Ulbra admite vender parte de seu patrimônio


A Ulbra anunciou que vai vender terrenos e hospitais no Rio Grande do Sul a fim de pagar as dívidas – R$ 2 bilhões só com a União, segundo a Justiça Federal de Canoas. A Ulbra, que tem 39 mil alunos no Estado, viu sua situação financeira se agravar em setembro, quando perdeu o certificado de filantropia, que garantia a isenção de pagamentos de impostos federais.

Também nessa sexta-feira, se encerrou o prazo para que a universidade pagasse o salário de setembro de cerca de 2 mil professores. Como não houve o depósito, a instituição está sujeita a pagamento de multa. A Ulbra não tem previsão para depositar o salário.

O sindicato dos professores da rede privada de ensino do Rio Grande do Sul (Sinpro-RS), que representa a categoria, entrou com nova ação na Justiça. O objetivo é garantir o pagamento por meio de uma intervenção nas contas e no patrimônio da Ulbra.

A Ulbra admitiu que sofre reflexos da crise financeira internacional. ‘Nos últimos dez anos, a universidade fez vultuosos investimentos em Educação e saúde e, com a redução do crédito, não consegue saldar empréstimos efetuados nem contratar novos financiamentos’, avaliou o advogado da instituição, Reginaldo Bacci.

Segundo ele, está sendo elaborado um plano de reestruturação, incluindo a venda de vários ativos e patrimônios que não são ligados à atividade-fim da Ulbra, que é a Educação.
‘A negociação envolve hospitais, plano de saúde, terrenos e uma fábrica de produtos farmacêuticos em Caxias’, disse Bacci. A intenção é reduzir despesas, renegociar contratos, alongar o perfil da dívida e focar a gestão de pessoal em resultados.

O advogado acrescentou não estar se cogitando, no momento, demissão de pessoal. Sobre a dívida tributária de R$ 2 bilhões, informou que a Ulbra reconhece apenas cerca de R$ 300 milhões, e que está discutindo os valores na Justiça.  Foi negado que a Justiça tenha pedido a prisão do reitor Rubem Becker por não ter feito depósito de penhora de execução fiscal. Mas um pedido de habeas corpus foi concedido pelo TRF/4ª Região.

Na próxima semana, deverá ser julgada uma Ação Cautelar de Arresto ajuizada pelo Sinpro/RS para pagamento de salários dos cerca de 2 mil professores da Educação Superior da Ulbra (em atraso pela quarta vez este ano).

CP/NF/ULBRA

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

  • :S  On abril 15, 2009 at am:06 am

    Olha é uma vergonha isso tudo que esta acontecendo…
    ‘Nos últimos dez anos, a universidade fez vultuosos investimentos em Educação e saúde e, com a redução do crédito, não consegue saldar empréstimos efetuados nem contratar novos financiamentos’
    Vultuosos investimento nos bolso dos cara lah.
    Pagamagos um horror por mes, e ficamos sabendo que estavamos deposistando o dinheiro em conta de empresas piratas,isso é uma poca vergonha
    Vao se @#$%%¨&&*%$%#$
    Uma universidade desse porte como a ulbra acontece essa vergonha.
    Se tivessem tirado a atual reitoria aposto que tinha melhorado a cituação e nao teria chegado a isso
    Muitos tem q trabalhar o dia inteiro pra poder estudar de noite, og em dia nao esta facil paga uma faculdade.
    Como isso!!???
    ESTAMOS
    INDIGNADOS com tudo, onde está nosso dinheiro, pago fielmente pelos
    academicos??? contas laranjas?? carros? fazendas??

  • Josiane, Cida, Susy, Dani  On fevereiro 28, 2009 at am:06 am

    Acreditamos que a direço deveria informar corretamente aos alunos sobre o que esta contecendo, pois as conversas de corredor só confundem e denigrem a imagem da ulbra, nos deveríamos sber exatamente o cque esta acontecendo.

  • vergonha na cara  On fevereiro 1, 2009 at pm:36 pm

    tomara q nós q pagamos em dia não seremos prejudicados e q a ulbra nos reembolsem.pois oje em dia não é facil pagar uma faculdade

  • Ta loko  On novembro 27, 2008 at pm:39 pm

    Isso é um horror com as pessoas que pagam em dia e não merecem passar por todo esse terror!!!

  • Anônimo  On outubro 24, 2008 at pm:07 pm

    isso é uma vergonhA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: