Pesca vira ministério e ganha 200 cargos


A Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca foi transformada ontem pelo presidente Lula em ministério. O primeiro impacto da mudança será na quantidade de funcionários efetivos e cargos de confiança. De imediato, os 200 funcionários da secretaria passarão a ser, no ministério, por concurso, 400 servidores.

Mas vem aí um trem de cargos com funções gratificadas. É que o presidente deixou claro que o novo ministério “pode ter superintendências em cada Estado” – esses cargos são sempre indicações políticas atreladas à base aliada do governo. O Orçamento anual também vai dobrar: dos atuais R$ 250 milhões para R$ 500 milhões.

O Executivo federal e os outros Poderes da União criaram mais de 56 mil cargos para servidores públicos em 2008, segundo mostrou um levantamento recente feito pelo deputado tucano Arnaldo Madeira (SP), que rastreou as leis aprovadas neste ano pelo Congresso, autorizando a abertura de 48,4 mil vagas efetivas e de 7,9 mil funções sem concurso.

Lula disse que a Embrapa, por ter feito “uma revolução na agricultura, nos últimos 30 anos”, também vai ser a “instituição de pesquisa para a pesca no País”. Lula considerou “uma vergonha que o Brasil, com 8,5 milhões de quilômetros quadrados, 8 mil quilômetros de costa e 190 milhões de habitantes, só pesque 1 milhão de toneladas de peixe por ano”. O Peru pesca nove vezes mais e só tem 27 milhões de habitantes .

Lula disse, ainda, que havia “62 mil pescadores” antes da criação da secretaria, e que agora “são 350 mil”. Neste ano, segundo o presidente, eles já receberam R$ 450 milhões em salário-defeso.

Radiobrás

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: