SP: Polícia Federal fecha 14 rádios clandestinas


A Operação Marconi I, realizada pela Polícia Federal – e que contou com 16 agentes de fiscalização da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) – fechou 14 rádios-pirata em São Paulo na última terça-feira (11).

Foram cumpridos 40 mandados de busca e apreensão na capital paulista e Grande São Paulo. O objetivo da operação, além do fechamento das rádios clandestinas, foi conscientizar a população dos problemas que as transmissões ilegais podem causar a aeronaves, trens e outras emissoras.

Segundo a Agência Brasil, este ano já foram fechadas 220 rádios clandestinas no país, sendo que vinte delas causavam interferência na operação de aeronaves. Os transmissores apreendidos serão submetidos à perícia, e o resto dos equipamentos ficará à disposição da Justiça.

Os responsáveis pelas rádios ilegais poderão responder judicialmente por instalar e utilizar aparelhos e telecomunicação sem a autorização da autoridade competente, além de poderem ser autuados por atentado contra a segurança de transporte aéreo. A pena varia entre 2 e 4 anos de prisão, e a multa pode chegar a R$ 10 mil.

AgBrasil

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: