Menina é morta a pedradas após sofrer estupro


Uma menina de 13 anos foi apedrejada até a morte por adultério na Somália depois que seu pai disse que ela foi estuprada por três homens. Segundo a organização de defesa dos direitos humanos, Anistia Internacional, Aisha Ibrahim Duhulow foi morta no dia 27 de outubro por um grupo de 50 homens em um estádio na cidade portuária de Kismayo, no sul do país, diante de mil espectadores.

A menina foi acusada de violar leis islâmicas e detida pela milícia al-Shabab (foto), que controla a cidade.

“Dentro do estádio, membros da milícia abriram fogo quando algumas das testemunhas tentaram salvar a vida de Duhulow, e mataram a tiros um menino que estava observando tudo”, disse nota no website da Anistia Internacional.

Segundo a organização, há notícia de que depois um porta-voz da al-Shabab pediu desculpas pela morte da criança, e disse que um miliciano seria punido.

Jornalistas somalianos haviam noticiado que Duhulow tinha 23 anos de idade, julgando pela sua aparência física. A verdadeira idade dela só veio à tona quando seu pai disse se tratar de uma criança.

Duhulow lutou contra quem a detinha, e foi levada à força para dentro do estádio.

A Anistia Internacional disse que foi informada por várias testemunhas que, em dado momento durante o apedrejamento, enfermeiras receberam instruções para verificar se Aisha Ibrahim Duhulow ainda estava viva.
Ao constatarem que sim, a menina foi recolocada em um buraco no chão (foto) onde tinha sido coberta de pedras, para que o apedrejamento continuasse até sua morte.

Segundo a Anistia, nenhum dos homens que estupraram a menina foi preso.

A Anistia Internacional vem realizando uma campanha para pôr fim à prática de punição por apedrejamento. “A morte de Aisha Ibrahim Duhulow demonstra a crueldade e a discriminação inerente contra mulheres nesta punição”, disse nota no website da organização.

Leia mais sobre: apedrejamento

BBC/Anistia Internacional

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

  • Alailton Dias  On janeiro 12, 2012 at am:49 am

    Isso não so absurdo e sim tirania a ONO e os governante do tem que se unir pra parar com essas pratica tirana mais os povos de todas as nações tem que chamar pra se e se responsabilisar precionando os presidentes pra que podermos parar esses assacinos de plantão chega para com ginocida das mulheres e crianças

  • Luana Diderot  On fevereiro 10, 2011 at am:39 am

    Posso colocar o artigo no livro que estou finalizando para publicação?

  • marcos paulo  On outubro 9, 2010 at pm:51 pm

    ……………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………???

  • zé manel  On julho 23, 2010 at pm:08 pm

    Só faço um pequeno pedido ás grandes patentes mundiais; ponham as mãos nas suas cabeças e pensem se fosse um dos seus filhos???!!!!! Agora para aqueles que são contra as gerras assim como eu sou; esta gente ou seja ANIMAIS não era de acabar com eles da face da terra de uma vez??!!!?????????

  • Sandro  On agosto 17, 2009 at pm:53 pm

    Embora eu não acredite em ceu ou inferno, desejo que todos eles vão para o inferno, menos a menina, cujo destino é o ceu. E que todos os demônios que habitam os vales de fogo devorem suas entranhas e depois que eles renasçam a cada novo dia, para que depois voltem a morrer torturados pelos demônios famintos e que assim, seus sofrimentos sejam eternos. Amém

  • bruno  On maio 30, 2009 at pm:45 pm

    Que tal todos os paises se unirem e acabarmos com essas melicias?

    eu lutaria contra eles,imagina só matar uma menina por ela ter sido estuprada…
    depois que um desses malandros vem para nossos paises e nao sao recebidos bem,querem questionar neh!COISA DE MALUCO

  • Aline  On novembro 8, 2008 at am:58 am

    Relativismo cultural deve ter seus limites.
    De alguma forma, somos culpados por assistirmos a isso calados. Apenas comentamos essas notícias. Nos assustamos. Nos compadecemos das vítimas e nossas vidinhas voltam ao normal no dia seguinte… =/

  • roberta karine  On novembro 5, 2008 at am:12 am

    cade os direitos humanos para punir a quem realmente merece, esses bando de lunaticos se escondem atras de uma religiao para fazerem a vontade do deus satanico deles, quando um preso criminoso, que matou alguem, apanha dentro da cadeia os direitos humanos correm para salva-lo coitado! é realmente bestial!!!

  • Ana Pinto  On novembro 4, 2008 at pm:42 pm

    Estamos em que seculo?????????por favor deviam ser castigados e mortos como ela………acaba se logo essas leis……….

  • nusk  On novembro 4, 2008 at am:27 am

    incrível que a religião muçulmana permita uma coisa destas, não acredito que essa fosse a vontade de Alá.

  • Marta Veiga  On novembro 3, 2008 at pm:24 pm

    Que absurdo.Esse bando de assassinos selvagens é que deveriam ser mortos apedrejados.Vagabundos.Hipócritas.Nem tenho comentários…só uma grande raiva por essas pessoas imbecis que tem o Diabo no corpo e na mente…
    Beijos
    Marta

    Service Desk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: