Jornal centenário deixa edição impressa e vai para web


O jornal norte-americano The Cristian Science Monitor, publicado ininterruptamente há mais de um século, anunciou nesta quinta-feira (30) que a partir de abril de 2009 deixará de ser impresso e poderá ser lido apenas pela internet. Financiado por uma igreja e enviado pelo correio, The Cristian Science Monitor é conhecido por ter um texto ponderado e uma vigorosa cobertura internacional, informou a Agência Estado.

Segundo o editor John Yemma, a publicação online permitirá que os oito escritórios do jornal situados fora dos Estados Unidos continuem abertos. “Podemos nos permitir e temos hoje a oportunidade de dar um salto que muitos jornais terão de dar nos próximos cinco anos”, afirmou.”Todo mundo está falando de novos modelos. Pois este é um novo modelo”, disse o editor.

Yemma explica que, apesar da maior parte dos recursos do jornal serem de assinaturas, e não de publicidade, o jornal impresso compensa financeiramente para o The Cristian Science Monitor. Enquanto as assinaturas representam cerca de US$ 9 milhões, a propaganda gera cerca de US$ 1 milhão em receita. O jornal espera uma queda na circulação, mas acredita que o lançamento de uma revista de fim de semana atraia os anunciantes.

Lou Ureneck, presidente do departamento de jornalismo da Universidade de Boston, afirmou não saber se essa atitude afetará outros jornais, já que o The Cristian Science Monitor – ganhador de sete prêmios Pulitzer – é uma empresa sem fins lucrativos.

Portal Imprensa

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: