Suspenso pagamento de empréstimos fraudados


Justiça Federal no Pará concedeu uma liminar para que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) suspenda imediatamente descontos na aposentadoria que não são reconhecidos pelos pensionistas que supostamente fizeram empréstimos com desconto no pagamento, o chamado empréstimo consignado.

A decisão judicial é válida para todo o país e foi tomada após a descoberta de fraudes na Previdência. Segundo a Justiça, quadrilhas conseguiam faziam empréstimos com documentos falsos, e quem acabava tendo que pagar a conta eram os aposentados.

A Previdência Social afirma que basta ao banco informar que o aposentado contraiu o empréstimo consignado para que o desconto seja autorizado. O INSS confirma a existência de fraudes. “As quadrilhas conseguem os números dos benefícios, falsificam documentos e conseguem empréstimos. Nossa força-tarefa junto à Polícia Federal está investigando para chegar até essas quadrilhas”, afirma o chefe da Divisão de Benefícios do INSS no Pará, Luiz Nunes.

Antes da decisão da Justiça, o desconto continuava a ser feito, enquanto o INSS e o banco investigavam a fraude. Agora, basta o aposentado fazer a reclamação para que o desconto seja suspenso imediatamente. Segundo o Ministério Público federal, se for comprovada a fraude, o aposentado tem direito de receber o valor que foi descontado em dobro.

G1

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: