Arquivo do dia: abril 17, 2008

Autora de Harry Potter: livro de fã é ameaça

A autora J.K. Rowling afirmou nesta quarta-feira (16) que a publicação de uma enciclopédia não-oficial sobre sua maior criação, o personagem Harry Potter, “abre porta para que outros atores sejam desrespeitados”.

A escritora britânica e a Warner Bros. batalham na justiça contra a editora RDR Books, que tem planos de publicar o livro “The Harry Potter Lexicon”, uma enciclopédia de 400 páginas sobre o bruxinho escrita pelo autor Steve Vander Ark.

“Nós somos ou não somos os donos do nosso trabalho?”, questionou a autora de sete livros sobre o personagem Harry Potter e que vendeu 400 milhões de cópias. “Isso é uma injustiça contra o meu trabalho que está sendo ameaçado”.   A escritora acusou o livro de Vander Ark de ser um trabalho “esculachado e preguiçoso”, e que não tem nada a ver com suas histórias sobre Harry Potter. 

JK Rowling, citada pelo jornal britânico “The Times”, admitiu a hipótese de poder vir a escrever um oitavo livro da saga Harry Potter, mas impôs a si própria uma pausa de dez anos até tomar qualquer decisão.

Emocionado e usando óculos de Harry Potter, Vander Ark declarou na terça-feira (14) que seu livro tem a intenção de ajudar os leitores a celebrar o trabalho de J.K Rowling. Ele desmetiu a acusação de plágio.
Reuters

 

Juros voltam a subir após três anos

O BC (Banco Central) anunciou nesta quarta-feira (16) o primeiro aumento da taxa básica de juros desde maio de 2005. O Copom (Comitê de Política Monetária) decidiu elevar, por unanimidade, a Selic em meio ponto percentual, de 11,25% para 11,75% ao ano. É a maior taxa desde junho de 2007, quando a Selic era de 12%.

A decisão foi duramente criticada por representantes do comércio, da indústria e pelas  centrais sindicais. Após a decisão, o mercado já espera outras altas nas próximas reuniões.

“Avaliando a conjuntura macroeconômica e as perspectiva para a inflação, o Copom decidiu, por unanimidade, elevar a taxa Selic para 11,75% ao ano, sem viés. O comitê entende que a decisão de realizar, de imediato, parte relevante do movimento da taxa básica de juros irá contribuir para a diminuição tempestiva do risco que se configura para o cenário inflacionário e, como conseqüência, para reduzir a magnitude do ajuste total a ser implementado”, afirma comunicado divulgado pelo Copom.

Embora a alta dos juros já fosse esperada, a maioria dos economistas apostava em um aumento menor, de 0,25 ponto percentual. Uma parte do mercado avaliava, no entanto, que o BC deveria promover um aumento mais forte dos juros agora para evitar que a inflação ficasse fora de controle.

BC/FS

Adesivo para tratar a doença de Alzheimer

A partir desse mês chega as farmácias brasileiras, o adesivo para tratar a doença de Alzheimer.
O tratamento traz uma série de benefícios, como a diminuição dos eventos adversos gastrintestinais comuns às terapias orais, como náuseas e vômitos, e o controle visual da administração do medicamento.

“O medicamento chega na corrente sanguínea diminuindo os eventos adversos das terapias orais, que dificultam a adesão ao tratamento”, explica Dr. Paulo Renato Canineu, vice-presidente da Associação Brasileira de Alzheimer (Abraz), professor de pós-graduação em Gerontologia da PUC-SP e diretor clínico e científico do Hiléa.

O adesivo chega às farmácias com mesmo custo de tratamento das cápsulas, de R$ 12,74 por dia (preço máximo ao consumidor com ICMS de 18%).

ODebate

Marca gaúcha ganha prêmio em feira chinesa

A marca brasileira de calçados Biondini, de Tres Coroas no RS, ganhou o prêmio de melhor coleção outono-inverno 2008 na Fashion Access, a maior feira de moda asiática que ocorreu no início de abril, em Hong Kong, na China.

O foco da empresa é, além de distribuir para diversos países asiáticos, atingir a emergente classe média chinesa que não quer mais usar sapatos produzidos em seu país e ao mesmo tempo não tem condições de consumir um sapato italiano, por exemplo.

A nova linha aposta nas sandálias abotinadas e nas ankle boots, aquelas botas na altura dos tornozelos. Os calçados são confeccionados em couro, verniz e cetim. As imitações de pele de animais, como lagartos, cobras e croco, estampam as peças.

ODebate 

Site para freelancers digitais

O Catho Online, portal brasileiro de soluções em Recursos Humanos, acaba de lançar o CathoNegócios, serviço gratuito que funciona como ponto de encontro para empresas e profissionais negociarem projetos que possam ser desenvolvidos e finalizados na forma de arquivos digitais, tais como websites, softwares específicos, traduções, ilustrações e animações.

Para garantir a mediação, o site conta com a ferramenta Garantia, sistema de e-commerce no qual o contratante faz um pré-pagamento do valor do projeto para o Catho Online, antes do início do desenvolvimento. Com isso, o profissional contratado trabalha seguro de que o contratante tem crédito. Ele desenvolve e entrega o projeto de acordo com o requisitado. E então o contratante libera o pagamento.

O CATHONEGÓCIOS é gratuito tanto para contratantes como para profissionais.

A empresa vai concorrer diretamente com a Sociale Comunicação, agência de marketing paulistana, que desenvolveu um site semelhante, também em abril.

Baguete

CPI terá acesso a 19 pastas secretas de Lula

Em reunião a portas fechadas, que acabou há instantes, a CPMI dos Cartões Corporativos decidiu examinar as 19 pastas em poder do Tribunal de Contas da União que contêm os gastos secretos do presidente Lula e de seus familiares com cartões de pagamento do governo, assim como gastos do “tipo B”.

O exame poderá ser feito durante trinta dias, entre 22 de abril e 22 de maio, e os parlamentares poderão se fazer acompanhar de um assessor, mas terão de assumir o compromisso de não desrespeitar o “sigilo”. Eles não poderão usar celular, nem máquinas fotográficas, e manusearão a papelada na companhia de um técnico do TCU.

A reunião foi tensa e a bancada governista tentou impedir a decisão, que foi exclusiva da presidente da comissão, senadora Marisa Serrano (PSDB-MS).

Isento pode receber restituição do IR

Isentos que tiveram Imposto de Renda retido na fonte no ano passado podem receber a dinheiro de volta. Mas, para isso, é preciso entregar a declaração de IR anual. O prazo para o envio ter,ina dia 30 deste mês.

A Receita Federal considera isento quem teve rendimentos tributáveis em 2007 abaixo de R$ 15.764,28. Porém, muitos trabalhadores que não atingiram esse valor tiveram o Imposto de Renda retido.

Por exemplo, um trabalhador que recebeu R$ 10 mil no ano passado teve o imposto sobre esse valor recolhido. Porém, se ele declarar como isento, perderá tudo que pagou de IR. Mas, se fizer a declaração simplificada (com desconto de 20% sobre os rendimentos tributáveis, limitados a R$ 11.669,72) ou a completa poderá ter o montante.

Quem já fez a declaração de isento em 2005, 2006 e 2007 e teve imposto retido na fonte também pode recuperar o valor, afirma o consultor Aguinaldo Silva. No entanto, é preciso pagar uma multa mínima de R$ 165,74 por ano sem declaração. Nesse caso, o contribuinte deve avaliar se vale a pena pedir o imposto.

Segundo Silva, o contribuinte que não obtiver o informe de rendimentos a tempo poderá entregar uma declaração em branco. Para ter a restituição, deverá fazer uma declaração retificadora assim que conseguir o documento.

Estudo revela que faltam médicos no país

Faltam médicos no país. A conclusão é de um estudo da Fundação Getulio Vargas (FGV), que foi divulgado nesta terça-feira (15). Segundo reportagem da Agência Brasil, pelos dados da pesquisa, referentes a 2005, naquele ano havia um médico para 595 habitantes no país.

 

Segundo o economista Marcelo Neri, responsável pelo levantamento, embora o número não esteja tão distante do que se considera ideal (cerca de 300 habitantes por médico), o problema mais grave é que esses profissionais estão mal distribuídos.

Entre as regiões brasileiras, o líder é o Distrito Federal, com 292 habitantes por médico, seguido pelo Rio de Janeiro (299 por um) e São Paulo (448 por um). O Rio Grande do Sul apresenta 445 moradores por profissional. O Maranhão está na pior colocação, com 1.786 habitantes por médico.

AGB

Aposentadoria: INSS aceita prova testemunhal

Provas testemunhais de colegas passarão a ser aceitas pelo INSS para contar tempo de serviço. Atualmente, é preciso anexar ao pedido de aposentadoria Carteira de Trabalho, comprovante de recebimento de salário ou cópia do cartão-ponto.

O anteprojeto mudando a lei 8.213 foi apresentado ontem pelo ministro da Previdência, Luiz Marinho. A mudança, prevê o ministro, evitará fraudes. Marinho pediu apoio a deputados para agilizar os trâmites da proposta no Congresso.

O ministro da Previdência Social, Luiz Marinho, e o presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Rider Nogueira de Brito, assinaram o anteprojeto de lei que permitirá ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) reconhecer o tempo de serviço determinado em sentenças judiciais ou acordos homologados na Justiça do Trabalho. O anteprojeto, que será encaminhado ao Congresso Nacional pelo presidente Lula, foi elaborado pela Secretaria de Políticas de Previdência Social, Procuradoria do INSS e ministros do TST.

Para o presidente do TST, ministro Rider de Brito, “este projeto de lei é de grande importância para os trabalhadores em geral, já que os negócios da Previdência Social andavam divorciados da Justiça do Trabalho”. E a pretensão do mesmo, completou o ministro, “é corrigir uma injustiça”.

Para o trabalhador, a grande vantagem da mudança na lei é que ele terá mais facilidade para comprovar seu tempo de serviço junto à Previdência, pois o INSS vai acatar a decisão da Justiça do Trabalho como início de prova material. Os trabalhadores que tiveram a decisão trabalhista recusada pela Previdência, mas houve recolhimento do período trabalhado, poderão ingressar com novos pedidos administrativos no INSS após a aprovação da lei. Se eles estiverem dentro do período de cinco anos, a Previdência vai reconhecer o período trabalhado, bastando que eles se dirijam a uma das agências da Previdência e dêem entrada novamente no processo.

Previdencia

%d blogueiros gostam disto: