Marina comenta declaração sobre transa com Gal


A cantora Marina Lima comentou em seu blog oficial na segunda-feira (17) a repercussão que teve a revelação em entrevista recente de que sua primeira relação sexual com mulher aconteceu aos 17 anos com a cantora Gal Costa.

“Sinceramente, não imaginava uma repercussão dessas. Acho uma loucura que essa entrevista tenha tomado essa proporção toda. Isso só me confirma o quão de retrógrado está tudo, justamente quando o mundo briga e clama por mudanças… Chega a ser ridículo”, disse.

Bissexual assumida, a cantora afirmou ainda que transou com outras cantoras famosas, mas que Gal tinha sido a mais importante por ser a primeira.

“Falei da Gal para fazer um contraponto com o que vivi (sem interferência da minha família) e a caretice que esses pais demonstram ao tentarem aprisionar e chantagear seus filhos. O carinho e respeito que tenho pela Gal são imensos —- nem adianta tentarem deturpar que não cola” completou

Quem/Blog Marina

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

  • Clarinha  On fevereiro 26, 2009 at am:34 am

    tudo isso é marketing da marina
    essa aeh n vive sem uma polemica pra vender seus discos. bancando a santa e que nao cola mesmo!

  • claudia  On dezembro 4, 2008 at pm:19 pm

    Tb achei lamentavel a posição da Marina, se ela teve ou deixou de ter casos com cantoras (que a essa altura devem estar geladas de medo) que guardasse para ela sem expor uma pessoa como a Gal que sempre esteve longe das fofocas. Fora que ela deu uma “viagem ” quando diz da relação dos pais com seus filhos, se ela é moderninha e acha tudo muito normal, ok passe para os filhos delas e deixe a sociedade cuidar cada um do seu, repeitando inclusve os pais que sofrem preconceito pela escolha de seus filhos.

  • carlos  On novembro 22, 2008 at pm:44 pm

    É lamentável que Marina não tenha respeitado e violado a tão ingenuamente a individualidade da Gal Costa. Parece que além de quase perder a voz, desta vez perdeu o bom senso e atolou-se na hiprocrisia. A importância de uma primeira relação deveria ser sagrada e não expor a Gal numa fase tão madura de sua carreira e assumindo uma homossexualidade que ela nunca precisou declarar poois não tem importância para o mundo. Gal é instrumento de imoção e merece respeito. Quanto a Marina precisa reer seus conceitos e crescer espiritualmente. Se não não é qualquer maneira de amor que vale a pena!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: