ULBRA: Greve continua e salários atrasados


Leia no link embaixo nota atualizada em 15/04/2009

Ulbra: justiça vai bloquear mais 8 milhões ( atualizada)

 

………………………………………………………………………………………………..

Ulbra em Greve

Abril 8, 2009 by Nilnews

Os professores da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) decidiram ontem (07/0-4/09) entrar em greve por tempo indeterminado.

A paralisação do Ensino Superior já começou nas aulas da noite passada, devendo se fortalecer durante o dia de hoje. Os docentes da Educação Básica poderão cruzar os braços a partir da próxima segunda-feira.

Afalta de pagamento dos salários de março dos cerca de 2 mil professores, que deveriam ter sido depositados na sexta-feira passada, motivou a mobilização. Em assembleia, a categoria decidiu fazer no fim da tarde de hoje um protesto em frente ao campus de Canoas, onde serão distribuídos folhetos explicando o movimento. Os professores entregarão também um manifesto exigindo a saída da atual reitoria da Ulbra.

– Não é mais uma questão só de salário. É um desrespeito total essa continuidade de descumprimentos de acordos. Queremos a destituição da reitoria para que a instituição possa se reorganizar – aponta o diretor do Sindicato dos Professores do Ensino Privado do Rio Grande do Sul(Sinpro), Marcos Fuhr.

O diretor ressalta ainda que a Ulbra teria desobedecido ao acordo judicial, que previa o pagamento dos contracheques atrasados e o comprometimento de quitar em dia os salários dos professores.

Os campi de Canoas, Guaíba e Gravataí concentram a maior parte da mobilização, mas a direção do Sinpro espera a adesão de docentes de outras unidades ainda esta semana.

A Ulbra, por meio da assessoria de imprensa, preferiu não se manifestar ontem e afirmou que o resultado da assembleia deverá ser avaliado hoje pela instituição.

A Justiça do Trabalho repassou ao Sinpro/RS – Sindicato dos Professores do Ensino Privado do RS -, por meio de alvará judicial, o levantamento dos valores penhorados nas contas bancárias da Ulbra para pagamento parcial dos salários de setembro dos professores.

Foram garantidos no sabado, que pelos menos 84% dos salários de setembro dos professores da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) fossem pagos. O índice corresponde a R$ 3,9 milhões. A decisão não atendente às reivindicações do Sindicato dos Professores do Rio Grande do Sul (Sinpro/RS), que busca ainda a garantia do pagamento referente a outubro e da primeira parcela do 13º salário. Os professores continuam em greve até terça-feira, 18, à noite, quando haverá nova assembléia. Os médicos que atuam nos quatro hospitais da instituição também aguardavam para ontem o acerto dos salários.

As contas bancárias da Ulbra continuam bloqueadas judicialmente desde a última sexta-feira, quando a Justiça do Trabalho deferiu Tutela Antecipada à Ação Coletiva, ajuizada pelo Sindicato em nome dos professores, solicitando o bloqueio de contas para priorizar os salários.

A transferência dos valores ao Sinpro/RS para pagamento dos salários aos professores é uma decorrência da decisão judicial.

O juiz titular da 3ª Vara do Trabalho de Canoas, Luiz Fernando Henzel, constatou nas contas da Ulbra depósitos no valor de R$ 3 milhões e 969 mil, suficiente para pagamento de 84% do saldo do salário de setembro.

O dinheiro deverá ser depositado ainda hoje em uma conta especial do Sinpro/RS no Banco do Brasil do campus Canoas, para imediato repasse aos professores.

No início da tarde, a universidade forneceu ao banco os dados necessários para o pagamento da folha.

As transferências feitas pelo Sinpro/RS contemplam todos os docentes que recebem pelo Banco do Brasil e alguns docentes de outros campi da Ulbra que têm contas no Bradesco.

Greve – Em assembléia realizada na noite de quinta-feira, os professores decidiram manter por tempo indeterminado a greve iniciada no dia 10.
No sabado houve concentração e distribuição de material informativo junto ao pavilhão de autógrafos da Feira do Livro, em Porto Alegre.

A mobilização seguiu neste domingo pela manhã no Brique da Redenção.

Na próxima terça-feira haverá nova assembléia de avaliação da greve, bem como audiências sobre a crise da Ulbra com a Comissão de Educação da Assembléia Legislativa e com a direção da Igreja Evangélica Luterana.

Na reunião de sexta-feira entre advogados da Ulbra, do Sinpro/RS e o juiz da 3ª Vara do Trabalho, Luiz Fernando Bonn Henzel, ficou acertado que o dinheiro para o pagamento dos professores seria resgatado das contas bloqueadas da Ulbra e depositado em conta do sindicato. “Vamos repassar um arquivo com os dados dos professores para que o banco faça os pagamentos proporcionalmente. Cada professor deve receber também 84% dos seus salários para que todos recebam”, explicou o diretor do Sinpro/RS, Marcos Fuhr, informando que os salários seriam pagos ontem à tarde.

O Sindicato Médico do RS (Simers) também negocia com a Ulbra para tentar garantir os salários dos cerca de mil profissionais (funcionários e prestadores de serviço) que atuam nos hospitais e em salas de aula. A categoria faz terça-feira, 18, assembléia em Porto Alegre, para avaliar a situação e orientar os profissionais. O Simers descarta indicativo de greve.
Simpro/Rs

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

  • edmara  On maio 7, 2009 at am:32 am

    gente, gostaria de saber se alguém sabe sobre uma possível greve de novo…
    o comentário que está rolando é que o novo reitor ja avisou que não terá dinheiro para pagar os professores por que todo o dinheiro que entra das nossas mensalidades é retido para o pagamento do governo…
    estou muito preocupda, principalmente por não saber ao certo se issu é verdade ou apenas boatos
    se alguém souber de algo me avise
    obrigada!!

  • ANA = BABACA  On maio 5, 2009 at am:23 am

    Ana, a babaca aqui és tu.

    O currículo não tem absolutamente nada a ver com o conhecimento que se adquire pelo estudo, fato notório, mas que, estranhamente não é visto por ti (por que será?).

    Então, sem mais delongas.

    Infelizmente não tenho nada mais a falar com uma pessoa de tamanha baixeza e totalmente sem escrúpulos. Ratazana.

  • ANA  On abril 20, 2009 at pm:20 pm

    Voces são babacas mesmooooooo, pagam não estudam e ainda ficam brigando por uma porcaria de universidadezinha dessasss, sem noçãp sem neuronio, eu teria vergonha de mostrar um curriculo formada numa coisa como isso que chamammmm de universidade, babacassssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss

  • Sandro  On abril 20, 2009 at pm:21 pm

    É minha cara Jul… sou exceção mesmo! Mas acredito que os outros possam melhorar se assim desejarem. Espero que vc faça o mesmo! É por acharmos que lutar, protestar e apontar os podres que cercam a nossa sociedade não passa de demagogia barata, que estamos assim, coadjuvantes de realidade mundial e tolos perante a corrupção que cerca MUITOS dos nossos políticos. É por ESSE e por outros motivos que continuaremos sendo apenas um povo sustentando políticos e empresários espertos. Se um professor estivesse em greve, ele nada poderia. Mas, quando todos pararam, médicos, professores, funcionários e alunos, não deu outra…. o reitor renunciou. Eu fiz minha parte, enviei uma denuncia para as plataformas do MEC com cópia para os meios de comunicação.
    E VOCÊ JUL ? ficou apenas no blog? Escrevendo o que lhe vem na cabeça?Não foi para as ruas? Ahhh… que pena… você perdeu um momento histórico, que deve servir de lição! A UNIÃO FAZ SIM A FORÇA E FAZ A MUDANÇA. O reitor destemido, arrogante, que jamais imaginaria ter que sair do seu “trono”, despir-se de seu “manto” e perder as regalias que seu “cedro” lhe concedia cai!!!

    MAS VOCÊ JUL…. fez o que mesmo? Ahhh… escreveu no blog!!!!
    É… um povo sem informação, vivendo na ignorância da acomodação é o que todo político e empresário mal intencionado deseja!!!
    Diante disso… quem é que faz demagogia barata aqui mesmo?????

  • Rosana Kasper Cubas  On abril 20, 2009 at am:32 am

    Caro Reitor, Marcos Fernando Ziemer, desejo de coração a superação de todas as dificuldades e um futuro brilhante. Porém, é importante ressaltar que precisamos contar com a transparência de sua nova administração para resgatar a competência e valores que se perderam.
    Que Deus lhe abençoe!
    Viva a democracia!
    Eu sou mais Ulbra!

  • ANONIMUS  On abril 20, 2009 at am:47 am

    “ULBRA’s medical and dental schools are among the finest in the nation, “….AHAHAHA, ISTO SÓ PODE SER PIADA OU MATÉRIA PAGA! ENTÃO EXPLIQUEM PQ FAMED ULBRA É UM DOS PIORES COLOCADOS NAS AVALIAÇÕES DO MEC SENDO AMEAÇADA ATÉ DE TER SIDO FECHADA? PQ OS EGRESSOS DE LÁ SÓ CONSEGUEM COLOCAR-SE LÁ E TOMAM TUFO EM CONCURSOS? (COM HONROSAS RARAS EXCESSÕES QUE CONFIRMAM A REGRA) ? RESPOSTA: DOCENCIA MAL-PREPARADA, SEM FORMAÇÃO COMPLETA, POUCO EXIGENTE, QUE É COLOCADA LÁ POR APADRINHAMENTO E CONVITE, SEM CONCURSO, QUE COMEÇA A PRODUZIR CIÊNCIA DEPOIS QUE JÁ ESTÁ LÁ POR OBRIGAÇÃO (SEM CURRÍCULO PRÉVIO), VESTIBULAR FACÍLIMO, ALUNOS FRACOS.
    COMO DIZER QUE A ESTRUTURA É PERFEITA, AS AULAS SÃO ÓTIMAS E OS PROFESSORES EXCELENTES SE NEM FORMADO SOU?SE NUNCA ESTIVE EM OUTRO LUGAR, COMO JULGAR ONDE ESTOU? É TUDO “ÓTIMO, PERFEITO E EXCELENTE” COMPARADO COM O QUE? PURA ILUSÃO…

  • biologia/ Ulbra Ji-Paraná  On abril 19, 2009 at pm:10 pm

    É uma vergonha o que está acontecendo, quem está sendo prejudicado são os alunos que pagam suas mensalidades caríssimas em dias para ter professores desanimados em sala de aula. Nós acadêmicos entendemos a situação dos professores afinal ninguém trabalha sem receber animado, temos ótimos professores na Ulbra principalmente no curso de biologia mas podemos perceber a diferença de antes da crise e depois da crise a qualidade do ensino caiu e a culpa não é dos professores. Eu espero que este problema seja solucionado o mais rápido possível.

  • Jul  On abril 18, 2009 at pm:10 pm

    jura O iluminado, vc é uma exceção então na Ulbra os outros compram diploma, vc não.
    vc e uma outra colega que chamam todos aqui de incompetentes pois não tem competência para passar em outro vestibular, sendo que ela não se inclui nesse meio mesmo estudando na Ulbra.
    Eu até aceito criticas de “alguém” que curse uma federal, mais meu colega e chama a todos de incompetentes e vc diz que os alunos compram diploma, eu estudo, “estudo” já coloquei antes se fosse só comprar um diploma não iria me preocupar em ter aulas e de boa qualidade, vc tem que aprender a não colocar todos no mesmo saco.
    E a única exceção da Ulbra é vc, a me poupe, demagogia barata tem local e hora.
    .

  • Sandro  On abril 18, 2009 at pm:02 pm

    Ahhh… Jul… você precisa aprender a ler corretamente as mensagens. Nunca declarei que comprei diploma, muito pelo contrário, REPUDIO este tipo de pensamento. Contra esta atitude é que sempre me posicionei contra neste blog. Todavia parece que a graduação não está lhe ajudando a fazer uma boa interpretação! Sinto muito.

    Você precisa estudar mais!

  • Sandro  On abril 17, 2009 at pm:23 pm

    Finalmente!!!!! Cai o Reitor da ULBRA!
    VIVA A DEMOCRACIA, a justiça foi feita!
    Mas a luta não termina. É preciso transparência de agora em diante!

  • Fatima  On abril 17, 2009 at pm:56 pm

    Eu e minha filha estudamos na ulbra, e acho que por culpa da ma administração do reitor, não devemos jogar a culpa na instituição ulbra, pois por muito tempo ela foi destaque como universidade, esta em crise, esta, mas quantas universidades ,hospitais e empresas estão nessa crise que assola o país,devemos sim, apoiar os professores e funcionarios, para trocar o reitor e eles receberem seus salarios, nada mais justo,pois muitos professores e funcionarios estão dando aulas e trabalhando por amor a profissão e respeito aos alunos,não podemos generalizar e sair criticando os professores e dizendo que as aulas eram mal dadas,eu pelo menos sempre fui bem orientada por todos e não tenho queixas de ninguem; que deve haver uma troca na direção, isso é obvio, mas agora ficarem os mesmos alunos jogando pedras na instituição que eles mesmo escolheram para estudar, não acho certo,tenho certeza que a troca de gestão as coisas mesmo que a passos lentos tendem a melhorar, vamos nos unir para manter um patrimonio que tambem é nosso, vamos torcer que tudo se resolva da melhor forma possivel para todos,e não ficar atirando pedras, pois lendo os e-mails, tem pessoas que estão criticando os professores, que culpa eles tem de fazer a greve,se não receberam seus salarios, quem é que vai pagar suas contas, se essa forma foi a que eles acharam para revindicar seus direitos,temos que estar com eles e não contra eles.
    Criticas não leva a nada, temos levantar a bandeira e ajudar a tirar o reitor, assim com certeza estaremos dando nossa contribuição.
    Torço para que as coisas se resolvam logo, pois eu ADORO A ULBRA E TODAS AS PESSOAS QUE CONVIVO A VARIOS ANOS.

  • loci menezes  On abril 17, 2009 at pm:11 pm

    Fui professora da ULBRA durante muitos anos e não concordo com algumas afirmativas negativas sobre a instituição. Saibam que lá, ministrando aula existe um excelente conjunto de profissionais, das mais variadas áreas. Funcionários bem preparados, alunos comprometidos e abertos a novos saberes também fazem parte da comunidade “ULBRA”.
    Penso que não devemos confundir uma CRISE finaceira com valores pessoais dos docente, discentes e dos funcionarios que lá exercem suas atividades.
    A greve é um direito constitucional e democrático que precisa ser entendida com certa serenidade e não como um gesto de rebeldia. Trará prejuizo? Possivelmente. Pode adiar um pouco nossos sonhos mas sem jamais acabar com eles.

  • Rosana Kasper Cubas  On abril 17, 2009 at am:27 am

    Respeito muito a opinião de todos, mas é lamentável a ignorância do povo brasileiro diante dos conceitos de outras pessoas e das crises enfrentadas, a minha dúvida paira se é por falta de educação ou falta de coletividade.
    Em se tratando da Ulbra, conheço excelentes professores que acreditam e zelam por uma educação de excelência. Profissionais realmente envolvidos para a transformação de uma sociedade mais justa e reflexiva. No entanto, conheço de perto estudantes que realmente compram seus diplomas, alienados, pois não participam das aulas, que atrapalham quem realmente gosta de produzir conhecimentos, que apenas colocam seus nomes em trabalhos de grupo e não fazem nada.
    Vivemos em um País que já enfrentou outras crises difíceis, contudo gostaria de lembrar que a Ditadura Militar só caiu porque muitos universitários também naquela época foram manifestar seu descontentamento. Muitos morreram, sofreram e outros desapareceram, porém não se calaram.
    Atualmente o Brasil é um País democrático, e as manifestações servem e ajudam a fazer pressão nas classes de poder, e é viável lembrar a época do ex-presidente Fernando Collor também, com seus estudantes caras pintadas, além de grandes manifestações feitas por metalúrgicos em São Paulo.
    Gostaria de lembrar que de acordo com nosso ministro da Educação é impossível uma solução sem a substituição de Becker e seus dirigentes.
    Temos que revelar a nossa insatisfação com essa situação, e hoje à noite, 17/04/09 às 20h terá uma reunião Extraordinária na CELSP para decidir o futuro da Ulbra.
    A sociedade sangra… Vamos reverter essa situação!
    Viva a democracia, viva as manifestações!
    Eu sou mais Ulbra!
    Fora Becker!

  • Jul  On abril 16, 2009 at pm:40 pm

    Sandro o Iluminado da Ulbra e que por sua vez também se formou porque comprou um diploma na Ulbra, acho que teria vergonha de dizer isso comprei o meu diploma e agora esta comprando mais um de pós.
    Não ostento o que pago ou deixo de pagar acho que quando se esta numa universidade que não é federal vc paga não interessa o preço, paga.
    Mais do que acomodação o que me espanta na sociedade brasileira é a mentalidade pequena de certos individuos em achar que manifestações, o meu país vai ser de primeiro mundo, como se um nariz de palhaço e uma roupa preta fosse revolucionar o Brasil a Ulbra.

  • Sandro  On abril 16, 2009 at pm:42 pm

    Mais um detalhe!!!! Concordo com o anônimo. Gastar uma grande quantidade de dinheiro para fazer Medicina na ULBRA (um dos piores cursos do Brasil) ou Direito, é quase como jogar dinheiro fora, pois nem a OAB conseguem passar. Gente…. aqueles que se sentem prejudicados com a greve mudem-se para outra, pois podem pagar e, assim, não perderão tempo. Outro detalhe, não faço pouco caso do dinheiro dos pais que pagam a universidade para os filhos, até porque sempre paguei minhas despesas por meio de trabalho. Ao fazer um curso desacreditado nesta universidade, já está por sí mesmo jogando-o fora.

  • Sandro  On abril 16, 2009 at pm:31 pm

    Estou contigo e não abro Rosana Kasper!!!!!!

  • Sandro  On abril 16, 2009 at pm:28 pm

    Caro Rafael Lima e Ju. Quanta bobagem é proferida, muitas vezes, quando não temos um ideal. Caro Rafael, não tenho partido político. Não “visto camiseta por ninguém”, mas, me espanto com tanta falta de coragem. A acomodação da sociedade é que torna o nosso país, mais um de terceiro mundo. Fazer manifestação Jul é também ter aula: aula de cidadania, de valores, de lutar por tudo aquilo que acreditamos. Sinto muito que a universidade não torna as pessoas mais críticas pelo mundo “podre”, cheio de corrupções que os cerca. Como diziam os Iluministas: “Somente o conhecimento é capaz de tirar o homem das “trevas” da ignorância.”
    Sinto muito… mas é o que acho… a maioria dos alunos querem comprar um diploma, enchem a boca para espalhar para todos o quanto gastam, como se isto lhes dessem status, ao invés de brigarem por seus direitos apenas, sem precisar ostentar valores. Eu também paguei, me formei e estou me pós-graduando. Também sou prejudicado com a greve, mas, a considero justa sobre todas as circunstâncias.

    SOU MAIS ULBRA – FORA BECKER –

  • Jul  On abril 16, 2009 at am:23 am

    Numa coisa eu tenho que concordar com vc,
    não se acha uma faculdade dessas assim em cada esquina,
    e que bom que não, por que ja pensou o caus que seria para a cidade, para as pessoas envolvidas, como esta sendo agora na tão admirada(por vc) Ulbra.

  • Lu  On abril 16, 2009 at am:23 am

    E a gnt otário tem que ta pagando a mensalidade sem estudar ¬¬

    Becker fiôdiumavakarrombada ò.ó

  • Jul  On abril 16, 2009 at am:20 am

    Claudiane, vc deve estar incluída nesses incompetentes já que faz parte da Ulbra como aluna.
    A ulbra assim como outras instituições esta longe da perfeição.
    E se vc acha que a qualidade do ensino não caíu é por que então sempre foi uma porcaria, por que eu estava achando que tinha caido por causa da crise: atrasos de salários de professores e funcionários, até material de limpeza faltando.
    De que adianta toda essa pompa de hospital próprio, quadras, estádio e tantas outras coisas se os “FUNCIONÁRIOS NÃO TEM O QUE COMER EM CASA POR FALTA DE SALÁRIO”
    Não sou favoravel a greve não agora, era no outro semestre, acho que os professores não deveriam ter voltado as aulas sem receber TODO o salário, ano passado quando os alunos fizeram manifestação, eles não aderiram tinham medo da demissão.
    Agora que ja estão em greve vamos ver onde tudo isso vai dar, se eles vão receber o salário deles e se nós alunos vamos voltar e ter nossas aulas como manda a lei, afinal todos pagamos para ter ensino
    ou se nosso pagamento vai ir para o lixo.
    Não vi nenhum trouxa aqui escrevendo no blog, apenas pessoas preocupadas com o que vai acontecer nessa faculdade e com o ensino que deveríamos estar recebendo e não estamos.
    Ja que vc esta falando muitissimo bem da faculdade vc deve ter também a solução para os problemas, ou não?????
    A maioria aqui é estudante e não esta distorcendo nda, por que vive lá, as vezes ficam o dia inteiro na Ulbra, sabe dos problemas da Ulbra no dia-a-dia, eles só estão manifestando a sua indignação.

  • claudiane  On abril 15, 2009 at pm:45 pm

    sou estudante de ed. fisica- canoas…seguinte…acho que os INCOMPETENTES acima q ñ conseguiram melhores notas para entrarem em outras instituições de ensino devam mesmo se retirar da ulbra..pa tem gente que ama aquilo lá…inclusive professores…que, não estão nenhum pouco felizes de estarem tirando umas férias forçadas..
    gente trouxa para falar mal e destorcer td sempre tem aos montes…
    gente para resolver sempre falta…
    acho sim que o fdp do reitor de canoas deve entregar os pontos e, ja a tempo q noto que ele nem as caras dá por lá…o estacionamento privativo dele lá está sempre vaziu…
    se é ´por incompetencia ou por verginha que ele não vem eu não sei..mas que pelo menso devesse fazer uma reunião geral com os alunos para explicar tudo o que vem acontecendo..e, o que pretendem fazer, com os alunos (que sustentam td akilo)…
    grande falta de respeito deixar td mundo feito trouxa sem saber se vai ou não para aula…
    e, as aulas da ULBRA assim como sua ESTRUTURA, simplesmente são PERFEITAS…
    e, não caíu qualidade coisa nenhuma!!!
    acho que vocês não conhecem outras instituições!
    ou uma universidade que tem hospital proprio, quadras e estadio naquelas condições…professores tão dedicados…se acha assim em cada esquina?

    de fato o que deixa a desejar é a administração…
    mas isso tem solução!!

  • cristiane  On abril 15, 2009 at pm:50 pm

    so quero saber ate quando vai essa palhaçada, pois acabei de começar e ja estou arrependida ser aluna

  • Rosana Kasper Cubas  On abril 15, 2009 at pm:19 pm

    A Ulbra está difícil? E o que você está fazendo para mudar esta situação? Vais ficar sentadinho na frente do computador ou da televisão apenas acompanhando as notícias desta greve? Mais uma vez o povo brasileiro se acomoda diante destas circunstâncias… A greve é dos professores!!!A greve é nos hospitais!!! … então eu digo: – grite! participe! a luta também é tua companheiro!!!! Os pais, estudantes, comunidade precisam participar, reúna um grupo e faça seu movimento, vá de preto para a Universidade, use nariz de palhaço, leve um cartaz e evidencie para todos o teu descontentamento.

  • rubens  On abril 15, 2009 at pm:39 pm

    estou muito triste com estes acontecimentos, sou um pai que trabalha ate 18 horas por dia para poder pagar a faculdade da minha filha.
    No fim do ano tenho que pagar tambem o impoto de renda e este valor que pago pela faculdade nao consigo deduzir nada somente um valor de em torno de 1500 por ano. como pode uma entidade desta receber este valor todos os meses, nao pagar imposto e o seu reitor e os seu cumprades desviarem todo o dinheiro e a receita federal assistir tudo isso sem se manifestar.
    se fosse em um pais serio estes caras corruptos ja estariam atras das grades sem direito a sela especial ( so se forem politicos !!)

  • Mariúsa  On abril 14, 2009 at pm:48 pm

    olá,
    sou aluna do curso de Estética e cosmetologia, parece brincadeira, mas não é, uma estrutura perfeita, cursos maravilhosos, professores competentes e, pessoas fazendobrincadeira com isso…a ULBRA, hoje, nada mais é do que um reflexo do nosso Brasil, um país onde se prioriza coisas erradas, onde a educação não se faz com seriedade por parte de nossos dirigentes, …é , realmente parece que nós somos muito pequenos, digo nós: as pessoas que ainda idealizam a educação como formadora de novos cidadãos, formadora de uma sociedade mais justa…

  • Adri (dança)  On abril 14, 2009 at pm:14 pm

    Olá! Também não concordo que a Ulbra é um lixo! A qualidade do meu curso é ótima e sei que todos os professores estão preocupados com nós! Sou a favor da greve! Nossos professores estudaram muito para estarem onde estão e gastaram muito também para agora trabalhar de graça!!! Vamos nos unir aos professores e juntos pressionar a reitoria para uma breve solução. Sou formanda e também estou preocupada com o que pode vir a acontecer!!! mas acredito também que, se não fizermos barulho agora, mais tarde acontecerá de novo…como foi o ano passado!

  • Simone Silva da Silva  On abril 14, 2009 at pm:33 pm

    Olá! Caros colegas, alunos e funcionários da ULBRA.
    Sou bolsista do Prouni desta universidade desde 2006, da qual na época tinha muito orgulho de me entitular aluna.
    Porém com o passar dos anos percebi uma mudança nos objetivos da instituição.
    E mais uma vez na história desse país( Frase do Lula) a Educação deixou de ser o foco, e a Universidade voltou-se para obter estrondosos lucros gerados por valores altíssimos cobrados dos alunos.
    Mais uma vez nós, os ditos, futuros da nação, futuros cientistas, professores, engenheiros, médicos, administradores, advogados e etc… Perdem e saem ilesos de mais uma crise, gerada por uma irresponsabilidade administrativa, pela tão ativa corrupção!
    Essa mesma corrupção que saí do ambíto público e adentra o ambíto privado!
    Mais uma vez na história desse país, é povo quem paga e sofre com as consequências!!!
    São estes: Funcionários da Ulbra, assim como seus ótimos professores, alunos, pacientes e etc!
    Muitos de nós ouvimos milhares e milhares de versões sobre o que gerou está crise na Ulbra, a cada dia elas se multiplicam!
    Porém o que nós não ouvimos ou vemos, são soluções para esse problema!
    Apoio a todos os que estão em greve, e peço que apoiem também! Porque a greve até o momento, me pareceu a única solução viável a estes “Esquecidos” funcionários da Ulbra.
    E depois lembramos dá tão glorificada ética protestante, onde se questionou no passado, pelo tão “aclamado” Martinho Lutero na reforma protestante!
    Moral e ética que “teoricamente” fazem parte do discurso ideológico da família a frente dessa instiuição, que carrega consigo o título de Universidade Luterana do Brasil.
    Mas onde estão esses princípios éticos e morais que regem está instituição????
    Princípios que reprimem as manifestações de alunos e funcionários, com seus homens de preto, e seus altos funcionários administrativos que tem a capacidade de anotar em papel, os nomes dos manisfestantes!
    Ética tal, que não informa e nem concede previsão sobre soluções desse problema por qual a instiuição está passando!!!!
    Como, senhor reitor? E aqui uso palavras populares para me redigir ao senhor!!!
    – Como tu consegue deitar a cabeça no travesseiro pra dormir, com milhares de pessoas marginalizadas perante a crise, que sua má gestão ocasionou!!!
    – como tu me compra um audi A8 importado, se tem funcionários teus que não tem nem o que comer???
    – Como tua família passa a pascóa nos EUA, se muitos funcionários não podem nem presentear seus filhos com nenhum chocolate!!!

    É assim que fixo aqui, minha palavras de indignação!
    Indignação pelos direitos dos trabalhadores que não estão sendo cumpridos, pelos direitos humanos; o acesso a educação que está sendo privado, o acesso a saúde!!!!!

    Em nome dos alunos do curso de História – Canoas, já que nem um DCE representativo temos, um DCE pelego (Como nos tempos da era Vargas.), temos para lutar por nossos direitos!

    Participem dos atos públicos!!!!

    Fora Becker! Fora reitoria e sua corja de corruptos!
    Ainda bem que perdeu a sua pilantropia!

    Governos, sendo eles, municipais (Jairo Jorge), Estadual (Yeda Cruzes), e Federal (Lula)!
    Nós, o povo! Exigimos uma solução!
    Que este dinheiro que a Ulbra deve para a união, seja priorizado para o pagamento dos funcionários e para o bom funcionamento da instiuição!

  • Jul  On abril 14, 2009 at pm:48 pm

    A ULBRA realmente é grande no tamanho vc quer dizer, a de canoas onde eu estudo então nem se fala como é grande. Mas tamanho não é documento, estamos comprovando isso agora, com alunos que pagam suas mensalidades em dia e não sabem o que vai ser dessa universidade, se vão jogar tudo o que foi pago no lixo ou não.
    Por que não temos professores e nem funcionários, que não receberam seus salários, será que eu como aluno se não pagasse um mês ou dois de mensalidade eu poderia frequentar a aula fazer as provas e tudo que tenho direito ou seria banida da faculdade???????

  • Mirian Cristiane  On abril 14, 2009 at pm:19 pm

    Eu faço Comunicação social na ulbra.

    Pessoal, isso vai passar. É so uma questão de organização. Outra coisa, muitas informações que jogam na midia, nao são verdadeiras. Sou a favor da greve, com certeza até pq precisamos pagar nossas contas, assim como os professores. Sou contra a reitoria também, mais temos que nos lembrar que a ulbra é uma grande universidade e sempre foi

  • Rodrigo Santos  On abril 14, 2009 at pm:45 pm

    DIREITO-MANAUS-AM

    POR FAVOR PAGUEM NOSSOS PROFESSORES JÁ!

  • Adriana  On abril 14, 2009 at pm:43 pm

    Sou aluna do Curso de Direito Manaus-Amazonas, e aqui a situação está bem complicada.
    Ainda não tem GREVE dos professores, mais não demorará muito para que isto aconteça.
    Eu torço para que tudo se resolva em breve.

  • Henrique  On abril 14, 2009 at pm:32 pm

    Sou aluno, e a greve ainda continua, sendo que hoje 14 de abril ocorreu aki na minha cidade Porto Alegre, apareceu na televisão umonte³³ de professores e os troço lá da ulbra Saúde fazendo greve e escrito em cartazes “Fora Becker” . se pá eu até vo troca de escola.. vo espera mais uma semana.. pq se essa greve se perdurar por um longo prazo Todos os alunos vão se ferra.. Os professores nao vao recebe, e os alunos vao se fude pq vão roda. aí vai tem q faze o ano de novo.. eh melhor dá um geito nisso, pq vão acabar saindo alunos, a escola vai se conhecida como uma PESSIMA escola e ngm vai quere estuda lá não.. Olho vivo aê Ulbra :]
    bejomeliga ;*

  • Alexsander  On abril 14, 2009 at am:59 am

    Quero saber porque a ULBRA não atende as ligações de alunos para informações. Alguém sabe

  • Jul  On abril 14, 2009 at am:01 am

    Ao colega Sandro que se refere aos que são contrarios a greve”é por que querem comprar um DIPLOMA” eu acho que os comentários aqui escritos não se referem a comprar um diploma, e o caro colega não deve ser tão deficiente mental quando se compra um diploma não necessitamos assistir aulas, tem vários lugares que vendem diplomas, se vc esta comprando um diploma vai se preocupar em assistir aulas, e aqui todos estão preocupados em assistir as aulas, acho que deve ser para aprender Sandro?
    Eu no meu caso meus pais não tem um pé de dinheiro em casa, eu dou muito valor a cada centavo que é pago a essa “INSTITUIÇÃO” mais eu pago para sair de lá um ótimo profissional ou ao menos perto disso, sem aulas acho pouco provavel.
    Se fosse apenas pelo diploma não estaria me preocupando com as aulas, com a qualidade do ensino não iria fazer diferença se fosse de boa ou má qualidade, isso não é falta de personalidade pois essa se forma ao longo de sua vida inclusive com seus estudos, que é o que os alunos desta decadente instituição querem, ESTUDAR.

  • Jul  On abril 14, 2009 at am:34 am

    É deprimimente ver toda essa bagunça que se fornou a ULBRA para quem pensa em entrar nessa faculdade e que sonha em fazer um curso, tire isso da cabeça faça qualquer faculdade menos essa, que a ULBRA já foi já era.
    Eu fico me perguntando por que os professores retornaram esse ano mesmo sem ter recebido salário, há por que tinham acordo eles tinham que exigir que a ULBRA pagasse todos os salários atrasados para retornar a dar aula.
    Eu sei que quem trabalha quer receber e quem paga por ensino quer aula, eu como aluno quero aula e dá melhor qualidade, pois ultimamente os professores estavam estressados e sem motivação para dar aulas.
    Acho que se essa greve se prolongar por muito tempo os alunos tbm devem tomar uma atitude pedir transferência, sair do curso qualquer coisa, parar de pagar, eu sei que é difícil, perder o que ja pagou eu sei eu paguei tbm o que não podemos é ficar pagando mais tempo ainda por algo que não temos ou seja as aulas, mas a ULBRA HOJE EM DIA É SINAL DE DECADÊNCIA me dói no coração escrever isso mais é a mais pura verdade, quando se chega ao ponto de não ter papel higiênico no banheiro do que podemos chamar isso

  • fiel  On abril 13, 2009 at pm:14 pm

    Caros alunos e professores a crise náo é culpa de ninguém além do REI TOR e sua cúpula por açáo e do grupo luterano que supostamente supervisiona as decisóes da reitoria por omissáo.

    Estudantes e professores unidos podem afastar o REI TOR e sua cúpula e pergunta ao grupo luterano e seus pastores onde fica a ÉTICA LUTERA?

  • funcionário campus canoas  On abril 13, 2009 at pm:06 pm

    o reitor não esta nos EUA esta bem próximo de nós.
    Segundo as noticias do Bom dia Ulbra de Canoas e mail enviado para todos usuários, ele é mais nova parte integrante da Prefeitura de Canoas ao lado de muitos gestores da Ulbra. Sabe que o Jairo Jorge era pró reitor da ulbra e quem sabe pode dar uma mãozinha para ulbra ou quem sabe acolher o reitor para acabar de afundar Canoas, começou pela Ulbra imagina o reitor na Prefeitura agora.

  • lilian  On abril 13, 2009 at pm:12 pm

    NINGUÉM RECONHECE ESSA UNIVERSIDADE, E AGORA? O QUE RESTOU A ELA E AOS ALUNOS?

  • Rose  On abril 13, 2009 at pm:36 pm

    É A UNICA UNIVERSIDADE QUE INVENTA CURSOS E MAIS CURSOS, E TAMBÉM A ÚNICA QUE FAZ VESTIBULAR PARA MEDICINA 2 VEZES AO ANO. É QUERER SE APARECER MESMO…DEU NO QUE DEU…NEM A UFRGS E A CATÓLICA QUE PODEM NÃO FAZEM.

  • Rose  On abril 13, 2009 at pm:32 pm

    ME ARREPENDO MUITO DE NÃO TER ESTUDADO MAIS PARA ESTAR NA UFRGS. SOMENTE ME RESTOU ISSO, E AINDA COM DIREITO A PARALIZAÇÃO. ENFIM UMA UNVERSIDADE SEM CONCEITO EM LUGAR ALGUM E AINDA COM ROUBALHEIRA A REVIRIA. QUE TRISTEZA ESTAR NESSA INSTTUIÇÃO. MAS JÁ ESTOU PEDINDO TRANSFERÊNCIA PARA A PUC. SÓ FALTA NÃO ACEITAREM O QUE É BEM PROVÁVEL. DEVEMOS EDUCAR NOSSOS FILHOS A ESTUDAREM PARA PASSAR EM QUALQUER OUTRA UNIVERSIDADE E JAMAIS SE INSCREVEREM NESSE LIXO DE UNIVERSIDADE.

  • Leonardo  On abril 13, 2009 at pm:38 pm

    Alguem sabes me dizer se são todas as unidades da ulbra que entraram em greve?

  • Anônimo  On abril 13, 2009 at pm:45 pm

    gostaria de saber como nós, alunos, ficamos? quando voltaremos as aulas? E para recuparmos?

  • Gabriela  On abril 13, 2009 at pm:49 pm

    Gostaria de saber se vai ocorrer o vestibular de inverno para medicina.

  • Augusta Cheuiche  On abril 13, 2009 at am:07 am

    Gostaria de deixar escrito aqui que não culpamos o nosso diretor do campus ULBRA Cachoeira do Sul, que está correndo sempre para poder contornar essa vergonha da ulbra de canoas. Para mim foi uma decepção isso ter acontecido com uma faculdade de porte enorme e com um nome forte!!!! Minhas 2 irmãs se formaram lá, meu irmao esta para se formar também e eu daqui uns anos. Espero que dê tempo de me formar para nao cair a ulbra definitiva. Sou vice presidente do dce de psicologia e como aluna e humana também, apoio essa greve, acho que o respeito com todos os funcionarios e professores TEM LIMITE. quem nao tem limite é esse reitor de canoas que nao se tocou ainda mas o lugar dele nao é mais lá, e sim ver o sol QUADRADO. Queeee será dificil eu acho…
    Sobre os professores, nossos professores estão dando suas aulas normalmente, com vontade, que as vezes até esquecemos que está essa guerra toda fora das nossas salas de aulas. Acho que todos vestiram a camisa da ulbra (que sinceramente estao de parabens) porque muitos tiveram que viajar para dar aulas em outros campus pagando hoteis e gasosa com seu dinheiro, muitos venderam seus carros para poder comer!!!!!!!!! Os funcionarios estão de parabens também, estão lá limpando a ulbra para deixar tudo bem limpo e cheroso para nós podermos estar nas salar de aulas, para nós podermos ir ao banheiro e estar tudo nos trinkes. Sempre com sorrisos e cumprimentos pelos corredores.
    Acho que todos deveriam paarar de pagar suas mensalidades, como greve de pagamento também. SE paralisa tudo, nós podemos paralisar os nossos pagamentos também. Se é para avacalhar com oestao fazendo, acho q se a gente avacalhar também nao seria uma má ideia. Mas alguns cabeças grandes dizem que essa nao seria uma grande revolução porque nos prejudicariam com as MULTAS que óbvio iriam pintar no nosso boleto!! Com certeze iriamos para o SPC rapidinho. MAs os alunos estão progrmando uma passiata hj as 18 horas pelo centro da cidade para mostrar o nosso apoio. Mas esperamos que essa vergonha toda nao passe de amanha, por que nao quero entrar julho a dentro com aula!!!! Nem me prejudicar.
    Atenciosamente
    Augusta

  • Carla Otto  On abril 13, 2009 at am:54 am

    Sou aluna do campus/Canoas,do curso de enfermagem,temos excelentes professores com alta qualidade de ensino,hoje eles comprovam q são herois, pois salarios atrasados, tendo q sustentar suas familias não é facil, é uma situação muito complexa,é muito triste olharmos está situação, isto tem cara de palhaçada,é uma falta de respeito com todos,professores e os demais funcionarios,e concerteza com nos alunos que pagamos nossas mensalidades em dia,mas sabemos q não é justo trabalhar meses sem receber,é justo lutar pelos direitos,VAMOS VESTIR A CAMISA E MUDARMOS ESTA SITUAÇÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Direto dos EUA  On abril 12, 2009 at pm:11 pm

    Vejam isto Turma:
    But where were their graduates to get a good Christian secondary education? Several Lutheran academies soon followed, thanks to Pastor Becker’s vision, and, finally, a college, oddly named Faculdades Canoenses, the Canoas Faculties. But that name was soon changed to ULBRA. In 1979, 1,717 students attended. By 1990, the number grew to 5,500. By 2000, ULBRA had become the fourth largest university in Brazil, and today the student population numbers more than 140,000, including the satellite campuses across all parts of Brazil. This mega-university offers no less than 81 undergraduate and graduate programs. ULBRA’s medical and dental schools are among the finest in the nation, with four hospitals on its campuses. Nor should we overlook the elementary and secondary schools that led to all this: There are 17. The statistics, in so short a time, tend to boggle
    the mind.
    Ruben Becker himself, however, is anything but a lofty academic potentate. He is extremely approachable and a delightful conversationalist. His wife and daughter serve as receptionists at his office in ULBRA’s administrative headquarters, where he keeps a picture of the original schoolhouse in Canoas that started it all. Nor does his vision end with ULBRA. The Rector has even greater plans for the university, and envisions future outreach via the broadcast media involving satellite transmission of the Gospel in Portuguese, which, he points out, is the fifth most widely spoken language on earth.

    Apreciem com Moderação! Tomara que a coisa se recompnha. Abs.

  • Valéria  On abril 12, 2009 at pm:50 pm

    Sou aluna do Curso de Direito de Gravataí, gostaria de salientar que a minha faculdade não é lixo e conta com professores da mais alta qualidade, que com certeza merecem, como todo trabalhador receber o seu sálario em dia e poder pagar as suas contas. Com certeza as diversas críticas (algumas somente para aparecer) não vieram de alunos que dividem suas aulas com funcionários da própria faculdade (como colegas), por certo não sabem o que estão passando, é fácil fazer críticas quando o problema é dos outros. Em tempos de crise, quando só temos a greve como solução infelizmente algumas pessoas, que não merecem, sofrem com o reflexo desta greve.

  • Jose  On abril 12, 2009 at pm:06 pm

    Voces sabem que o reitor esta nos USA e nao volta mais, deu calote em todos

  • Rafael Lima  On abril 12, 2009 at pm:11 pm

    Grande Sandro, pena que hoje não temos mais formadores de opnião e sim copiadores da mesma. Suas palavras só tem interesses políticos, apenas. Palavras de um esquerdista, neo-anarquico com 18 e poucos anos. Sabe o que é realmente triste? É meu pai se matar de trabalhar pra pagar 5 mil reais por mês, pra realizar meu sonho que é ser médico e ajudar o próximo, longe de interesses ideológicos ou frases pré-prontas pra impressionar quem esta lendo esta matéria. Nunca julguei a qualidade de ensino e infra-estrutura da Ulbra, que com a mais absoluta certeza está entra as melhores do Brasil. Mas torno a dizer, me entriste ver pessoas como você fazendo valher todo suor do meu pai a nada.
    Sou solícito as funcionários que estão sem receber, mas também sou a todos que estão pagando e saindo prejudicados por conta de uma má administração. Paralelo ao direito trabalhista, não se esqueçam do direito do consumidor, pagar e não receber é crime.

  • aluno  On abril 12, 2009 at pm:27 pm

    ninguem tem previsão de quando irá voltar as aulas?!
    obrigado!

  • anônima ulbra reitoria  On abril 11, 2009 at pm:44 pm

    Salário iria ser depositado na quinta feira Santa 40% e o restante na segunda feira.
    Como ia ser depositado na quinta se é feriado desde quinta feira na ulbra.
    Só enrolam a gente, o Martinho Lutero deve estar se remexendo muito na tumba!!!eu me remexo, eu me remexo eu me remexo muito….Filme Mandapagar

  • treze  On abril 11, 2009 at pm:15 pm

    Desde que os atrazos começaram o ano passado, a qualdade das aulas tem decaído muito.

    Como formando me preocupo com a qualidade dos futuros profissionais que vão sair dessa possilga.

  • Cristiano Borges  On abril 11, 2009 at pm:31 pm

    Sou aluno de administracao da Ulbra Gravatai, acho que quem escreveu que as aulas sao muito mal dadas devem, ao inves de comentar, pedir transferencia para outra instituicao. Pelo menos no curso de administracao as aulas sao nota 10, quanto a crise, tenho certeza que a troca da administracao eh o melhor caminho e nao culpo os professores, pois acho que quem nao recebe nao deve trabalhar. Esperemos que a situacao se resolva o mais rapido possivel

  • bibi  On abril 10, 2009 at pm:50 pm

    Éuma palhaçada mesmo ! vcs gostariam de trabalhar o mÊs todo e no final não receber nada ? eu não !! um ou dois meses tudo bem ….agora isso vem desde o ano passado ! esses professores e func. tem familias como nós e não podem ficar assim !!!!!
    qual a motivação deles para darem aulas ???
    as aulas estão fracas como a universidade !
    pagamos muito alto para termos um ensino de qualidade !
    e trocar de universidade faz a gente perder cadeiras e dinheiro !
    OS ALUNOS SÃO OS MAIORES PREJUDICADOS !
    FALTA DE RESPEITO !

  • adeus ulbra  On abril 10, 2009 at am:48 am

    Depois dessa não kquero nem voltar a estudar nessa porcaria, a ulbra j tinha fama né de pior faculdade [não concordo pq existem otimos profissionais lá nos auxiliando] mas a direção é lixo, faculdade horrivel sim que pesa contra em nossos curriculos.

  • Noé Gomes  On abril 9, 2009 at pm:13 pm

    Na verdade as duas pontas do processo acabam levando o pior: de um lado os professores e do outro nós alunos! Pergunto só uma coisa: será que alguém gosta de trabalhar e não receber? Claro que não! E por isso eu como discente apoio a paralisação, mesmo que ela me prejudique. Mas sinceramente, dá vontade de não pagar as mensalidades, não pelos professores, mas por estes senhores que estão sucatiando a ULBRA!!!

  • rafael  On abril 9, 2009 at am:37 am

    Por causa dessa greve eu perdi a guria que eu amo!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Anônimo  On abril 9, 2009 at am:57 am

    AOS PREOCUPADOS: DIRIGENTES DA COMUNIDADE LUTERANA MUNDIAL ESTIVERAM NO BRASIL POR OCASIÃO DA FUNDAÇÃO DA ULBRA. NA ÉPOCA, PELO QUE PRESENCIARAM, QUISERAM RETIRAR A VINCULAÇÃO DO NOME “LUTERANA” DA MARCA, PORÉM ,LEGALMENTE, JÁ ERA TARDE. A INSTITUIÇÃO ESTÁ PRA LÁ DE FALIDA E NÃO HÁ CHANCE DE RECUPERAÇÃO DO PONTO DE VISTA ADMINISTRATIVO, ESQUEÇAM. A ÚNICA SAÍDA É, ACREDITEM, DEIXAR O BARCO NAUFRAGAR TOTALMENTE PARA HAVER INTERVENÇÃO. À PESSOA QUE DIZ PAGAR 5000 DE MENSALIDADE NA MEDICINA: VC ESTÁ GASTANDO 72000 POR ANO COM MENSALIDADES, MAIS O QUE GASTA COM MATERIAL, DIGAMOS 80 MIL POR ANO, O QUE MULTIPLICADO POR 6 ANOS DA UM TOTAL DE 480 MIL REAIS. O SALÁRIO MÉDIO DA CLASSE MÉDICA NO RS É DE 2500 REAIS. VC VAI TRABALHAR 192 MESES (16 ANOS) PARA RECUPERAR ESTE “INVESTIMENTO”(?-GASTO!). TENHO DUAS SUGESTÔES PARA VC: GASTE 5% DESTE VALOR TODO COM UM EXCELENTE CURSINHO E PROFESSORES PARTICULARES POR UM ANO E SEJA APROVADA NUMA FEDERAL (DE QQUER LUGAR DO PAÍS, PQ SE VC PODE PAGAR 5000 DE FACULDADE, PODE PAGAR ALUGUEL EM QQQUER PARTE DO PAÍS) OU ENTÃO: COM ESTE VALOR (SURPRESA!) VC PODE ESTUDAR MEDICINA EM QUASE TODAS FACULDADES AMERICANAS E/OU EUROPÉIAS!! O QUE É IMPORTANTE SABER É: FACULDADE DE MEDICINA PARTICULAR? PÉSSIMO NEGÓCIO, DINHEIRO DISPERDIÇADO QUE NUNCA MAIS SERÁ RECUPERADO!! BOA SORTE

  • Lisiane Lazarotti  On abril 9, 2009 at am:29 am

    VAMOS LÁ REITORIA…. DINHEIRO NA CONTA DOS FUNCIONÁRIOS JÁ!!!

  • Lisiane Lazarotti  On abril 9, 2009 at am:28 am

    Estou na ULBRA fazendo minha faculdade de Sistemas de Informação à 8 anos e não concordo com o colega que acha a faculdade um LIXO. Não conheço o ensino da PUCRS, mas existem na ULBRA vários profissionais muito bem conceituados que já deram aula pra mim. Doutores, Mestrandos, enfim pessoas habilitadas pra estarem onde estão. Não sei o curso que o colega Felipe faz, mas o meu não é lixo.
    Estou totalmente a favor da greve, pois trabalhar e não receber, tendo contas de luz, água e etc, mais uma família pra sustentar não é fácil. Quem trabalha tem que receber, é direito constitucional. Parabéns professores!!! Estou com vcs para o que der e vier…

  • Juliana Santos  On abril 8, 2009 at pm:17 pm

    REITOR LADRAO!!!!!!!!!!!! PRISAO EH SOLUCAO!!!!!!!!!

  • Felipe Materazzo  On abril 8, 2009 at pm:20 pm

    Que chinelagem. Graças a deus a 2 anos atras entrei pra PUCRS, não me arrependo. Lixo de faculdade essa ulbra.

  • Cícero  On abril 8, 2009 at pm:53 pm

    Gostaria de ter uma posição da Comunidade Luterana, uma vez que, é o nome Ulbra que está sendo desmoralizado com a atual administração. A Ulbra é Luterana ou do Reitor?

  •  On abril 8, 2009 at pm:27 pm

    Realmente os professores foram ‘obrigados’ a fazer essa paralização porque do jeito que tava não dava mais. Acho ruim sim essa situação, onde ficaremos sei lá quanto tempo sem nossas aulas, atrasando nosso semestre.Mas tudo isso aumenta mais a ‘fama horrivel’ que a ulbra tem e enfraquece o ingresso de novos acadêmico, até mesmo perdendo os alunos ja existentes.É muito chato u.u

  • Ana  On abril 8, 2009 at pm:01 pm

    Acredito que devido ao atual momento da universidade uma greve é necessária, e talvez seja a única maneira de se fazer ouvir frente as autoridades nacionais; entretanto não posso deixar de me colocar em lugar de alunos, que muitas vezes, com grandes dificuldades, pagam suas mensalidades em troca de conhecimento e ensino. Como aluna apoio a greve de meus professores, mas também me sensibilizo com o sacríficio de meus pais para custear meus estudos. todos que até a universidade chegam, esperam em algum momento por um diploma, afinal este é o objetivo de cursar uma universidade! É muito fácil apoiar este ou aquele movimento, quando não estamos mais envolvidos diretamente, no processo…portanto Sandro não generalize seus comentários..defina e dirija seu discurso com o descaso nacional que as autoridades responsáveis estão tendo com este comportamento da reitoria frente a comunidade discente da Ulbra.
    Aos professores…bom senso para analisar os objetivos da crise e o papael de vossos alunos! Começo a apoiar a intervenção federal!

  • Sandro de Oliveira  On abril 8, 2009 at pm:38 pm

    A universidade e seus professores não podem fazer milagres, quando os comentários nem sequer passam por uma correção ortográfica. Vergonha é criticar e não buscar por sí mesmo melhorar, no mínimo a escrita, coisa que se aprende no ensino fundamental.
    Volto a dizer que a maioria dos que criticam a greve só estão interessados em comprar um diploma. Posso afirmar isso pois conviví com vários.

    Ex aluno indignado com o descaso com os professores da ULBRA e todos os seus funcionários.

    GREVE JÀ, antes que uma INTERVENÇÃO FEDERAL ocorra!!!

  • Sandro de Oliveira  On abril 8, 2009 at pm:33 pm

    Não concordo com alguns alunos que falam que pagam e por isso querem aula. Ou que ainda falam de aulas mal ministradas. Isso é comentário de gente sem personalidade. O rendimento das aulas deve ser questionado quando o aluno se encontra em sala de aula. Mas, parece que estes só querem comprar um diploma. O que se questiona, e muito bem, é a falta de respeito e diálogo com os funcionários da ULBRA. Esse descaso é uma atitude repugnante que vai contra todos os direitos dos trabalhadores. A escravidão já terminou há 120 anos. Todavia, duvido que os alunos que criticam a GREVE, este ato de DEMOCRACIA, ficariam um dia sem receberem seus proventos.
    Professores da ULBRA contem comigo!!!!
    Que a reitoria seja destituida e que as autoridades deste país façam algo realmente positivo em prol da sociedade e da EDUCAÇÃO.
    “Enquanto a EDUCAÇÃO for tratada como lixo ou por interesses econômicos de uma massa de corruptos, a nossa sociedade continuará “CEGA” diantes da podridão que cerca vários setores do nosso país”.

    Aqui está a mensagem com suas devidas correções, algo que também aprendí com os meus excelentes professores da ULBRA.

  • Sandro de Oliveira  On abril 8, 2009 at pm:29 pm

    Não concordo com alguns alunos que falam que pagam e por isso querem aula. Ou que ainda falam de aulas mal ministradas. Isso é comentário de gente sem personalidade. O rendimento das aulas deve ser questionado quando o aluno se encontra em aula. Mas, parece que estes só querem comprar um diploma. O que se questiona e muito bem, é a falta de respeito e diálogo com os funcionários da ULBRA. Esse descaso é uma atitude repugnante que vai contra todos os direitos dos trabalhadores. A escravidão já terminou há 120 anos. Todavia, duvido que os alunos que criticam a GREVE, este ato de DEMOCRACIA, ficariam um dia sem receberem seus proventos.
    Professores da ULBRA contem comigo!!!!
    Que a reitoria seja destituida e que as autoridades deste país realmente façam algo realmente positivo em prol da sociedade e da EDUCAÇÃO deste país.
    “Enquanto a a EDUCAÇÃO for tratado como lixo e interesses econômicos de uma massa de corrupção a nossa sociedade continuará “CEGA” diantes da podridão que cerca vários setores do nosso país”.

  • aluna canoas  On abril 8, 2009 at pm:16 pm

    a ulbra sempre pedindo para agente comprar material, é a mensalidade altíssima..sem noção…UMA VERGONHA DIZER NESSE MOMENTO QUE SOU ALUNA NA ULBRA…

  • ALUNA  On abril 8, 2009 at am:23 am

    PAGO 5 MIL POR MÊS NA MEDICINA PARA TER EM TROCA GREVE. QUE BELA PALHAÇADA ULBRA!

  • Lozico  On fevereiro 28, 2009 at am:05 am

    É de suma importância que os salários de funcionários e professores sejam pagos. A continuidade de qualquer problema irá se agravar, caso esses colaboradores não tenham garantia de subsistência. A Lei deve ser aplicada, pois salários possuem critérios privilegiados que não estão sendo observados. Não pode ser ignorada tamanha desumanidade contra pessoas que estão dependentes do fruto honesto de seu trabalho. É necessário que sejam separadas as prioridades. Os professores e demais funcionários não podem passar privações em razão de situações que não foram eles que criaram. Dada a amplitude e o grande significado da ULBRA para toda a comunidade de Ji-Paraná e região é fundamental, para que haja esperança em direção a soluções, que imediatamente, sejam pagos os salários de seus servidores. Essa é a atitude correta para que, satisfeitas as necessidades humanas desses colaboradores, haja o verdadeiro e necessário espírito de colaboração de todos e da própria comunidade. Não é uma filosofia sadia, nem cristã, nem humana que deixem de ser pagos o que é devido àqueles que possibilitam a existência da própria Instituição. Será inóqua e sem sentido qualquer providência que não respeite o direito fundamental dos professores e demais trabalhadores. Eles significam o grande apôio no momento da crise. Que Deus ajude a ULBRA.

  • Lozico  On fevereiro 28, 2009 at am:00 am

    É de suma importância que os salários de funcionários e professores sejam pagos. A continuidade de qualquer problema irá se agravar, caso esses colaboradores não tenham garantia de subsistência. A Lei deve ser aplicada, pois salários possuem critérios privilegiados que não estão sendo observados. Não pode ser ignorada tamanha desumanidade contra pessoas que estão dependentes do fruto honesto de seu trabalho. É necessário que sejam separadas as prioridades. Os professores e demais funcionários não podem passar privações em razão de situações que não foram eles que criaram. Dada a amplitude e o grande significado da ULBRA para toda a comunidade de Ji-Paraná e região é fundamental, para que haja esperança em direção a soluções, que imediatamente, sejam pagos os salários de seus servidores. Essa é a atitude correta para que, satisfeitas as necessidades humanas desses colaboradores, haja o verdadeiro e necessário espírito de colaboração de todos e da própria comunidade. Não é uma filosofia sadia, nem cristã, nem humana que deixem de ser pagos o que é devido àqueles que possibilitam a existência da própria Instituição. Será inóqua e sem sentido qualquer providência que não respeite o direito fundamental dos professores e demais trabalhadores. Eles significam o frande apôio no momento da crise. Que Deus ajude a ULBRA.

  • Direito/ULBRA/Ji-Paraná  On janeiro 26, 2009 at pm:29 pm

    Aqui em Ji-Paraná nao sabemos o que está acontecendo,quando vamos fazer a rematricula,para os funcionarios da administração esta tudo bem,pq é a ordem que eles tem pra falar para nós alunos,agora ja ouvi boatos de que os professores estao só esperando pra quando iniciar as aulas p/ poderem iniciar uma greve.
    Falta de respeito isso,pq pagamos a ULBRA em dias.

  • AA  On dezembro 5, 2008 at pm:13 pm

    É UMA VERGONHA! NEM PAPEL HIGIÊNICO TEM NOS BANHEIROS E AS MENSALIDADES CONTINUAM O MESMO VALOR, CARÍSSIMAS. CONCORDO COM A COLEGA QUE DIZ QUE A QUALIDADE DO ENSINO DECAIU. QUEM NÃO VÊ QUE OS PROFESSORES ESTÃO DESESTIMULADOS? SÓ UM CEGO OU ALGUÉM QUE NÃO QUER VER!!! O QUE É PIOR…..

  • pasquali  On novembro 22, 2008 at pm:49 pm

    Amigo “gggggg”… Por favor antes de deixar um comentário, aprenda a escrever por favor….. Obrigada.

  • gggggg  On novembro 18, 2008 at pm:39 pm

    par ter um bom emprego no futuro…chega de greve ulbra volta a dar aulas

  • gggggg  On novembro 18, 2008 at pm:37 pm

    nós alunos estamos pagando por isso,porque pagamos fizemos tudo certinho e não estamos estudandopar ter um bom emrego no futura…chega de greve ulbra volta adar aulas????

  • Efraim Caetano  On novembro 18, 2008 at pm:46 pm

    Aqui na universidade da Ulbra em Ji-Paraná – RO, as aulas continuam sendo ministradas normalmente e de excelente qualidade. sou acadêmico, sei da crise, mas os profissionais que aqui tabalham paressem ter amor em ensinar e compreendem o momento em que a instituição passa.

  • Luana  On novembro 18, 2008 at am:41 am

    Sou futura aluna da ulbra, talvez nao, unica faculdade da regiao a oferecer o curso que venho querer fazer, mas desse jeito fica difícil!!!

  • Cristiane  On novembro 18, 2008 at am:47 am

    Nós do HU estamos muito decepcionados, sempre tivemos orgulho de trabalhar aqui e hoje em dia temos que lidar com este descaso da parte dos superiores que não nos dão nenhuma previsão, nem de salário e nem de vale transporte, muitos trabalham com o dinheiro contado para o mês, e aí como fica? Temos que ter muitoooooooo amor no coração para continuar a pagar para trabalhar.

  • Andréia  On novembro 17, 2008 at pm:46 pm

    Até mesmo em entidades de ensino de nível superior o EDUCADOR É PREJUDICADO, coisas que não se entende no Brasil. Sou aluna da Universidade em Guaíba, minhas mensalidades são pontuais e gostaria de ter o mesmo retorno, assim como o professor que está em sala de aula trabalhando, quer seu salário… Quanto a qualidade de ensino não posso me queixar, pois os professores que ainda estão em sala de aula, continuam com a mesma qualidade de ensino. Espero que essa situação tenha uma solução o mais breve possível.

  • Anônimo  On novembro 17, 2008 at pm:27 pm

    E como fica o salário dos demais funcionários do Hospital Universitário?Até agora o que nos dizem e que não tem previsão!
    Isso é disumano.

  • marcelo  On novembro 17, 2008 at pm:33 pm

    Gostaria de saber se não acontecer um acordo, e os professores em greve não voltarem as aulas, como fica o semestre?sou aluno do curso de história em canoas e todos meus professores estão em greve

  • Sávio  On novembro 17, 2008 at pm:31 pm

    Também discordo do comentário da Srta. Helena, minhas aulas continuam sendo ministradas perfeitamente, inclusive tenho prova hoje…amanha, quarta e quinta…

  • elizabeth dos reis  On novembro 17, 2008 at am:46 am

    Não concordo com o comentário da Helena, em hipótese alguma. As aulas continuam com o seu alto nível. Meu professor de Introdução ao Design – Prof. Walter Amorim – continua dando aulas.

  • Helena  On novembro 17, 2008 at am:09 am

    E enquanto isso nós alunos, que não temos nada a ver com a crise, pagamos nossas mensalidades em dia pra não ter professores para dar aula, ou senão, ter uma aula muito mal dada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: