Paul McCartney em Israel: 5 mil seguranças


Custou caro a passagem histórica de Paul McCartney por Israel. Só a segurança pessoal do cantor está avaliada em US$ 3 milhões. São cinco mil pessoas envolvidas no esquema de proteção ao ex-Beatle. Números maiores do que os da visita de George W. Bush por lá.

Mas tanto controle tem explicação: grupos extremistas pediram para que Paul cancelasse seu show em Israel, realizado nesta quinta-feira. Ele, por sua vez, declarou que a iniciativa de viajar para um lugar cheio de conflitos seria justamente para pregar a paz. “A música pode ajudar as pessoas a se acalmarem. E também pode incentivar mudanças”.

Acompanhado da namorada, Nancy Shevell, antes de sua apresentação Paul visitou a sagrada Igreja de Natividade, em Belém, uma escola de música e o The Edward Said National Conservatory of Music. Este último, aliás, de surpresa. Mas sempre com seus centenas de seguranças.

Glam

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: