jairo Jorge e a vice Beth Colombo.

A iniciativa de somar esforços em prol do apoio à instituição partiu do coordenador da bancada, Luiz Carlos Busato e da deputada Manuela D’ Avila, que iniciaram o processo junto aos representantes da Ulbra e Comissão de Educação e Cultura, semana passada em Brasília.

Foi criada uma Comissão Externa formada por parlamentares gaúchos. Para os representantes da Bancada Gaúcha na Câmara Federal, a criação da comissão externa surge para ajudar a instituição a solucionar os problemas financeiros, evitando que a instituição paralise seus serviços e prejudique alunos, funcionários e a população que necessita dos serviços na instituição, especialmente na área médica. A comissão quer conhecer as circunstâncias que a instituição está vivenciando e colaborar com o único objetivo de auxiliar numa atitude propositiva.

Na audiência com a reitoria ficou estabelecido uma próxima reunião entre a Comissão Externa e equipe técnica da rede Ulbra a fim de levantar dados relevantes, como, averiguações da real situação do complexo hospitalar Ulbra, reunião com o ministro da saúde José GomesTemporão e contato com a Receita Federal, em caráter emergencial.

Becker expôs as possíveis causas que culminaram na situação crítica a qual a Universidade se encontra, entre elas, o atendimento prestado na área da saúde em hospitais com alto custo de investimento e manutenção. O Reitor ainda lembrou de uma conversa que teve com o Ministro Haddad em que afirmou que a Universidade não fecharia suas portas, já que tem um compromisso com seus alunos e funcionários.

Segundo o reitor, o apoio dos parlamentares é bem-vindo, e de suma importância para a revitalização da instituição. “Em nossos 36 anos de trajetória é um momento difícil, agravado pelo fato da Ulbra sustentar um complexo hospitalar com recursos próprios, e já estar enfrentando desde o mês de agosto reflexos da crise econômica mundial.

Sem contabilizar o saldo de inadimplência da universidade, hoje em 20%, somado ao atendimento ao Sistema Único de Saúde, 80% do atendimento, é de conhecimento geral os valores ineficientes repassados pelo SUS, tanto nas consultas como nos exames. Nossos equipamentos são de última tecnologia., e um grande quadro de colaboradores.

Esperamos que a sociedade reconheça nosso trabalho filantrópico nos atendimentos na área da saúde e na educação, como o Pró-Uni e bolsistas que mantemos na universidade com descontos que chegam a 50%”. <

Além do atendimento na área da saúde correr o risco de ser prejudicado, a área acadêmica já sente o reflexo da crise: investimentos em projetos de pesquisa e programas para concessão de bolsas não podem ser repassados à universidade, que atualmente não mantém as contas em dia com a União. Além de alguns pagamentos a funcionários estarem atrasados desde outubro.
Correio de Noticias

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

  • Galaor Caraiba Russo  On fevereiro 27, 2009 at pm:40 pm

    Não sou aluno nem sou professor da ULBRA. Conheço, no entanto, a representatividade dessa Instituição na vida de muitas pessoas, alunos, professores e funcionários e o que significa para as regiôes onde mantém suas escolas. É lamentável tudo o que está acontecendo e, principalmente, a total falta de consideração para com os professores e funcionários que são forçados a passar grandes apertos sem sequer receberem uma satisfação acerca do que está ocorrendo. Os salários, por força de Lei, têm alto nível de prioridade que não está sendo respeitado. Seria plenamente conveniente e justificável que tais colaboradores fossem informados e o direito ao salário respeitado e recomposto de forma rápida e completa. Não é nenhum favor. É uma obrigação de uma Empresa que diz ter uma filosofia cristã.

  • leco  On janeiro 21, 2009 at am:43 am

    aa cara nao repare o portugues pq eu estudo na porcaria da # ulbra #

  • leco  On janeiro 21, 2009 at am:40 am

    gostaria de agradecer a essa porcaria da ulbra ai cara pq cara essa ulbra ta ralando n]os cara ooo cra vamuuu se uniii e sai dessa barca furada cara pq cara assim nao da cara olha aqui cara vcs so vao da valor pa nos cara o dia q vcs perde nos cara olha aqui cara eu ia pra praia cara dia dois agora vo ter q fikar em casa tomando banho de mangueira cara cara eu to me irritando vo te q cortar grama num solao se eu querer pega um bronse cara vo te q guenta as minhas ferias sem dinheiro cara e alem do mais aguentar a minha mulherrr …

  • Juliana  On janeiro 2, 2009 at pm:09 pm

    GOSTARIA DE AGRADECER A ULBRA PELO PÉSSIMO NATAL E ANO NOVO QUE PROPORCIONOU A MINHA FAMÍLIA…
    OS FUNCIONÁRIOS ESTÃO DE FÉRIAS E NÃO PODEM APROVEITAR PQ NÃO RECEBERAM OS SALÁRIOS, É UM ABSURDO!!!!

  • CARLOS  On dezembro 14, 2008 at pm:23 pm

    Interessante isso…
    –Depois de COMPROVADA INCAPACIDADE ADMINISTRATIVA, surge o SOCCORRO com o dinheiro do povo, através dos “políticos” AO INVÉS DE MUITA AUDITORIA NAS CONTAS INCLUSIVE PESSOAIS…
    —-Havia uma música nos tempos de ditadura que dizia: —ESSE É UM PAÍS QUE VAI PRÁ FRENTE O O O O Ô….

  • Professora Apoia a ULBRA  On dezembro 10, 2008 at pm:50 pm

    Até que enfim os parlamentares resolveram se mexer. A ULBRA é uma instituição com larga história de serviços prestados aos gaúchos. Muitas são as famílias que têm membros formados na ULBRA, pacientes tratados em seus hospitais, filhos em suas escolas. Parabéns aos parlamentares. Até que enfim alguém com bom senso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: