Brasileiro come feijão-preto importado da China


O mais tradicional prato da culinária brasileira atravessa distâncias cada vez maiores antes de chegar à mesa da população. Normalmente importado da Argentina nos momentos de escassez, o feijão-preto, base da feijoada, agora está vindo também da China. De janeiro a julho deste ano, o país asiático já enviou ao Brasil 23.729.661 kg do produto.

O número representa 35% do total importado no período. Em 2007, no entanto, a China não enviou um único grão para o país.

Segundo Rafael Poerschke, da Safras & Mercado, a mudança no cenário está relacionada a uma demanda atípica nas importações no início do ano. Apesar de o país não ser auto-suficiente em feijão-preto, as compras externas geralmente ganham força apenas a partir de setembro.

Com oferta prejudicada e demanda em alta, as empresas foram buscar o produto na China devido aos preços baixos. “O feijão chinês chegou mais barato do que o nacional. A diferença chegava a R$ 20, R$ 30 por saca”, afirma o presidente da Bolsa de Gêneros Alimentícios do Rio, José Sousa e Silva.

Safra&Mercado

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: