RS: Ministério Público afasta promotora em NH


O procurador-geral do Ministério Público, Mauro Renner, atendeu a um pedido da Corregedoria-Geral do Ministério Público e afastou ontem, por 30 dias, a promotora Silvia Regina Becker Pinto. Ela atua na 3.ª Promotoria Cível de Novo Hamburgo.

Há mais de um mês, a Corregedoria investiga a conduta profissional e administrativa da promotora. As fases e os processos da investigação não estão sendo divulgados à imprensa, porque estão sob segredo de Justiça. Silvia está sendo investigada por suposta irregularidade na conduta profissional dela com o seu filho Alberto Fernando Becker Pinto, que é advogado.

O afastamento da promotora do Ministério Público é uma medida preventiva. De acordo com o procurador Mauro Renner, é para garantir que não haja interferência no decorrer do processo investigatório e para que se preserve a investigação e a investigada. “A medida é salutar, queremos lisura e transparência total dessa investigação para que ninguém alegue alguma interferência posteriormente”, esclarece Renner. O procurador desconhece situação semelhante na história do Ministério Público, mas alega que também não pesquisou outros casos no Estado.

Férias – A promotora estava em férias na Europa e retornou no final de semana. Conforme o procurador Renner, ontem ela recebeu a intimação para ser interrogada pela Corregedoria e também foi afastada de sua função. Enquanto a situação é investigada, ela continua a receber salário, mas não poderá atuar por 30 dias.

OAB conclui relatório na semana que vem
A Subseção Regional de Novo Hamburgo da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) investiga o comportamento do advogado Alberto Fernando Becker Pinto, filho da promotora, também por suposta irregularidade. A OAB tem o foco na relação do advogado com a mãe e a Corregedoria, na relação da promotora com o filho. Becker disse ontem que não falará sobre o assunto. A investigação deve ser concluída na semana que vem e decidirá se haverá ou não a abertura de um inquérito ético. A OAB começou a investigar Becker antes da Corregedoria, em meados de setembro.

Graziela Dannenhauer/Jornal NH

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

  • Piccoli  On abril 15, 2010 at pm:29 pm

    A bomba, em 1º Eliseu Santos foi emboscado, apenas dissimularam, como a promotora Lucia Callegari recebeu 05 CD´s e mais 65 páginas de transcrições protocoladas com o numero PR.00958.02008/2010-0 dia 13-4-2010, e estas gravações ambientais e via telefone foram feitas com o adv. Marco Bernardes que é o mesmo assassino do caso Eliseu Santos, e que em 2008 tentou crime igual contra mim.
    E agora, veremos se a promotora Lúcia Callegari esta agindo corretamente ou vai fugir das provas e de mim, onde a emboscada de 2008 envolveu o delegado Juliano Brasil do DEIC e 04 promotores e uma é a 1ª promotora do MP Sonia Eleni Correa Mensch qual o Del Juliano é ex- estagiário dela, e envolve alguns de grosso calibre do MP Estadual, é ruim ou querem mais, detalhe tudo confessado pelo advogado lacaio.
    Em memória, em 08-02-2008 eu denunciei o Del Juliano ao Ranulfo do DEIC com a cópia do flagrante gravado contra o Juliano dentro do Palácio da Polícia reunido com quem não devia, e se vocês procurarem acharam que o Del Juliano Brasil que ostentava o titulo de “1º Delegado Titular da Delegacia de Homicídios do DEIC” em:
    http://www.pc.rs.gov.br/i_noticia.php?cod_noticia=1299

    Seja, o 1ºDel/DH//DEIC perdeu o cargo em março de 2008 quando Ranulfo dissimulou a troca de delegados e colocou o Bolívar Lantada e Rodrigo Bozzeto no lugar de Juliano no DEIC, exato Juliano perdeu o cargo de topo dos delegados do Estado e foi remetido para a sede do DEIC com seus 04 asseclas incriminados, e só se alguém for tolo, Juliano é o delegado que, Ranulfo dissimulou com a rapidez que o inquérito de Eliseu Santos correu ao fosso, e porque a simulação “entre tapas e beijos” do MP e DEIC, ora a ordem da morte de Eliseu veio de cima do MP, já esqueceram porque Marcelo Cavalcante foi a Brasília se afogar.
    E se a Zero Hora fornecer a cópia de uma entrevista que a promotora Sonia apareceu falando logo após a morte de Eliseu ela esta descaída, o que não é normal para a 1ª promotora que adora aparecer na TV, mas o que chamou a atenção foi o seu ar sentencioso, lembrando que Sonia e o Del Juliano são acusados de 03 emboscadas contra mim, e duas tentativas de seqüestro e tudo com provas irrefutáveis, e se Eliseu vivo juntasse as suas provas com as minhas que o MP fraudou ter-se-ia o caos público instaurado, disto que Eliseu foi executado.

    Deste modo, se ela Lucia Callegari não chamar a mim para depor esta fraudando o inquérito, exato ele esta procurando provas em “narizes alheios” quando as provas e os mandantes estão dentro do MP, e se ele não me chamar, prova que ela esta usando de provas ilícitas e fraudando o inquérito para encobrir os verdadeiros mandantes, que são peixes maiores do que pirarucu….assim poderiam cair em cima dela e perguntar o que ela vai fazer, porque ela não responde os e-mails que eu lhe envio…o e-mail da Dra Lucia Callegari é pvjpoa@mp.rs.gov.br, e para verem as provas site http://www.terrorismodeestado.net no titulo – As 19 representações que o MP RS encobre, no processo 09 página 05 esta a assinatura deste advogado lacaio comigo e todos os passos da trama do meu assassinato, seja da mesma forma que dissimularam a morte de Eliseu seria a minha…………e os motivos da morte de Eliseu estão nas provas e na existência do próprio site…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: