Marinho pode ser declarado inelegível


 

A Ordem dos Advogados do Brasil vai investigar a denúncia da BandNews de que o ministro Luiz Marinho (Previdência), pré-candidato à prefeitura de São Bernardo do Campo (SP), pode ter cometido crime eleitoral ao envar mensagens telefônicas gravadas a 11 mil mães daquele município, domingo.

Ele pode ser acusado de abuso de poder e ficar inelegível. Há dois anos, o candidato a deputado pelo PSDB Orlando Morandi foi condenado pelo Tribunal Eleitoral de São Paulo a pagar multa de R$ 21 mil por ter espalhado outdoors por São Bernardo do Campo desejando feliz dia das mães às eleitoras.

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: