Pronasci: R$ 11,5 milhões para inclusão digital


O Ministério da Justiça transferiu nesta segunda-feira (30/06) para o Ministério da Ciência e Tecnologia R$ 11,5 milhões, que deverão ser aplicados dentro do orçamento destinado às ações do “Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania” – Pronasci – com a finalidade de “desenvolver ações de inclusão digital”.

O ministro da Justiça, Tarso Genro, estimou que o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci) deverá produzir efeitos na redução de violência em três ou cinco anos. Quando lançou o programa, em agosto do ano passado, Tarso afirmava que as ações não surtiriam efeito em curto prazo de tempo. Hoje, ele disse que não considera cinco anos curto prazo.

(Confira os estados beneficiados)

– Os efeitos já vão ser sentidos imediatamente, porque a segurança é também uma questão de sensação. Agora, os efeitos nos indicadores, o prazo é de três a cinco anos, dependendo da região e da boa gestão do programa, que façam os municípios e os estados.

De acordo com a Portaria 1.207, publicada hoje no Diário Oficial da União, a estratégia do Ministério da Justiça é aplicar os recursos na prevenção à violência e na “construção de alternativas econômicas e de inclusão social, tendo como centro da ação, jovens até 24 anos, em áreas de descoesão social, apenados ou egressos do sistema prisional, envolvendo suas famílias e comunidades”.

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: