Bebidas nas estradas: governo diminui restrições


Em reunião com o ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, e com o chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Jorge Félix, os líderes dos partidos aliados na Câmara dos Deputados concordaram nesta quarta-feira em acabar com a proibição de bebidas alcoólicas ao longo das rodovias no perímetro urbano.

Será mantida a proibição nas áreas rurais, segundo o líder do PT na Câmara, Maurício Rands (PE). O relatório deverá ser votado hoje no plenário da Casa.

Junto com o abrandamento da medida provisória (MP) que proíbe a venda de bebidas alcoólicas nas estradas foi acertado o aumento do rigor nas penas para o motorista que dirigir após ingeri-las. No entanto, em todos os casos o motorista que beber e dirigir será punido pelo menos com multa, ou poderá ser processado por infração ao Código Penal.

Conforme Rands, um novo tipo penal deverá ser criado para enquadrar motoristas que registrarem mais de 0,6% no índice de concentração de álcool no sangue. Em relação ao motorista que ingerir bebidas alcoólicas, o relatório ficará mais rigoroso, segundo o líder petista, porque não aceitará qualquer grau de ingestão.

AE

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: