Arquivo do dia: maio 30, 2008

Charge:

Amarildo

Tarifas a partir de R$ 1 da Gol têm nova edição

A promoção “Tarifas Imperdíveis”, com passagens comercializadas a partir de R$ 1 está de volta e com um diferencial. Desta vez, os clientes com o cartão Voe Fácil têm sete dias para adquirir bilhetes promocionais, podendo fazer as compras entre hoje (30 de maio) e domingo (5 de junho). Para os demais clientes, a promoção é válida por dois dias: 31 de maio e 1º de junho.


As compras na tarifa promocional devem ser feitas pelo site www.voegol.com.br e contemplam os vôos realizados entre 30 de maio e 26 de junho. Os clientes podem, por exemplo, comprar passagens a R$ 1 de Brasília (DF) para Congonhas (SP) ou pelo mesmo valor de Brasília (DF) para Campinas (SP). Já o trecho de Florianópolis (SC) para Salvador (BA), pode sair por R$ 9.
A promoção é válida para viagens de ida e volta, para todos destinos domésticos da GOL, com estadia mínima de duas noites. A passagem promocional deve ser combinada com a tarifa disponível no momento da compra. O valor mínimo para combinação dos bilhetes é de R$ 30 e o número de assentos promocionais é limitado.
O regulamento da promoção está disponível no site da Companhia.
Serviço:
Promoção “Tarifas Imperdíveis”: De hoje, 30 de maio, até às 23h59, até 5 de junho (sexta a quinta) para clientes Voe Fácil; a partir da zero hora de amanhã (31 de maio) até 23h59 do 1ª de junho (sábado e domingo) para o público em geral – disponível 24 horas. Vôos: realizados entre 30/5 e 26/6 – ida e volta obrigatória.
Como comprar: www.voegol.com.br, compras diretas e via agências de viagens

Tenente se mata após suspeita de pedofilia

A investigação da Polícia Civil era sobre uma rede de pedofilia que agia em São Paulo. Um dos integrantes da quadrilha foi preso na semana passada, o outro, um oficial da Polícia Militar, se matou hoje, em casa, no momento em que um mandado de busca e apreensão era cumprido em seu apartamento.


Segundo as investigações, o tenente Fernando Neves era cliente da quadrilha que agenciava encontros de pedófilos com menores de idade.

O rosto de Fernando Neves foi visto várias vezes nos últimos dois meses. Ele foi um dos policiais militares que atenderam à ocorrência do crime que chocou o país, o da menina Isabella ( na foto com Nardoni).
É ele quem aparece ao lado de Alexandre Nardoni, pai de Isabella, em frente ao Edifício London, logo depois que a menina foi jogada do sexto andar.

O tenente era comandante da força tática da área e chefiou a busca de um suposto ladrão no prédio. Dias depois, o próprio tenente detalhou a operação.

Apesar de ser acusado de pedofilia, todos os dados oficiais do processo do caso Isabella mostram que o tenente Neves não teve nada a ver com a autoria do crime.

Ele estava a serviço, em outro lugar, com três policiais, quando recebeu o chamado pelo rádio do carro avisando que a menina tinha sido atirada pela janela. E, quando chegou ao edifício London, vários colegas já se encontravam no local.
No computador do chefe da rede de pedofilia, a polícia encontrou uma lista com 600 nomes, que agora serão investigados.

JN

Fiocruz inaugura instalações para tratar hanseníase

O ambulatório da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para o tratamento de hanseníase no Rio recebeu hoje (30) novas instalações, numa cerimônia que marcou os 108 anos da instituição.

O novo prédio do Ãmbulatório Souza Araújo passou a contar com uma área de 400 metros quadrados, seção de serviço social, e salas de triagem de pacientes, de coleta para exames e pequenas cirurgias, de fisioterapia e neurologia. Ao todo, são 12 profissionais, entre médicos, enfermeiros, assistentes sociais e fisioterapeutas.

O ambulatório, que é responsável pelo diagnóstico de cerca de 30% dos casos de hanseníase notificados no município do Rio. Aimportância do diagnóstico precoce da doença: quando tratada na fase inicial, não causa deformidades.

O tratamento para hanseníase é oferecido gratuitamente através do Sistema Único de Saúde (SUS). Os principais sintomas são manchas brancas ou avermelhadas em que a pessoa não tem sensibilidade, sensação de formigamento ou dormência, aparecimento de caroços no corpo, dor nos nervos dos braços, mãos, pernas e pés e diminuição da força muscular.
DCI

Carne do Brasil mais perto da China

Três dos maiores frigoríficos brasileiros vão abrir caminho para que o país intensifique as exportações de carne bovina in natura para a China, com a recente habilitação para exportar concedida a unidades localizadas no interior de São Paulo pelo governo daquele país.

A notícia vem na hora certa. O ano de 2008 é extremamente favorável para abrir mercado já que se espera, pela primeira vez, que a produção chinesa não atenda o seu mercado consumidor.

As autorizações foram concedidas a uma unidade do Grupo Marfrig, em Promissão; outra do Minerva S.A., em Barretos; e, para uma unidade do Grupo Bertin, em Lins. A habilitação foi publicada no diário oficial chinês.

Até antes das três autorizações concedidas, havia apenas um frigorífico brasileiro autorizado a comercializar diretamente carne bovina in natura para a China, o frigorífico Mercosul, localizado no Rio Grande do Sul.


Segundo Paul Liu, presidente da Câmara de Comércio Brasil-China de Desenvolvimento Econômico, o maior número de fornecedores trabalhando o mercado chinês permitirá a entrada de cortes ainda não consumidos no país, como os nobres.
O potencial é grande para a exportação de patinho, paleta, coxão mole (in natura ou refrigerados) e cortes de dianteiro – que podem ser vendidos nos mercados municipais e supermercados. No caso dos cortes nobres, a demanda a ser atendida virá das churrascarias e restaurantes ocidentais presentes nas grandes cidades chinesas, informa o presidente da câmara. Há potencial para atender indústrias processadoras também.

Atualmente, as exportações de carnes para o país se concentram em miúdos de bovinos e a maior parte do volume vai para o mercado chinês via Hong Kong, praça onde a política comercial é distinta em comparação à da China.

DCI

TV Paga: cobrança do ponto adicional

As empresas de TV paga continuarão a cobrar pelo ponto extra a partir de segunda-feira (2/6), quando entra em vigor o novo regulamento para o setor, segundo a Associação Brasileira de TV por Assinatura (ABTA). No ano passado, a Anatel chegou a anunciar que a cobrança deixaria de ser feita. Para o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), existe um sinal de que a agência está voltando atrás.

“O regulamento é bastante claro quanto à impossibilidade cobrança”, disse Daniela Trettel, advogada do Idec. O artigo 29 da resolução 488 da Anatel, que trata do assunto, diz “a utilização de ponto extra e de ponto de extensão, sem ônus, é direito do assinante, pessoa natural, independentemente do plano de serviço contratado”. O artigo seguinte prevê que a empresa pode cobrar pela “instalação, ativação e manutenção da rede interna”. As regras também prevêem que o assinante pode instalar ele mesmo ou contratar de terceiros a instalação do ponto adicional.

As empresas de TV paga interpretam o artigo 30 como uma garantia de que podem cobrar pelo ponto extra. Não pelo conteúdo, mas pela infra-estrutura. “O ponto extra continua a ser cobrado”, afirmou Alexandre Annenberg, presidente-executivo da ABTA. “A redação das regras é que não ficou clara.” Segundo ele, a rede interna do cliente faz parte da rede da operadora.

AE

Empresa árabe vai entrar na telefonia brasileira

A Unicel, que tem licença para operar telefonia móvel na região metropolitana de São Paulo, conseguiu um acionista internacional. O acionista é a Hits Telecom, dona da Qanawat, operadora móvel da Arábia Saudita, e que também tem empresas na África.

A Unicel não quis informar quanto o novo sócio pagou por 49% de suas ações. Segundo o site Telecom Online, foram US$ 62 milhões e o acordo inclui a opção de elevar a participação para 75% em três anos.

De acordo com a Unicel, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) irá receber, nos próximos dias, um pedido de aprovação da entrada do novo acionista. O executivo José Roberto Melo, que detém 51% da Unicel, continuará na presidência. Ele apontou, em comunicado, que o valor do aporte é “o necessário e o suficiente para dar tranqüilidade e assegurar o pleno cumprimento das metas estabelecidas pela empresa”.

Estadao/RenatoCruz

Dior: Celular new look

Não é novidade ver uma marca de moda imprimindo seu logo em celular – Prada, D&G e Alexandre Hercovitch são bons exemplos. Mas o My Dior, celular que é lançamento recente da tradicional maison Christian Dior, chama a atenção.

O new look proposto pela casa é perolado – porque modernidade tem limite! – e para poucos. O aparelho custa € 3.500, ou seja, quase R$ 9 mil. Mesmo que a quantia esteja disponível na carteira para satisfazer a vontade de falar em alto estilo, há um detalhe desanimador: a estratégia de marketing da marca é distribuir as peças em primeira mão ao mercado chinês e russo, os melhores compradores do momento.

Glorinha Kalil

TRE proíbe torpedo em campanha mas libera blog e Orkut

O Tribunal Regional Eleitoral divulgou nesta quinta-feira uma portaria que restringe a divulgação de campanha eleitoral pela web nas próximas eleições. A propaganda eleitoral na internet será permitida apenas nas páginas do candidato destinadas exclusivamente à campanha eleitoral.

O TRE, no entanto, amplia o conceito de páginas dos candidatos divulgado em resolução do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em março deste ano.

Segundo o tribunal fluminense, as páginas institucionais dos candidatos não precisam necessariamente ter a terminação “can.br”. Também aceita a utilização pelos candidatos de blogs e sites de relacionamentos, como o Orkut e o MySpace.

Representantes dos diretórios regionais de 22 partidos ratificaram o documento, que também proíbe o envio de mensagens não solicitadas por e-mails, telemarketing e correio de voz.

Atriz terá que pagar multa diária à Globo

A atriz Gorete Milagres ( que ficou famosa com o personagem Filó – ô coitada!) e que atualmente atua em Amor e Intrigas, da Record, terá que pagar multa diária à Globo por não ter cumprido contrato com a emissora, entre agosto de 1998 e dezembro de 1999, segundo Outro Canal da Folha de S.Paulo.

Na época, a multa fixada foi de R$ 300 por dia, o que dá cerca de R$ 150 mil, mas esse valor não é oficial da Justiça.

Em 1998, Gorete fazia sucesso com sua personagem Filó e a Globo lhe ofereceu o triplo para fazer parte do casting da emissora. Ela aceitou, mas depois se desentendeu com Renato Aragão. Voltou para o SBT recebendo três vezes mais.

A Globo foi à Justiça e a atriz foi condenada a pagar multa por rescisão contratual mais multa diária por dia não trabalhado. Os advogados de Gorete recorreram contra a punição diária e venceram.

A Globo recorreu ao Superior Tribunal de Justiça e o recurso foi julgado procedente no último dia 20. A decisão cria ainda um precedente: cada artista que não cumprir o contrato vai ter que pagar multa contratual e diária.

FSP

%d blogueiros gostam disto: