Morre esquecido o empresário da Coroa-Brastel


Morreu na quarta-feira (22) o empresário Assis Paim Cunha, dono da antiga rede de eletrodomésticos Brastel ( “Tudo a preço de Banana!”.  Segundo sua família, ele sofreu um ataque cardíaco em Miguel Pereira, no Centro Sul Fluminense.  Paim Cunha completou 80 anos no dia 12 de outubro. O corpo foi velado na Câmara de Vereadores de Vassouras e enterrado no Cemitério municipal de Vassouras.

Assis Paim ganhou notoriedade com o escândalo Coroa-Brastel. Em 1983, o empresário tinha mais de 200 milhões de dólares com a rede de eletrodomésticos Brastel e a corretora Coroa. Pivô do escândalo, Paim perdeu a fortuna, mas jurava inocência. O empresário, que ergueu um império de US$ 1 bilhão na década de 70, foi à lona depois de comprar uma corretora quebrada à beira da intervenção federal. Paim, que acusava o governo de ter armado contra ele oferecendo vantagens para que comprasse a corretora, perdeu toda sua fortuna, algo em torno de R$ 4 bilhões em valores atualizados. Depois de mais de duas décadas tentando recolher documentos para provar sua inocência, o empresário moveu uma ação contra o governo por perdas e danos morais. Sonhava em ver seu dinheiro de volta e melhorar um pouco de vida.

O escândalo

O caso Coroa-Brastel foi aberto pela Justiça em 1985, quando uma denúncia chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o empresário e contra dois ministros, Delfim Neto (Planejamento) e Ernane Galvêas (Fazenda).

Os ex-ministros eram acusados de desviar irregularmente recursos públicos na liberação de empréstimo da Caixa Econômica Federal ao empresário em 1981.

O empréstimo de, na moeda da época, cruzeiros – Cr$ 2,5 bilhões -, seria utilizado no reforço de capital de giro do grupo e no plano de expansão da Brastel. Segundo a denúncia, o dinheiro teria servido para quitar dívidas junto ao Banco do Brasil e ao Banespa.

O caso foi a julgamento em 94. A denúncia contra Galvêas foi rejeitada. Já a acusação contra Delfim, então deputado pelo PPR-SP, não chegou a ser examinada. A Câmara negou licença ao STF para processá-lo.

Versão de Paim Cunha

Paim Cunha costumava dizer que passou mais de 20 anos tentando limpar o seu nome, apontando para funcionários do governo federal que o teriam obrigado a comprar um corretora em dificuldades, a Laureano, o que teria contribuído para a ruína da sua rede de eletrodomésticos, a  Brastel , e o braco financeiros do grupo, a corretora e o banco de investimentos Coroa.

Na versão de Paim, ele teria sido obrigado a comprar a Laureano, que estava em dificuldades, para ficar livre de limitações impostas ao financiamento de compras a prazo na Brastel, que, então, seria a maior rede de eletrodomésticos do país em volume de vendas. Na época, início dos anos 80, o regime militar já dava sinais de exaustão.

A liquidação do grupo empresarial Coroa-Brastel se prolongou por mais de duas décadas, enquanto Paim passou levar uma vida modesta, primeiro no Rio, e depois em Miguel Pereira.

Ele contava que sobrevivia graças uma pensão da previdência social e a renda do aluguel de três imóveis. Os 34 mil investidores prejudicados na quebra do Coroa-Brastel jamais tiveram seu dinheiro de volta.
G1

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

  • franciscomarques  On junho 30, 2018 at pm:20 pm

    na decada de 80 fui vigilante de seus patrimonio uma casa em frente a auto estrada ascesso a barra sentoido barra da tijuca e um deposito em iraja

  • ANTONIO BRAZ DE ALMEIDA  On junho 9, 2016 at am:38 am

    EU TRABALHEI NA BRASTEL .DE 1980 A 1986. NAS LOJAS DA RAMOS, PENHA, E DUQUE DE CAXIAS. ( NOME DE VENDEDOR ALMEIDA ) E ATÉ HOJE EU NÃO CONHEÇO OUTRA EMPRESA. QUE SEJA IGUAL A ESSA. NUNCA VI UMA EMPRESA QUE DESSE TANTO VALOR AOS FUNCIONÁRIOS QUANTO ESSA. INFELIZMENTE O SENHOR ASSIS PAIN CUNHA. CONFIOU NOS RATOS DE GRAVATAS DA DITADURA. QUE FOI O LANGONE, GOUVEIA, GAUBERI E O CHEFE DOS RATOS. QUE ERA O DELFIN NETO. APESAR DENÃO ESTAR ENTRE NÓS.MAS, EU TIRO O CHAPEL PARA O SENHOR ASSIS PAIN CUNHA.

  • grigorio  On junho 18, 2013 at pm:12 pm

    Vamos aproveitar que o povo acordou para protestar, e vamos pedir que todo político que roubou o País e o povo seja obrigado a devolver o dinheiro corrigido, imediatamente. Caso não tenha o dinheiro seus bens e de seus parentes devem ser penhorado e ir a Leilão o mais rápido possível para ressarcir o povo.
    Estenda isso, aos mensaleiros, mensalinhos, ladrôes do Leite, do remédio, etc etc etc…..

  • AVELINO DO PATROCINIO  On abril 18, 2013 at pm:16 pm

    a coroa brastel, virou banco, então eu enveste, em seus titulo, quero meu dinheiro que entreguei para a coroa brastel, pois o bamco do brasil é responsavel ele que tinha que fiscalizar essa turma de ladrdrois oficializada em paiz democratico meu dinheiro está la pains, e sua corja de ladroies tenho os papeis recibo emtrgue a min por eles[ ao contrario isto é comunismo!!!!!!!!! ???????? RESPONDE ME E ME PAGUEM AVELINOPAT@BR.INTER.NET

  • Antonio Pereira  On março 24, 2013 at pm:13 pm

    Gasolina com Z, Saudades com L… o negócio tá bom…

  • Andre  On novembro 14, 2012 at pm:14 pm

    Se os brasileiros soubessrm o q se passa nas entranhas dessa nacao onde o intestino e brasilia…isso aqui ja teria tido uma guerra civil a muito tempo..continuem letargicos o povo brasileiro enquanto smos os peoes nos tabuleiros dele..

    • Rosalia  On novembro 26, 2012 at pm:34 pm

      Perdi todo o Meu dinheiro .
      Rosalia

  • Altair Flávio Pereira Pereira  On outubro 11, 2012 at pm:29 pm

    Altair Flávio Pereira, fui funcionário das lojas BRASTEL, trabalhei nos depósitos de Acari e na AV. Itaoca em Bonsucesso, trabalhei na empresa no período de 16 de Fevereiro de 1977 até 21 de Outubro de 1983, estou precisando saber o endereço da massa falida para conseguir os documentos exigidos pelo INSS para poder entrar com meu pedido de Aposentadoria, tenho minha carteira de trabalho porém a previdência está exigindo mais informações

  • Jari Braga de Oliveira  On outubro 6, 2012 at pm:12 pm

    A melhor empresa que trabalhei até hoje ( 5 anos), nela conheci minha esposa, lamento a perda deste grande homem que tive o prazer de conhecer numa convenção das lojas Brastel em 1980 no Rio de Janeiro, trabalhei nas lojas de Barra Mansa, Volta Redonda e depois em fui para Guaratinguetá (SP) implantar a parte administrativa.

  • Jose Benedito  On setembro 2, 2012 at am:35 am

    Independente de qualquer coisa, eu trabalhei nas Lojas da Brastel, foi a melhor firma em que trabalhei em toda minha vida, pelo respeito como pelo incentivo que que dava aos funcionários, na minha opinião era um modelo a ser copiado.
    Mesmo já época da crise procurou tratar seus funcionarios com dignidade.

  • paulo henrique da silva  On abril 29, 2012 at am:28 am

    eu era joven enao me interessava por estas coisas mais olhando para o passado vejo o presente o filme eo mesmo so mudou os personagens alias vou dar ate um titolo demostine e cachoeira so que neste caso os dois sao bem voce sabe

    • Antonia  On setembro 20, 2012 at pm:32 pm

      Você quando era jovem se interessava mais pelos estudos, né?

  • Assis Benet  On março 26, 2012 at am:21 am

    Sugiro assistirem esta entrevista com o empresário ASSIS PAIM CUNHA e que cada um tire sua conclusão: http://vimeo.com/38294643

  • Ivan Pedro Alves  On janeiro 8, 2012 at pm:44 pm

    QUANDO JOVEM TRABALHEI NO GRUPO CONHECI TODOS , MAS O SEU ASSIS ERA ESPECIAL , QUE DEUS DE A ELE O DESCASO MERECIDO POIS AINDA TODOS NOS IREMOS PASSAR PELO JUIZO DO SENHOR JESUS CRISTO. EU FIQUEI CHOCADO QUANDO ESTA EMPRESA FECHOU , AI HOJE QUANDO EU PASSO NA SETE DE SETEMBRO 209 , ONDE ERA A SEDE EU OLHO E IMAGINO A ÉPOCA QUE TRABALHEI NO PRÉDIO, OU NA URUGUAIANA ONDE FICAVA AS LOJAS DO CENTRO DO RIO DE JANEIRO.

  • Dado Szanjawsky  On novembro 25, 2011 at pm:08 pm

    Meu Deus! Imaginem o que é perder 4 bilhões! Tá na cara que esse cara foi enganado e roubado. Coitado. Vejam se o Nagi Nahas tá vivendo de forma humilde!? Imaginem como vivem os descendentes desse cara? Sabendo que o avô era bilionário e morreu com pouco $$$? Devem ter oferecido muita vantagem para ele entrar no esquema só que se deu mal. O Delfim, com certeza, na hora que morrer vai ter muitas dívidas a resgatar.
    Conheci o caso Coroa-Brastel através do RPM – Alvorada voraz.

  • Prof Wilson Miranda  On novembro 11, 2011 at am:11 am

    O sapo gordo do Delfin escapou da justiça dos homens, mas o foguinho lá de baixo espera por ele. Não tenha dúvida.

    • Ari Mascarenhas  On novembro 24, 2011 at am:56 am

      Caro Prof Wilson, concordo plenamente contigo. E tem gente que hoje admira o porco do Delfim Neto. è o fim da picada.

    • rejane  On janeiro 20, 2012 at pm:31 pm

      oi professor gostaria de elucidar este caso em minha mente….sei alumas estorias…..vamos conversar a respeito?

  • marcio pereira tinoco  On agosto 22, 2011 at pm:58 pm

    há que saldades de ver nas lojas sistemas de som pesados os tops de linha na epoca a1 gradiente ha2 gradiente pm5000 polivox há que saldades roubaram o coitado há quem diga que foram os maçons que deram um golpe

    • DANIEL  On novembro 10, 2011 at am:00 am

      CARACA MARCIO. POXA EU TENHO UM DESSE AQUI EM CASA. ( POLYVOX COM TOCA DISCOS AUTOMATICO) MEU PAI ME DEU POIS SABE QUE SOU DOIDO POR SONS ANTIGOS. MAS NAO FOI COMPRADO NA BRASTEL… FOI NA CASAS MURICY… LEGAL. BOA RELEMBRANCA DO PASSADO

  • sergio m barbosa  On abril 26, 2011 at pm:16 pm

    na verdade nao temos nada. quanto mais voce tem, mais problemas arruma, mais despesas aparece. jamais alguem iria oferecer a um cidadao comum qualquer investimento. nossa cultura infelizmente é essa ,ninguem quer saber quem voce é, mas fica de olho naquilo que voce tem, TENHO VERGONHA DE SER BRASILEIRO. E VOCE COM A GAZOLINA A 3,00 ?
    É DAR DIPLOMA DE OTARIO P NOS, A QUANTIDADE DE LADROES É TANTA QUE CONFUNDE A GENTE, ACABA FICANDO NO ESQUECIMENTO

  • José Benedito  On abril 23, 2011 at pm:08 pm

    Trabalhei na Brastel durante 4 anos e me orgulho disso, foi a melhor empresa da qual fiz parte. Sempre apoiou e incentivou os funcionários em tudo, mesmo quando já estava em dificuldades.
    Assis Paim, era um sujeito honesto, foi vitima de um governo…§&#@~…!
    Infelizmente foi sacrificado um homem de princípios e uma empresa, alias, uma grande empresa.

  • Helio  On abril 5, 2011 at pm:50 pm

    Sumiram até com as propaganda da brastel, Não se acha nenhuma nem no youtube .

  • Rita de Cássia Daher Ozorio  On janeiro 26, 2011 at pm:03 pm

    M.eu pai na época perdeu dinheiro na Coroa Brastel.Meu nome constava na documentação. Sou única herdeira do meu pai,e claro que quero o que me é de direito. Temos que ser indenizados. Já é passada a hora de se fazer justiça. Nada justifica o caso não ter sido resolvido ainda.

    Rita de Cássia Daher Ozorio

    • Antonia  On setembro 20, 2012 at pm:33 pm

      Sonhe, querida, é de graça ainda…

  • Manoel Estevao Lopes  On janeiro 24, 2011 at pm:49 pm

    Alguem poderia me informar onde eu encontraria o paradeiro de filhos ou parentes, ou alguem ou instituição ligados às questoes Cora Brastel, é que eu fui funcionário da rede de Eletrodomésticos Brastel na década de 70 e necessito comprovar tempo de serviço junto ao inss para fins de aposentadoria, uma vez que não tenho mais a Carteira profissional para comprovar. Se alguem puder me ajudar eu agradeço.

    • elzineide@gmail.com  On março 11, 2012 at pm:59 pm

      FAVOR CONTATAR MAURO, TEL 7493-5873, FUI FUNCIONARIO E POSSO
      AJUDA-LO.

    • Pedro Paim Benet  On maio 21, 2012 at pm:43 pm

      Rua Maria de Freitas 42, cobertura, Madureira. Procure o Sr. Campos, arquivista do Grupo Brastel.

    • Antonia  On setembro 20, 2012 at pm:35 pm

      Oh, querido, você acha que testemunhas servem pra comprovar tempo de contribuição previdenciária?

  • Luiz  On setembro 4, 2010 at am:24 am

    Tambmém tomei conhecimento do caso através da música “Alvorada voraz”, do RPM. Hoje, faço o curso de Direito e gostaria de ter mais informações sobre o caso. Se alguém puder me ajudar, agradeceria.

    • vassourense  On junho 5, 2011 at pm:24 pm

      toda familia dele reside em vassouras.
      uma filha em miguel pereira,ela e dona de um hotel .
      espero ter ajudado.

      • rejane  On janeiro 20, 2012 at pm:23 pm

        oi, eu sei alguma coisa que me contaram a respeito…..estava fora do pais por 20 anos… estou voltando mas nao consigo esquecer esta estotia, bom.. entre em contato talvez te ajude a elucidar

  • jose dorjival alves  On setembro 3, 2010 at pm:12 pm

    sou mais uma vitima , por favor dizem que gente grauda, ja receberam o seu, e nos peixe pequeno quando?

  • jorge liguori  On julho 7, 2010 at am:08 am

    meu pai morreu e nao viu o dinheiro q/ lhe foi roubado,+++ seu dinheiro se transformou em LC.As ultimas informaçoes q/ tivemos estavam na 6ªvara de falencias e concordata da comarca da capital do RJ; se alguem tiver novidades comunicar pelo emal.jorgedatotem@hotmail.com

  • getulio  On maio 11, 2010 at am:12 am

    eu sinceramente gostaria de ouvir a opiniâo do nosso querido presidente jose inaçio lula da silva

    • Antonia  On setembro 20, 2012 at pm:36 pm

      Qual a participação de Lula nisso? Entendi não, esclareça. Mania de meter Lula em tudo…

  • Ram_on  On abril 16, 2010 at pm:42 pm

    trabalhei na Laureano com filho do grande articulador dos militares o Golbery. O filho dele conhecido como Golbinho só aparecia as vezes para receber o salário, estranha a ligação entre os nomes do Delfim, Golbinho, Laureano, etc…

  • Paulo  On março 29, 2010 at pm:05 pm

    O Doutor Assis Paim foi uma vítima do regime militar. Honesto e trabalhador sofreu as agruras de ser um homem decente. Assim como ele o Doutor Delfim Neto e o Doutor Ernanes Galvea foram duas vítimas inocentes. Se há alguém deve ser culpado disso tudo, são os militares.

  • Edson BSP  On março 24, 2010 at pm:57 pm

    eu conheci este fato atravez da musica navio pirata do grupo RPM deste entao passei a ficar curioso …Acho que os dois lados tem culpa

    • janete  On outubro 14, 2012 at am:23 am

      Navio Pirata?!!! A música é Alvorada Voraz. Excelente….

  • manoel estevao lopes  On março 24, 2010 at pm:11 pm

    Fui funcionário da Brastel entre 1970 e 1973, me orgulhava de trabalhar na empresa, o Paim era um Homem bem intecionado a empresa era séria e de confiança, só não teve apoio do governo na hora em que mais precisou. Não tinha investimento na Coroa, não perdi nada, o que eu preciso muito hoje é a Razão social da BRASTEl para junto ao INSS levantar meu tempo de serviço para fins de aposentadoria, só com o nome fantasia não estou conseguindo, se alguem puder me ajudar eu agradeço.

  • getulio ex-atleta profissional  On fevereiro 19, 2010 at pm:42 pm

    e lamentavel o que acontece no brasil voce e roubado e nada acontece o paim que deus o tenha no ceu porque ele queria pagar tudo aquilo que ele devia mais a mafia nao deixou …..que pena meu deus.

  • RAFAEL HORTA  On janeiro 8, 2010 at pm:28 pm

    COMO FICA A SITUAÇÃO EU TENHO 42 MILHÕES DE REAIS HOJE NO CASO EM TITULOS DA COROA …….. O BANCO CENTRAL VAI ME RESSACIR ESSE PREJUIZO QUE EU FIQUEI …….AONDE ENCONTRAM OS BENS DELE……… ISSO É FACIL DE MAIS NE … DESSE GEITO …….. GOSTARIA DE SABER QUEM NAO ENTROU AINDA PODE ENTRAR NA JUSTIÇA… NAO ENTENDO MESMO O BANCO CENTRAL ERA RESPONSAVEL PELOS BANCOS. AGORA O BANCO CENTRAL VAI FAZER O Q? A RESPEITO . VARIAS PESSOAS DE SUICIDANO PERDENDO TUDO E O BANCO CENTRAL NAO FAZ NADA…… PRA ONDE FORAM OS 4 BILHOES DE DOLARES DE PAIM RAFAEL LIPPI HORTA.

    • Claudia  On janeiro 20, 2011 at am:41 am

      Vc se pergunta pra onde foram os 4 bilhões de Assis Paim, eu posso te dizer seguramente que nao estão com seus filhos, que hj vivem na fazenda Rosa em uma pequena localidade de Paty de Alferes trabalhando para poderem viver…

    • Antonia  On setembro 20, 2012 at pm:38 pm

      Ainda hoje se suicidam por causa disso? Você passou esses anos todos esperando pra ficar rico?

  • flavio g. urbano  On janeiro 6, 2010 at am:12 am

    Posteriormente atraves de uma legislação o BC ( Governo) dá garantia de recebimento até um determinado valor, gostaria de saber se a lei é retroativa e em caso positivo como fazer para receber pelo menos parte do valor perdido

  • getulio ex-atleta profissional  On dezembro 24, 2009 at am:29 am

    confiei no banco central, que dava garantia a coroa brastel, e la se foram meus quatro milhões de cruzeiros, cade o delfin neto e todos os culpados, eu quero reaver o meu dinheiro , com juros e correção monetaria.

  • Sergio Carlos Guimarães  On novembro 18, 2009 at am:32 am

    Há alguns anos atráz, ouvi esse homem o Sr. Assis Paim Cunha, dizer que iria provar sua inocência e que pagaria cada centavo aos prejudicados ou aos de direito ou coisa parecida. que pena, acho que não deu tempo, mas, tenho certeza de uma coisa, esse cidadão foi para o ceu,não posso dizer o mesmo dos safados que o prejudicaram, creio na Justíça de Deus e sei que esses calhordas e covardes irão pagar. em nome do Sr. Jesus.
    meus sentimentos aos familiares. eu creio na inocência do Sr. Assis.

    • hudson  On maio 13, 2010 at pm:25 pm

      palavras muito oportuna,penso da mesma forma ,e tenho certeza que grande maioria que teve convivência com sr assis acha o mesmo.

  • valdoester leandro  On março 2, 2009 at pm:49 pm

    eu na epoca do escandalo nao sabia de nada,mais agora entendo o aconteceu sabemos nos que tudo isso foi por causa dos ministros,que nao podiam sair seus nomes,brasil.

  • emock  On novembro 28, 2008 at pm:34 pm

    Um dos maiores assaltos a investidores de boa fé do país.Pouco antes de quebrar, quatro ou cinco mezes,aproximadamente, o grupo foi agraciado com uma carta parente de banco comercial,um reconhecimento de sua saúde financeira e administrativa.Será que o poder concedente,o Banco Central,naõ analizou o grupo ao conceder-lhe tamanho benefício.

  • emock  On novembro 28, 2008 at pm:26 pm

    um dos maiores assaltos a investidores de boa

  • mesaque belinatti  On novembro 10, 2008 at pm:08 pm

    E O DELFIN NÃO FOI JULGADO ATÉ HOJE!!!!!

    • Antonia  On setembro 20, 2012 at pm:39 pm

      Nem foi nem será. E ainda tem gente que esqueceu quem o pulha foi naquela época.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: