Arquivo do dia: abril 11, 2008

Charge: Ronaldo “fatnômeno”

 

Aroeira

Vanilla Ice é preso suspeito de bater na mulher

O happer Vanilla Ice, cujo nome real é Robert Van Winkle, foi preso após a denúncia de maus tratos contra sua mulher, Laura Giarritta. Após sua detenção, Vanilla Ice passou a noite da última quinta na prisão do condado de Palm Beach, no norte de Miami, e nesta sexta-feira comparecerá a um juiz para esclarecer o incidente.

Segundo o relatório policial, a mulher do artista ligou para a polícia e disse que seu marido a agrediu diante de seus dois filhos, Dusti Rain, de 10 anos, e Keelee Breeze, de 8.

A polícia prendeu Vanilla Ice nas proximidades de sua casa na localidade de Wellington (condado de Palm Beach). O cantor afirmou que discutiu com sua mulher, mas negou que tenha acontecido qualquer ato de violência. Há quatro anos Vanilla Ice também foi preso por maus tratos e por várias infrações de trânsito.

 

EFE

Nova droga reduz danos de radioterapia

Pesquisadores desenvolveram uma nova droga que protege as células saudáveis e a medula óssea da radioterapia contra o câncer. A informação é de um estudo publicado na quinta-feira (10) nos Estados Unidos.

A radioterapia utilizada com eficácia para destruir tumores cancerígenos também afeta as células saudáveis, de acordo com o estudo, presente na revista “American Review Science”. Mas a nova droga protegeu as células gastrointestinais e a medula óssea em ratos e macacos, sem reduzir os efeitos positivos do tratamento radioterápico, destacou Lyudmila Burdelya, do Roswell Park Cancer Institute.

O doutor Richard Kolesnick, do Memorial Sloan-Kettering Cancer Center, de Nova York, afirmou que o estudo representa “uma ruptura em um tema que tem desafiado a comunidade científica”.

A droga, chamada CBLB502, age ativando um conhecido atalho molecular que algumas células cancerígenas utilizam para evitar a morte celular, explicou Burdelya. Uma simples dose em animais submetidos à radioterapia reduziu significativamente o dano provocado à medula óssea e às células gastrointestinais, prolongando a vida das cobaias, destacaram os especialistas.

A nova droga também poderá ser utilizada por trabalhadores expostos a vazamentos radioativos e até por militares atingidos por armas nucleares. Os testes com seres humanos começarão ainda este ano.

France Presse

Desembargador liberta pai e madrasta de Isabella

O desembargador Caio Eduardo Canguçu de Almeida, do Tribunal de Justiça de São Paulo, concedeu habeas corpus para Alexandre Alves Nardoni, 29, e Anna Carolina Trotta Peixoto Jatobá, 24, respectivamente pai e madrasta da menina Isabella Nardoni, 5, morta no último dia 29 de março, em São Paulo. Eles são considerados suspeitos do crime pela Polícia Civil e estavam presos desde quinta-feira (3).

Essa informação foi confirmada por um dos advogados do casal, Marco Polo Levorin. O habeas corpus foi concedido em caráter liminar (provisório) e tem aplicação imediata. O mérito da questão ainda será julgado.

Nardoni e Jatobá devem ser soltos ainda nesta sexta-feira. Ele está no 77º DP (Santa Cecília) e Jatobá, no 89º DP (Portal do Morumbi). O casal foi preso por força de um mandado de prisão temporária válido por 30 dias (porém prorrogáveis por mais 30 dias) concedido pelo Maurício Fossen, do 2º Tribunal do Júri.

No pedido de prisão, a Polícia Civil, corroborada pelo Ministério Público, argumentava que, uma vez solto, o casal retornaria ao apartamento em que o crime ocorreu, prejudicando o acesso dos peritos, e entraria em contato com testemunhas como funcionários do prédio e vizinhos, dificultando o andamento do inquérito.

No pedido de habeas corpus, a defesa do casal argumentou que os dois têm endereço fixo, não possuem antecedentes criminais e não oferecem risco às investigações.

FSP

TCE aponta falhas em contratos do Banrisul

Com base num dossiê de suspeitas elaborado pelo vice-governador Paulo Afonso Feijó contra a direção do Banrisul, uma inspeção extraordinária do Tribunal de Contas do Estado (TCE) aponta irregularidades em contratos do banco com a Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Faurgs).

As principais falhas seriam dispensa indevida de licitação, subcontratações e evasão de tributos.

Desde 2000, o Banrisul assinou sete contratos com a fundação — todos sem licitação. O objetivo descrito no primeiro convênio era a prestação de serviços de informática. Com o tempo, porém, a fundação ampliou a relação com o Banrisul e passou a realizar consultoria para implantação de programas estratégicos.

Pelos serviços, o banco já repassou cerca de R$ 91,7 milhões para a fundação (R$ 19,8 milhões referentes à consultoria e R$ 71,9 milhões pelos serviços de informática). Ao final dos dois contratos ainda em vigor, o Banrisul terá pago R$ 95,3 milhões.

A Faurgs, porém, subcontratou outras empresas para executar os serviços. A prática considerada ilegal está no centro de outros escândalos com fundações ligadas a universidades. Dispensadas de participar de licitações, fundações são utilizadas por empresas para driblar a concorrência pública.

Os seis auditores do TCE que assinam a inspeção escrevem: “A fundação (Faurgs) está sendo utilizada em benefício de interesses privados”. Chamou atenção dos técnicos a subcontratação de duas empresas do consultor Lauro Tachibana pela fundação para atuar nos convênios. As empresas H9 e L.L.T. ficaram com R$ 10,6 milhões dos R$ 19,8 milhões repassados pelo banco à Faurgs.

Segundo a inspeção, os negócios com Tachibana causaram prejuízo ao banco. No último contrato, o Banrisul acertou o repasse de R$ 1,8 milhão para a Faurgs pelo código-fonte (principal conjunto de linhas de programação de um programa de computador) de um software elaborado pela H9. A inspeção alerta que a despesa havia sido objeto de contratos anteriores.

No ano passado, o vice-governador levantou suspeitas contra o presidente do banco, Fernando Lemos, e afirmou que o demitiria caso assumisse o Palácio Piratini. Lemos chegou ao posto no governo Germano Rigotto (2003-2006) e foi mantido pela governadora Yeda Crusius. Feijó enviou as suspeitas ao Ministério Público de Contas. O vice-governador assumiu o governo de 19 de março a 2 de abril e não demitiu Lemos.
ZEROHORA

Governo retoma venda de carne à Rússia

O Ministério da Agricultura confirmou que os Estados de Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo estão autorizados a voltar a exportar carne bovina in natura para o mercado russo. A decisão foi comunicada pelo Serviço Veterinário e Fitossanitário da Rússia ao Ministério da Agricultura hoje. No total, 40 novos estabelecimentos foram autorizados. As vendas estavam suspensas desde 2005, quando foram diagnosticados casos de febre aftosa nos rebanhos do Mato Grosso do Sul e do Paraná.

 

Além de Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo, os 40 estabelecimentos autorizados estão localizados também em Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Tocantins, Rondônia e Santa Catarina. Atualmente, há 158 estabelecimentos habilitados a exportar carnes (bovina, suína e aves) para o mercado russo.

A Rússia é o maior comprador individual da carne brasileira e já importa quase todo o volume comprado por 27 países da União Européia (UE). No ano passado, os países da UE importaram 952 mil toneladas de carne brasileira. Em volume, o país responde por 16,29% da exportação de carne brasileira.

AJB

Varig suspende vôos para Paris, Madri e México

O Sindicato Nacional dos Aeronautas informou nesta quinta-feira que a Varig vai suspender as rotas que mantinha para Paris, Madri e México a partir de junho, concentrando suas operações agora na América do Sul.

O motivo da interrupção seriam os prejuízos que as rotas excluídas acarretavam para a companhia.

De acordo com a presidente do sindicato, Graziela Baggio, os executivos da Varig garantiram que não haverá demissões e que os funcionários dessas rotas serão deslocados para operações sul-americanas.

Para Graziela, os argumentos utilizados pela empresa para a medida têm consistência, tanto que no começo deste ano a companhia aérea suspendeu os vôos para Frankfurt, Roma e Londres.

A Varig informou ainda ao sindicato que já fez acordos operacionais com outras companhias para atender seus passageiros a partir de junho.

 “Tudo isso na verdade é uma reação à postura do governo e da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), que querem liberar as tarifas”, afirmou a presidente do sindicato à Reuters.

 Ela explicou que com a liberação, as empresas brasileiras não vão aguentar a guerra tarifária com as empresas estrangeiras.

O lucro da Gol, controladora da Varig, caiu em 2007, totalizando 268,53 milhões de reais contra 684,47 milhões de reais nos 12 meses do ano anterior.

Para a analista Luciana Leocádio, da Ativa Corretora, a Varig foi o “calcanhar de aquiles da Gol. A companhia está pagando o preço por crescer em demasiado sua oferta de assento, em função da aquisição em um mercado de demanda retraída, devido à crise no setor”, disse ela em nota em fevereiro, quando foi divulgado o balanço da Gol.

Reuters

Presos principais hackers do País

Na última quarta-feira (9), policiais do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic) prenderam, em São Paulo, quatro pessoas acusadas de integrar um dos principais grupos de piratas virtuais que agem no Brasil.

Segundo o departamento policial, o grupo teria, entre outros crimes, sacado dinheiro da conta da ex-senadora Heloísa Helena (PSOL). Além disso, a polícia afirma, em comunicado, que o grupo é responsável por capturar dados de pelo menos 3 mil usuários por meio de e-mails falsos de instituições financeiras e órgãos públicos.

Assim, os dados obtidos nos computadores permitiam que os piratas virtuais acessassem as contas bancárias das vítimas.

O Deic chegou ao grupo após descobrir uma reunião marcada em um apartamento na Zona Leste de São Paulo, onde foram presos o empresário Jéferson Rosa de Avelar, 29, seu irmão, Ugo Rosa de Avelar, 25, Fabiano Aparecido da Silva Araújo, 25, e o vendedor Marcos Antônio de Oliveira, 46. Além deles, foram apreendidos quatro computadores.
 
Todos os detidos foram autuados em flagrante por furto mediante fraude e formação de quadrilha.

FSP

Ocean Air compra Tampa e só vôos domésticos

A Ocean Air anuncia logo mais que não fará mais vôos internacionais. Vai se concentrar nas rotas domésticas. Calma, passageiros. A decisão não vai afetar tanto assim a sua vida: a empresa só faz a rota São Paulo-Cidade do México

Não será o único anúncio a ser feito hoje pela Ocean Air. A empresa vai entrar no segmento de transporte de carga, onde ainda não atuava. Está comprando a Tampa, fundada em 1973, na Colômbia, e que hoje atua na América do Norte, do Sul (incluindo o Brasil) e na Europa.

Radar

PT nomeia Collares para Itaipu

O ex-governador Alceu Collares foi nomeado como integrante do Conselho de Administração da Itaipu binacional, função para a qual era cotado desde o início do ano passado.

O PT comandou a CPI da Propina no governo Collares e por pouco não o liquidou politicamente, mas na ocasião conseguiu impedi-lo de se candidatar ao Senado.

Hoje o PDT reclama outras nomeações no RS, entre as quais a do novo superintendente da Refinaria Alberto Pasqualini.

A fim de comemorar a notícia, nesta quinta a tarde a candidata do PT à prefeitura de Porto Alegre, Maria do Rosário, reuniu-se com o presidente do PDT, Vieira da Cunha. Ela quer Vieira ou Fortunatti como seu vice.

Políbio Braga

%d blogueiros gostam disto: