STF nega arquivamento de processo contra bispos


O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, negou pedido de arquivamento do processo contra os bispos Sônia e Estevam Hernandes, fundadores da Igreja Renascer em Cristo e atualmente cumprindo liberdade vigiada nos Estados Unidos.

Ambos são acusados de lavagem de dinheiro e cumpriram dez meses de prisão alternada (cinco em presídio e cinco de prisão domiciliar) na Flórida, após serem detidos com dinheiro não-declarado e escondido dentro de uma Bíblia. A defesa já havia tentado arquivar o processo que corre na 1ª Vara Criminal de São Paulo, através de processo protocolado no STJ, mas o pedido foi negado.

Esta semana o  Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu, em caráter liminar, o pedido de extradição dos fundadores da Igreja Renascer em Cristo, Estevam e Sonia Haddad Hernandes, que estão presos nos Estados Unidos. Segundo a Corte, o ministro Marco Aurélio, relator do caso, concordou com os argumentos do advogado do casal de que não existe nenhum decreto de prisão expedido contra o casal no País.

O  Tratado de Extradição firmado entre os dois países não abrange os crimes de lavagem de dinheiro e ocultação de bens e valores, pelos quais o casal responde nos EUA, por supostamente tentar entrar no país, em janeiro do ano passado, com US$ 56 mil não declarados.

JP/NF

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

  • flavia  On abril 7, 2010 at am:16 am

    acho que se kaka falar que vai frequentar outra igreja, esses dois pedem falencia, e fecham a renascer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: