Correios: TST dá prazo final para negociação


O presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Rider de Brito, estipulou na noite de ontem o prazo final para que a Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) e a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos (Fentect) entrem em acordo sobre o fim da greve que entra no seu 18º dia. Segundo a assessoria do TST, se a conciliação não acontecer até as 17h de hoje, o tribunal não intermediará mais as negociações.

Ontem, Brito se reuniu com o presidente dos Correios, Carlos Henrique Custódio, pela manhã e com representantes da diretoria da Fentect durante a tarde. Segundo o TST, a ECT protocolou uma nova proposta e a federação dos funcionários apresentou uma contraproposta ao ministro, que foi discutida, mas não foi protocolada.

Os trabalhadores reivindicam o cumprimento do acordo de adicional de risco de 30% para os carteiros, a negociação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários e a discussão sobre o pagamento dos dias parados devido à greve. Os funcionários estão em greve desde o dia 1º de julho.

Na conciliação apresentada pelo TST, o principal ponto é a criação de um plano de cargos e salários, elaborado com a participação dos servidores e com 30% de gratificação sobre o salário proporcional ao período em que trabalham na rua.

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: