Governo amplia seguro-desemprego para até sete meses


Amigos leitores..

Este é um blog de notícias apenas. Não é um site de consultas. Não entendemos nada de “desemprego-parcelas”.

Não adianta vcs pedirem informaões por aqui. Leiam as notas e busquem os órgãos do governo para poder tirar dúvida ( site da Caixa, Ministério9 do Trabalho por ex.).

Toda novidade – como notícia – a gente publica.  Fiquem atentos ao que se escreve. Não prestamos acessoria sobre assuntos trabalhistas.

abraços

Nota atualizada em24/03/2009   clic e  leia no link abaixo:

Governo amplia seguro-desemprego

…………………………………………………………………………………………………………

Governo amplia seguro-desemprego para até sete meses

Agência Brasil

BRASÍLIA – O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) aprovou, a pedido do ministro do Trabalho, Carlos Lupi, o pagamento do seguro-desemprego por um período de cinco a sete meses para setores que estão enfrentando sérios problemas de desemprego. Atualmente, o benefício é pago de três a cinco meses e o valor máximo é de R$ 870,01.

Carlos Lupi disse que se o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sentir necessidade, é possível ainda estender o benefício por até 10 meses, com medida provisória. Ele refutou a possibilidade de redução no valor do benefício. Serão beneficiados os setores que estão em situação crítica quanto às demissões ocorridas em dezembro, janeiro e fevereiro, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). O ministro citou como exemplo a siderurgia e a mineração.

- Não podemos fazer aleatoriamente, pois podem ocorrer solicitações indevidas. Alguns setores, como construção civil e serviços, já estão revertendo a situação – explicou.

Lupi lembrou que os dados de emprego de janeiro são negativos, mas ‘infinitamente’ melhores que os de dezembro.

O número de cotas do seguro-desemprego pode aumentar e chegar a dez parcelas para os brasileiros que perderem o emprego. A medida poderá ser adotada pelo governo, a fim de beneficiar os empregados de setores formais da economia que venham a ser prejudicados pela crise. A proposta é uma das reivindicações das centrais sindicais enviadas ao ministro do Trabalho, Carlos Lupi. CUT, Força Sindical, UGT, CGTB, CTB e NCST já entregaram ao ministro um documento com 18 sugestões para driblar os efeitos do abalo financeiro.

As duas parcelas extras só começarão a ser pagas em abril e poderão beneficiar, inicialmente, demitidos na siderurgia (aço), extração de minério e exportação de frutas, de couro e de calçados em algumas regiões do país. Esses setores estão entre os mais atingidos pelo desemprego crescente, e o Ministério do Trabalho ainda não detectou sinais de recuperação nas contratações.

Atualmente, desempregados nas cidades de Santa Catarina prejudicadas pelas inundações também vêm recebendo as duas parcelas adicionais.

De acordo com os critérios definidos pelo Codefat, apenas as demissões a partir de 1º de dezembro de 2008 serão consideradas para efeitos de extensão do benefício. Com base nos dados daquele mês, de janeiro e de fevereiro, a área técnica do Ministério do Trabalho apurará os casos de desvio na média das demissões de cada setor e de cada Estado.
Se for constatada a elevação -já descontados efeitos típicos de determinadas épocas do ano-, o ministério encaminhará ao conselho pedido para ampliação das parcelas. Mensalmente, com a divulgação do comportamento do mercado de trabalho formal, uma nova análise será feita, e mais desempregados podem ser incluídos na lista de beneficiários.

Permissão legal
Hoje a legislação do seguro-desemprego prevê o pagamento de três a cinco parcelas do benefício, dependendo do tempo de serviço do trabalhador naquele posto. O valor de cada mensalidade varia de R$ 465 a R$ 870. Em média, 600 mil pessoas recebem o benefício mensalmente. No ano passado, o gasto chegou a R$ 13,8 bilhões.
A lei também permite o pagamento de duas parcelas extras em casos de aumento das demissões fora do padrão histórico. Entre 2006 e 2007, com a valorização do real, o Codefat aprovou a ampliação para trabalhadores demitidos em setores exportadores como moveleiro, calçadista e de máquinas e equipamentos agrícolas.

O ministro se comprometeu a levar a proposta ao Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), órgão responsável pela gestão dos recursos do FAT, a quem caberá decidir sobre a ampliação do benefício aos trabalhadores, de acordo com cada categoria. Hoje, o seguro-desemprego varia de três a cinco parcelas.

Para se chegar ao valor mensal do seguro, é considerada a média de salários dos últimos três meses anteriores à dispensa. O benefício varia de R$ 415 a R$ 776,46, levando em conta a faixa salarial do trabalhador.

O ministério deverá usar dados do Cadastro Geral de Desempregados (Caged) para detectar que setores sofrem com a crise. Assim, será estudada a possibilidade de ampliar o número de cotas do benefício. A decisão pode ser tomada numa reunião extraordinária do Codefat.

Casa própria

Ontem, Carlos Lupi anunciou que o Ministério do Trabalho também estuda ampliar, até o fim do ano, o uso do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para a compra da casa própria. Ele não antecipou as taxas de juros que seriam cobradas, mas os trabalhadores poderiam adquirir imóveis de até R$ 300 mil.

Lupi também divulgou dados sobre a geração de empregos no país. Em outubro, foram criadas 61.401 vagas de carteira assinada – alta de 0,20% em relação ao estoque de setembro. Mas foi o pior resultado para o mês desde 2003. O ritmo caiu em relação a outubro de 2007, quando foram criadas 205.260 mil vagas.

Quem tem direito

O seguro-desemprego, desde que atendidos os requisitos legais, pode ser requerido por todo trabalhador com carteira assinada dispensado sem justa causa; ou cujo contrato foi suspenso em virtude de participação em curso ou programa de qualificação oferecido pelo empregador.

Faixa salarial

O valor – de R$ 415 a R$ 776,46 – varia conforme a faixa salarial, com liberação de três a cinco parcelas.

Valor

Para apurar o valor das parcelas, é considerada a média dos salários dos últimos três meses anteriores à dispensa.

Meses trabalhados

A quantidade de parcelas refere-se ao número de de meses trabalhados nos últimos 36 meses anteriores à data da dispensa.

Três parcelas

De seis a 11 meses de trabalho dão direito a três parcelas.

Quatro parcelas

De 12 a 23 meses de contrato, paga-se quatro parcelas a serem recebidas.

Cinco parcelas

De 24 a 36 meses: cinco parcelas.

Atenção leitores desta Nota;

Conforme estamos explicando e “grifando” no texto acima vale repetir…

A assessoria jurídica do ministério já concluiu que a prorrogação do pagamento do seguro para mais de sete meses teria de ser implementada por meio de uma Medida Provisória. Antes do aumento do prazo, o pagamento variava de três a cinco meses, conforme o tempo de serviço. Quem tinha até um ano de tempo de serviço, recebia até três meses de seguro-desemprego.

Já quem tinha mais de um ano podia receber cinco meses de pagamento do seguro. Agora, o tempo de pagamento mínimo vai ser de cinco e o máximo de sete meses. Atualmente, cerca de 600 mil trabalhadores recebem, a cada mês, o seguro-desemprego.

A extensão do prazo do seguro vale somente para as atividades profissionais que estão sofrendo mais os efeitos da crise e para quem foi demitido de dezembro de 2008 em diante.

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

  • lucio evando pereira lemos  On janeiro 26, 2012 at pm:29 pm

    tenho 5 ano de cartera asinada sou metalurgico e so vou resebe 5 parcelas por que

  • sergio t lino  On dezembro 1, 2011 at am:32 am

    recebi as cinco parcelas do seguro desemprego, porém continuo desempregado, e trabalhei 4 anos e 10 meses no setor da aviação e três pessoas me disseram que teria direto a duas parcelas extras, como saber se é verdade?

  • roseli ferreira  On setembro 22, 2011 at pm:50 pm

    tão falando que agora para recebe o seguro desemprego,se ser mandado embora o governo emcaminha pra firma pra trabalha sem recebe o seguro desemprego queria saber se é verdade tira essa minha duvida tenho 1 ano de serviço se eu for mandado embora vou ser emcaminhada pra outro serviço sem receber meu seguro desmprego

  • ALVARO MACEDO CARVALHO  On abril 28, 2011 at pm:58 pm

    OI MEU NOME É ALVARO E GOSTARIA DE SABER APARTIR DE QUANTOS MESES EU POSSO TER DIREITO AO SEGURO-DESENPREGO

  • ROSEMARY  On abril 15, 2011 at pm:14 pm

    RECEBI 4 PARCELAS E AINDA NAO CONSEGUIR OUTRO EMPREGO, COMO FAÇO PRA TER DIREITO A MAIS PARCELAS DO SEGURO DESEMPREGO.

  • luiz  On janeiro 19, 2011 at pm:49 pm

    quero saber se tenho direito a essas duas parcelas estendida tabalhei dois anos e meio caixa de de uma doceria e fui mandado enbora em junho de 2010. obrigado

  • JOANA DARC CARDOSO  On novembro 30, 2010 at am:05 am

    BOA TARDE GOSTARIA DE SABER COM QUANTOS MESES PODE RECEBER O SEGURO DESMPREGO TEM 6 MESES MAS JA ME FALARAM Q MUDOU PARA 7 MESES ME DE ARESPOSTA CERTA GRATA

  • Domingos Araujo  On novembro 8, 2010 at pm:48 pm

    Por favor,gostaria de ser informado trabalhei pela ultima veis de carteira registrada 46 meses em uma empresa de prospcção de petroleo conhecida como geofisica, recebir 5 parcelas ainda estou desempregado serar que tenho direito para receber mais 2 parcelas como posso fazer para mim informar melor sobre sobre essa situação,

    muito obrigado,

    Domingos.

  • dellana  On julho 28, 2010 at pm:41 pm

    recebe a ultima parcela do seguro desemprego esse mes mais ainda nao estou empregado tenho direito a receber mais alguma parcela?recibe 5 parcelas como faço para receber as outras?

  • william braga  On junho 28, 2010 at pm:56 pm

    eu resebi aprimeira parsela e entrou en recurso logo que eu resebi aprimeira parsela por favo mede uma resposta

  • Anoir jose de Oliveira  On junho 21, 2010 at am:44 am

    a empresa onde trabalhava fechou no meu estado RS mais de 450 pessoas estao desempregadas. Eu nao consigo trabalho pois estou no serrasa. tenho direito a mais 2 parcelas do seguro desemprego???

  • julio s santana  On junho 15, 2010 at pm:49 pm

    ESSA NOVA LEI DO SEGURO DESENPREGO APOIS O RECEBIMENTO DA ULTIMA PACELA EU TANDO DESENPREGADO ; COMO EU FAÇO PARRA RECEBER — JULIO SANTANA

    • Donizetti Aparecido Marques de Oliveira  On agosto 30, 2010 at pm:51 pm

      trabalhei uma ano e oito meses em industria farmacêutica e recebi 4 parcelas de seguro desemprego ainda estou desempregado tenho direito a mais uma parcela obrigado Donizetti

  • julio s santana  On junho 15, 2010 at pm:40 pm

    DEI ENTRADA NO SEGURO DESENPREGO ESTOU NA QUARTA PACELA RESTANDO 1 AFINAL O GOVERNO NO DEU MAIS DUAS COMO EU FAÇO PARRA RECEBER SI EU ESTIVER DIREITO. OBRIGADO; JULIO SANTANA

  • jairo  On maio 12, 2010 at am:40 am

    recebi 5 parcelas e estou desempregado ainda,sera que tenho direito a mais 2 parcelas.

    • Maria Emília Crisóstomo Nogueira  On julho 1, 2010 at am:38 am

      recebi cinco parcelas tenho direito a mais parcelas??

  • Marinês  On dezembro 8, 2009 at pm:44 pm

    Ganhei a conta em abril de 2009 e trabalhava em um frigorifico onde desde dezembro até maio foram mais de 1000 pessoas para a rua. Gostaria de saber se tanho direito maais 2 parcelas de seguro desemprego?

  • Josely teles ferreira  On novembro 18, 2009 at pm:16 pm

    Por favor verificar minhas parcelas do seguro desemprego pois trabalhei mais de 36 meses e so foi calculado cinco parcelas

  • Joca  On setembro 22, 2009 at pm:35 pm

    Bando de ignorante, vocês não leram que aqui é um site informativo? Não adianta pedir pra ninguém aqui recalcular nada! Procurem seus direitos no Ministério do Trabalho ou orgão responsável, se não conseguem interpretar a notícia não merecem mais parcela nenhuma mesmo! Vão estudar que ganham muito mais!

  • Tânia Mello  On setembro 18, 2009 at am:58 am

    Meu marido trabalhou numa metalurgica por um ano e dois mes e foi demitido em fevereiro de 2009 sera que ele tem direito a mais duas parcelas do seguro desemprego obrigado

  • elenice reis (disse)  On setembro 9, 2009 at pm:52 pm

    sou auxiliar de enfermagem trabalhei l7 anos na mesma empresa só fiz acordo. continuei agora fez 3anos fui demitida ganhei 5 parcela quero saber se tenho direito de sete porque não consigo trabalhar porque não sou tecnica de emfermagem.desde já obrigada..

  • geovane bhering rodrigues  On setembro 9, 2009 at pm:43 pm

    fui demitido em marco de 2009 ,trabalhava em uma are de producao,empresa vantec.

  • Denis Martinelli  On setembro 4, 2009 at am:10 am

    Fui mandado embora em abril, tenho direito a 7 percelas?? trabalhei 2 anos e 2 meses

  • Márcia da silva alexandrino  On setembro 3, 2009 at pm:57 pm

    Fui demitido dia um de fevereiro de 2009.Recebi cinco parcelas, gostaria de saber se tenho direito a mais duas parcelas?

  • Maria Aparecida Roque Barreto  On agosto 25, 2009 at am:32 am

    Como outros acima citados, fui demitida em janeiro de 2009, gostaria de saber se tenho direito a mais dois meses normalmente ou se preciso tomar alguma providencia para receb-las, pois já recebi as cinco parcelas e ainda não estou trabalhando.
    Obrigada.

  • Emmanuel Corlett de Loiola  On agosto 17, 2009 at pm:07 pm

    Sou Técnico em Mineração, fui demitido em Fevereiro, ainda continuo desempregado.gostaria de inclusão nessa extensão dos dois meses adicionais.

    Aguardo retorno com certa urgência.

    Grato Emmanuel

  • ALmeida  On agosto 17, 2009 at am:35 am

    por favor verificar minha parcelas do seguro desemprego porque so foi calculada ate cinco meses porem segundo a lei foi aprovada para seta meses.. obrigada (o) grato:josildo

  • SAULO  On agosto 17, 2009 at am:33 am

    E COMO FARÇO PRA SABER SE VAI ESTENDER MAIS 2 PARCELAS
    POIS JA FIZ A CONCUTA NO SITE DO SEG. DESEMPREGO Q INFORMA AS PARCELA E LA INDICA Q AS PARCELAS Q EU TINHA PRA RECEBER JA ENCERROU E SO RECEBI 5 PARCELAS
    MAS ESTOU EM DUVIDA POIS DIZEM Q TENHO DIRITO A MAIS 2

  • monica melo  On agosto 13, 2009 at pm:46 pm

    meu pai trabalhou um ano e sete meses ele tem direito a sete parcelas?

  • washington  On agosto 10, 2009 at pm:06 pm

    quero saber se eu tenho mais alguma parcela

  • Ednaldo rocha de araujo  On agosto 5, 2009 at pm:57 pm

    trabalhei 10 anos e só recebi 5 parcelas porque? eu tenho direito a 7 parcelas não é?

  • arnaldo moreira  On agosto 4, 2009 at pm:58 pm

    fui mandado em bora em fevereiro foi calculado 5 parcelas eu tenho direito a mais duas

  • Ricardo Pinto  On julho 30, 2009 at am:06 am

    LORENNA RODRIGUES

    da Folha Online, em Brasília

    O ministro Carlos Lupi (Trabalho) anunciou nesta quinta-feira a intenção de conceder parcelas extras do seguro-desemprego a mais 216.500 trabalhadores que foram demitidos em dezembro e janeiro, período de agravamento da crise econômica mundial.

    A autorização deverá ser dada pelo Codefat (Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo do Trabalhador) em reunião na próxima semana. Isso representa um desembolso de R$ 263,7 milhões.

    São 143.140 trabalhadores demitidos em dezembro e outros 73.360 em janeiro em setores afetados pela crise, como indústria e agricultura.

    Outros 103.707 trabalhadores já haviam sido beneficiados pela extensão do benefício e receberão duas parcelas a mais do seguro-desemprego.

    Segundo o ministro, essa deverá ser a última extensão do seguro-desemprego, já que, a partir de fevereiro, os números de criação de emprego foram positivos. “Fevereiro já foi positivo e continuo na minha ousadia de afirmar que teremos resultados positivos até o fim do ano”, afirmou.

    Hoje, o benefício varia de três a cinco meses, dependendo do tempo em que o trabalhador ficou no emprego –o seguro vai de R$ 465 a R$ 870, sendo o valor médio pago de R$ 595,20. Nesse caso, as parcelas podem chegar de cinco a sete meses.

    Beneficiados

    Minas Gerais

    Extrativa mineral 1.274

    Indústria metalúrgica 4.061

    Indústria mecânica 1.524

    Indústria do material elétrico e de comunicações 925

    Indústria do material de transporte 2.045

    Ind. da borracha, fumo, couros, peles, similares, ind. diversas 1.067

    Ind. química de produtos farmacêuticos, veterinários, perfumaria… 2.311

    Indústria têxtil do vestuário e artefatos de tecidos 4.201

    Indústria de produtos alimentícios, bebidas e álcool etílico 11.069

    Com. e administração de imóveis, valores mobiliários, serviço técnico 12.935

    São Paulo

    Indústria metalúrgica 8.263

    Indústria mecânica 8.473

    Indústria do material de transporte 7.420

    Indústria da borracha, fumo, couros, peles, similares, ind. diversas 4.735

    Indústria química de produtos farmacêuticos, veterinários, perfumaria 7.126

    Indústria têxtil do vestuário e artefatos de tecidos 8.295

  • tuca  On julho 28, 2009 at am:33 am

    MAIS UMA COISA, ENTRE NESSE SITE E CALCULE VC MESMO AS PARCELAS E O VALOR QUE TEM DIREITO: argumentandum.com.br
    ESPERO Q AJUDE

  • tuca  On julho 28, 2009 at am:29 am

    vcs parecem q ñ saber ler ou se fazem de bobo né! se vc trabalhou 24 meses, tem direito a 5 parcelas podendo estender-se por mais 2 parcelas. mas se vc trabalhou MENOS que 24 meses vai pegar 4 parcelas. É SIMPLES E NÃO TEM DO QUE XORAR! tudo se baseia no tempo de trabalho/salario dos ultimos 3 meses.

    • SAULO  On agosto 17, 2009 at am:33 am

      E COMO FARÇO PRA SABER SE VAI ESTENDER MAIS 2 PARCELAS
      POIS JA FIZ A CONCUTA NO SITE DO SEG. DESEMPREGO Q INFORMA AS PARCELA E LA INDICA Q AS PARCELAS Q EU TINHA PRA RECEBER JA ENCERROU E SO RECEBI 5 PARCELAS
      MAS ESTOU EM DUVIDA POIS DIZEM Q TENHO DIRITO A MAIS 2

  • joão carlos veiga filho  On julho 25, 2009 at pm:07 pm

    gotaria de saber, como trabalhei 1ano e tres meses, comecei 01 de março de 2008 e sai 07 de abil de 2009 tenho direito a sete parcelas

  • bruno  On julho 22, 2009 at pm:30 pm

    dei entrada no meu seguro no dia 24 de junho o que eu fiquei sabendo é que o governo so tem a obrigação de pagar so 5 parcelas, acho que tem alguma copisa errada você não acha?

  • CLEBSON SILVA  On julho 21, 2009 at am:05 am

    OLA DEI ENTRADA EM MEU BENEFICIO NO SEGURO DESEMPREGO DEI ENTRADA EM 22 DE JUNHO DE 2009 GOSTARIA DE SABER SE TENHO DIREITO AS 7 PARCELAS TRABALHEI EM POSTOS DE COMBUSTIVEIS E GOSTARIA DE SABER TAMBEM OS VALORES DE CADA PARCELAS
    DESDE JA AGRADEÇO.

  • carlos eduardo  On julho 20, 2009 at pm:31 pm

    eu fui demitido nesse periodo e não recebi essas duas parcelas que o governo deu como faço para saber se eu tenho direito a esse beneficio e come requerer

  • josildo da silva  On julho 17, 2009 at pm:25 pm

    por favor verificar minha parcelas do seguro desemprego porque so foi calculada ate cinco meses porem segundo a lei foi aprovada para seta meses.. obrigada (o) grato:josildo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.448 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: