Arquivo do dia: abril 15, 2008

Brasileira pode ser nova top model da TV alemã

Uma brasileira está entre as finalistas do programa de televisão Germany’s Next Top Model, apresentado pela famosa modelo alemã Heidi Klum.

Gisele, 20 anos de idade, está entre as dez finalistas do reality show alemão que procura a “próxima top model da Alemanha”.

Ela e mais nove participantes foram escolhidas em meio a milhares de candidatas de todo o país.

A brasileira passou toda a sua infância na Alemanha e fala tanto o português como o alemão sem sotaque.

Todas as candidatas têm que passar por testes e provar o que sabem na passarela e no estúdio de fotografia.

Este processo de seleção é mostrado em um programa semanal de duas horas de duração no canal Prosieben.

Polêmica

Gisele, cujo sobrenome é mantido em sigilo pela emissora, é uma das candidatas mais polêmicas.

Ela já se recusou a tomar parte em sessões de fotos e não deixa de expressar abertamente sua antipatia por várias colegas.

O programa Germany’s Next Top Model é visto por uma média de 3,5 milhões de telespectadores.

A vencedora ganha um contrato com uma renomada agência de modelos e vai sair na capa de uma revista de moda alemã.

BBC

Remédio contra dengue hemorrágica

Um medicamento que diminui os principais sintomas da dengue e que evita a forma hemorrágica da doença poderá estar disponível dentro de três anos.

As pesquisas desenvolvidas por cientistas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) com ratos de laboratório demonstraram que o uso do remédio modipafant não permite que as plaquetas sangüíneas saiam dos vasos e migrem para os tecidos, como acontece com a dengue hemorrágica, evitando a queda das plaquetas.

O medicamento foi lançado originalmente pelo laboratório Pfizer para ser utilizado contra a asma, mas seus efeitos não se comprovaram eficientes e ele foi descontinuado. De acordo com a professora Danielle da Glória de Souza, do Departamento de Microbiologia do Instituto de Ciências Biológicas da UFMG, o medicamento não atua contra o vírus da dengue, mas sim em suas conseqüências inflamatórias no organismo.

— A droga diminui tanto a doença, quanto a letalidade produzida pela dengue. Ela não inibe o vírus em si, mas melhora a resposta do hospedeiro (o doente). Um dos grandes problemas da dengue é a resposta inflamatória induzida pelo vírus. Isso causa um quadro de doença no paciente.

Segundo Danielle Souza, os testes em seres humanos dependem de autorização e podem ser realizados já a partir deste ano, a um custo estimado de US$ 20 mil. A utilização do modipafant para a dengue já foi patenteada pela universidade mineira.

AE

Filme Marilyn Monroe fazendo sexo é leiloado

Para quem acha que os vídeos com cenas de sexo de famosos é algo típico da atualidade, um filme com imagens de Marylyn Monroe (1926-1962) em cenas quentes feito nos anos 50 comprova que esta cultura existe há tempos.

Segundo o jornal norte-americano “The New York Post”, a cópia de um vídeo da célebre atriz loira fazendo sexo oral em um homem não-identificado foi vendido para um empresário nova-iorquino pela quantia de US$ 1,5 milhão (cerca de R$ 2,6 milhões).

O vídeo, com cerca de 15 minutos e filmado em câmera de 16mm, foi descoberto pelo colecionador Keya Morgan, diretor do longa-metragem “Marilyn Monroe: Murder on Fifth Helena Drive”, programado para chegar aos cinemas em 2009.

O jornal informa que a filmagem, feita em meados dos anos 50, apareceu na década de 60, após a morte da atriz, durante as investigações policiais que buscavam comprovar que o ex-presidente John F. Kennedy ou seu irmão Robert eram amantes de Monroe.

Nas imagens silenciosas, a atriz aparece de joelhos em frente a um homem cujo rosto nunca aparece na filmagem. Monroe, por sua vez, não olha para a câmera em nenhum momento.

Morgan disse ao “The New York Post” que descobriu o vídeo enquanto fazia pesquisa para seu documentário sobre a atriz ao conversar com um ex-membro do FBI, que lhe contou sobre uma cópia que foi feita do vídeo, antes de ser confiscado pelo governo norte-americano nos anos 60.

Reuters

Olimpíadas de Pequim: como criar uma marca

 

 

Guitarrista do Queen: reitor de universidade

Após conquistar a fama como guitarrista do lendário grupo de rock Queen, Brian May, 60, deu hoje (14) mais um passo em sua nova vida acadêmica, ao se transformar em reitor da Liverpool John Moores University.

May tomou posse do cargo em cerimônia realizada no Saint George’s Hall, o imponente edifício neoclássico que domina o centro de Liverpool, no norte da Inglaterra.

“Não importa que idade tenha ou em que etapa da vida esteja: nunca é tarde demais para começar a aprender”, disse o guitarrista.

O músico, que já tinha recebido no ano passado uma bolsa de estudos de pesquisa honorária da mesma universidade, se declarou “muito orgulhoso” de sua nova responsabilidade.

Como reitor, presidirá as cerimônias de graduação e representará a universidade em algumas ocasiões especiais, entre outras tarefas.

May sucede no posto a advogada Cherie Booth, esposa do ex-primeiro-ministro do Reino Unido, Tony Blair, que assistiu ao ato.

Formado pelo cantor Freddie Mercury, May, o baterista Roger Taylor e o baixista John Deacon, o Queen gravou 15 álbuns até seu fim, em 1991, após a morte de Mercury por Aids.

EFE

Japão lança ultraportátil HD de 40 Gbytes

A operadora de celular japonesa Willcom e a Sharp anunciaram nesta segunda-feira (14) o lançamento do primeiro computador ultraportátil com os novos microprocessadores Centrino Atom, da Intel. O aparelho, chamado D4, terá 1 Gbyte de memória RAM, disco rígido de 40 Gbytes e tela de 5 polegadas sensível ao toque.

Os novos processadores da Intel, lançados no início de abril, têm o objetivo de incorporar a aparelhos móveis recursos similares aos de um PC convencional, porém sem gastar muita bateria.

O ultraportátil terá teclado externo para facilitar a digitação, Bluetooth, câmera de 2 megapixels e permitirá conexão de internet via Wi-Fi. Mas, segundo o site especializado InfoWorld, em razão de suas medidas (84 mm de altura, 192 mm de largura e 26 mm de espessura, com massa de 470 g), o D4 é portátil, mas não cabe no bolso.

Por isso, a Willcom deve vender separadamente um aparelho menor, que funcionaria como um acessório do D4 para facilitar a realização de ligações telefônicas.

O auxiliar, equipado com um teclado comum de celular e uma tela pequena, deve se conectar com o D4 via Bluetooth. A idéia é que o usuário fale por meio do acessório, enquanto mantém o principal na bolsa ou em uma mesa, afirma a publicação.

O D4 utiliza o sistema operacional Windows Vista, da Microsoft e deve chegar ao mercado japonês em meados de junho custando 128,6 mil ienes (US$ 1,272 mil).

InfoWorld

Irmã de Zezé Di Camargo na Playboy

A atriz Lucielly Camargo, irmã mais nova de Zezé Di Camargo e Luciano, negocia com a Playboy seu primeiro ensaio nu.

Desde que fez Mulheres Apaixonadas (Globo), em 2003, Lucielly já havia sido sondada pela revista.

Comenta-se na família de Lucielly que ela teria adiado o ensaio porque os pais são evangélicos e poderiam ser contra.

Zapping
 

%d blogueiros gostam disto: