SP: Pimenta na calçada contra cocô de cachorro


Estão ardidas as calçadas de Copacabana, uma rua em Santana, na zona norte de São Paulo, onde mora a auxiliar de enfermagem Lígia Santos.

Cansada de atolar o pé em cocôs de cachorro na porta de casa toda manhã, ela apelou para uma tática que considera altamente eficaz para espantar a cachorrada: destampou o vidro de conserva e “temperou” a calçada com pimenta. “Funciona que é uma beleza”, afirma a auxiliar de enfermagem.

Em média, 12 pessoas ligam diariamente para a prefeitura de SP para solicitar a limpeza de vias públicas –sujas não só por fezes de cachorro. Fixada em 2001, a lei municipal 13.131 estipula uma multa de R$ 10 para quem não recolher das ruas as fezes de animal –longe dos valores da Lei Cidade Limpa, de no mínimo R$ 10 mil para quem descumpri-la. De difícil fiscalização, como reconhece a própria prefeitura –que não informou se já foi registrada alguma punição–, os moradores vão se virando para contornar a sujeira.

Enquanto as multas ainda não são aplicadas, Lígia continuará recorrendo à pimenta, que já perdia a validade. Despediu-se da reportagem com a promessa de aplicar uma nova demão na calçada em breve.

FSP

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: