‘Homem grávido’ dá à luz a uma menina


Reprodução/The Oprah Winfrey Show

Reprodução/The Oprah Winfrey Show
Thomas durante ultra-sonografia em abril

Um transexual norte-americano que se converteu há dez anos ao gênero masculino deu à luz uma menina, informou nesta quinta-feira (3) a imprensa dos EUA.

Thomas Beatie, de 34 anos, é legalmente homem, mas decidiu manter seus órgãos sexuais femininos quando fez uma cirurgia estética para retirar seus seios e submeteu-se a um tratamento hormonal. Quando era mulher, ele se chamava Tracy Lagondino.

Ele deu à luz no domingo (29) em um hospital de Bend, Oregon, segundo a “ABC News”.

Beatie, que tem barba, foi batizado de “o homem grávido” depois de ter aparecido no talk show de Oprah Winfrey para falar sobre sua gravidez

“Creio que o desejo de ter um filho não é masculino nem feminino”, disse ele na época. “É uma necessidade humana. Sou uma pessoa e tenho direito a ter um filho biológico.”

Beatie é casado há cinco anos com uma mulher, Nancy, que tem dois filhos de um primeiro casamento e não pode mais engravidar porque removeu o útero.

Ele recebeu então uma inseminação artificial praticada por Nancy com esperma de um doador anônimo, comprado em um banco.

O caso tornou-se público quando Beatie escreveu um artigo na revista norte-americana “The Advocate”, protestando contra a oposição que encontrava à sua gravidez na família e entre os amigos.

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

  • Carlos Roberto  On junho 13, 2009 at pm:02 pm

    PERIGO A VISTA!

    A imoralidade esta avançando e fazendo seus estragos. Quem paga o preço é a FAMÍLIA que está servindo de deboche e de escárnio para os oportunistas. Primeiro que ele “NÃO MUDOU DE SEXO”, mudou o seu “ESTEREOTIPO”, pois sexo jamais se muda, nasce com ele e com ele vai morrer. É a “BIOLOGIA” e não eu que faz esta afirmação. Lamentavelmente tem muita gente embarcando nesta canoa furada e dando espaço na “MÍDIA” para este tipo de porcaria.

    O ser humano está “RIDICULARIZANDO” Deus quando se submete a coisas desta natureza, pois se ele, na concepção, definiu como macho ou fêmea aquilo que virá ao mundo por uma “MÃE” jamais poderia o homem “TENTAR” alterar de forma violenta o projeto original de Deus. Ao se mutilar por um processo RIDÍCULO cirúrgico, homem ou mulher estará tão somente mudando as “APARÊNCIAS” posto que a originalidade é “IMUTÁVEL”.

    A humanidade está sendo “DESMORALIZADA” pela classe médica quando esta se sujeita a realizar atos cirúrgicos para a “ADAPTAÇÃO” de um sexo a outro. Pior, estão fazendo isto, encarnados numa mentira deslavada e profunda que não é revelada ao paciente, já que qualquer profissional da área de medicina sabe, pela formação que possuem, que é “IMPOSSÍVEL” mudar o sexo de alguém. A “IRRESPONSABILIDADE” profissional neste caso é evidente!

    É humilhante e deprimente ver estas aberrações acontecendo e tendo a aprovação da sociedade e da mídia. Mídia que compactua com esta “ASNEIRA” com toda a naturalidade do mundo o que não é surpresa, pois sabem eles que se forem contra perderão rios de dinheiro dos defensores destas imoralidades. É constrangedor ver que mesmo no Brasil as autoridades estejam “INSTITUCIONALIZANDO” esta prática perniciosa e vergonhosa com a desculpa esfarrapada de estarem atendendo aos “DIREITOS HUMANOS”. E os DIREITOS DA SOCIEDADE? E os DIREITOS DA FAMÍLIA? E os DIREITOS DOS PAIS em ver seus filhos no estado original de concepção? E o DIREITO DOS FAMILIARES em conviver com um parente da forma como ele foi gerado? Quanta humilhação será para esta criança ao descobrir esta barbárie que cometeram com ela! E aí? De quem é a responsabilidade?

    É preciso com urgência coibir esta prática, do contrário com a família descendo ladeira abaixo como está será inevitável o convite para o “VELÓRIO” da mesma. O caixão parece que até já foi encomendado e o cemitério escolhido, quem sabe não aparece um Padre disposto a celebrar a “Missa de Corpo Presente”? Afinal, a “IGREJA CATÓLICA” tem demonstrado apoio total a estas aberrações quando evita condenar as práticas homossexuais que são largamente praticadas por seus seguidores.

    Carlos Roberto Martins de Souza
    crms2casa@otmail.com

  • Teresafr  On fevereiro 27, 2009 at am:04 am

    Se deu á luz uma criança, não é, nem nunca será um homem.
    Manteve os orgãos reprodutores, “ele” nunca será um pai, será sempre a mãe daquela crinça.
    è homem de aparencia

  • josé roberto sbloguia  On setembro 1, 2008 at pm:47 pm

    se o imbecil éra mulher e fez cirurgia e manteve os orgãos feminino então não vejo espanto para noticia; este puto nunca foi homem na vida na vida

  • josé roberto sbloguia  On setembro 1, 2008 at pm:46 pm

    se o imbecil éra mulher e fez cirurgia e manteve os orgãos feminino então não vejo espanto para noticia; este puto nunca foi mulher na vida

  • Lito Garcia  On julho 7, 2008 at am:47 am

    Não sei o que falta mais acontecer neste mundo!…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: