Condenado sobrinho que matou médico por herança


Por unanimidade, a 3ª Câmara Criminal do TJRS confirmou a condenação de Otávio Abs da Cruz de Agosto, o “Tatis”, 40 anos, pela morte de seu tio, o médico anestesista Roberto Moura de Agosto. A pena de 19 anos e 6 meses de reclusão (18 anos por homicídio qualificado, mais 1 ano e 6 meses por ocultação de cadáver) também foi confirmada.

A morte do médico ocorreu em 26/11/2006. “Tatis” foi condenado pelo Tribunal do Júri de Porto Alegre em 18/6/2008. Os jurados reconheceram que ele foi responsável pela morte de Roberto Agosto, por interesse na herança da vítima. Após o assassinato a Polícia verificou que foram roubados documentos, cartões e dinheiro, além do celular do médico. A casa não foi revirada e a porta estava trancada. O sobrinho havia almoçado com o tio naquele domingo. Otávio estaria estudando com auxílio de Agosto para passar em concursos públicos. A brutalidade do crime abalou a vizinhança.

O corpo do médico, que na época tinha 65 anos e foi atingido com pancadas na cabeça, foi encontrado no pátio da sua casa, no bairro Vila Assunção, zona Sul da Capital, coberto por vegetação.

O condenado recorreu pedindo a nulidade do processo. Alegou ser dependente químico e não ter sido submetido a exame de insanidade mental. A Desembargadora Elba Bastos (Relatora) afirmou que a alegação era meramente protelatória.

TJ/Rs

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: