O que Silvio Santos vai tirar do baú


SILVIO SANTOS, SINÔNIMO DE TELEVISÃO, pretende reinar bem longe da telinha. Junto com Luiz Sebastião Sandoval, presidente do grupo, o dono do SBT quer invadir os canais de varejo para enfrentar as Casas Bahia no setor de móveis e eletrodomésticos, desbancar Natura e Avon no universo dos cosméticos, erguer prédios na grande São Paulo, ampliar negócios no setor hoteleiro e oferecer serviços financeiros do seu  Panamericano, para uma população que não tem acesso ao crédito.

Silvio Santos, ou melhor, o empresário Senor Abravanel, vai vender de tudo. O grupo que, neste ano, comemora cinco décadas de fundação, possui 37 empresas, emprega 11 mil pessoas e faturou R$ 3,6 bilhões em 2007.

O projeto mais ambicioso é a remodelação das antigas lojas do Baú da Felicidade. Recriada como Baú Crediário, hoje é uma rede de dez lojas que dentro de cinco anos, segundo os planos de Silvio, terá 250 pontos-de-venda. “Seremos a nova Casas Bahia”, diz.

O grupo quer pegar carona no crescimento da economia e no potencial das classes mais baixas. De olho nisso, contrataram o experiente executivo Décio Pedro Thomé, de 53 anos, com passagens pela Riachuelo, Pernambucanas e Lojas Colombo, para comandar a estruturação do negócio.

IstoéDinheiro

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: