Arquivo do dia: abril 22, 2008

Google: a marca mais poderosa do mundo

Pelo segundo ano consecutivo, o Google foi escolhido a marca mais poderosa e valiosa do mundo, segundo o ranking Brandz. A lista foi publicado nesta segunda-feira no jornal “Financial Times” pela empresa de consultoria britânica Millward Brown.

O site de buscas mais popular da internet aparece no topo da lista com um valor estimado em torno de US$ 86 bilhões, 30% a mais que no ano passado.

“A posição do Google se deve a uma fantástica atuação financeira e ao valor de seu capital”, comentou o diretor de contabilidade internacional da Millward Brown, Peter Walshe.

Na segunda posição aparece o conglomerado industrial, financeiro e de meios de comunicação General Electric (GE), com sua marca avaliada em quase US$ 71,38 bilhões, seguido da gigante da informática Microsoft, avaliada em US$ 70,89 bilhões.

Entre os dez primeiros estão ainda a Coca-Cola (US$ 58,2 bilhões), seguida pela China Mobile (US$ 57,2 bilhões), IBM (US$ 55,3 bilhões), Apple (US$ 55,2 bilhões), McDonald’s (US$ 49,5 bilhões), Nokia (US$ 44 bilhões) e Marlboro (US$ 37,3 bilhões). Destas, três são estreantes no top 10: Apple, McDonald’s e Nokia.

A classificação da Millward Brown foi realizada a partir de uma pesquisa de opinião com um milhão de consumidores no mundo todo e com base em diversos dados financeiros sobre 50 mil marcas internacionais.

Financial Times

Reajuste dos militares pode sair esta semana

O comandante da Marinha Júlio Soares de Moura Neto, confirmou nesta segunda-feira que o anúncio sobre o reajuste dos salários dos militares deve sair até o final desta semana.

Moura Neto afirmou que os ministros Nelson Jobim (Defesa) e Paulo Bernardo (Planejamento) devem se reunir com o presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, para apresentar a proposta final e, assim, anunciar o percentual. A previsão é que Lula retorne ainda hoje para Brasília e amanhã despache normalmente no Palácio do Planalto.

Os técnicos do governo trabalham com três percentuais diferentes, variando entre 16%, 27% e 37%. O almirante não quis revelar o valor negociado, mas adiantou que o reajuste será concedido de forma escalonada e em três anos. Segundo Moura Neto, a primeira etapa será repassada já em 2008.

“A negociação está bem encaminhada”, disse o comandante, informando ainda que as dificuldades causadas pelo fim de parte da arrecadação via CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) foram solucionadas.

Moura Neto acredita que a declaração do general Augusto Heleno ao chamar a política indigenista brasileira de “lamentável” e “caótica” não influenciou no adiamento do anúncio do reajuste, previsto para a última sexta-feira (18). Também disse que o assunto “estava resolvido”.

Da África, no fim de semana, o presidente da República afirmou que o episódio “estava superado”. O vice-presidente, José Alencar, também afirmou que o assunto estava encerrado e aproveitou para elogiar a competência de Heleno.

FSP

Charge:

 

……………..

%d blogueiros gostam disto: