Globo se livra de pagar indenização a Maluf


A TV Globo obteve vitória na 12ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça carioca (TJ/RJ), na ação de indenização impetrada pelo deputado federal Paulo Maluf (PP-SP), por causa de um personagem do programa Zorra Total.

Os desembargadores entenderam que não houve ofensa no quadro onde o humorista Agildo Ribeiro vive o personagem Dr. Babaluf. O parlamentar entrou com a ação de indenização por danos morais, alegando que foi ofendido no programa, já que sua defesa alega que o Dr. Babaluf foi nele inspirado, causando constrangimentos.

A juíza Myriam Medeiros da Fonseca Costa entendeu que o humorista não tem compromisso com a realidade, e negou o pedido do deputado em primeira instância, condenando-o a arcar com as custas e honorários, fixados em R$ 3,8 mil. Ela ainda afirmou que não cabe à Maluf interferir no roteiro do programa.

Na sentença, ela escreveu que “tudo não ultrapassou os limites da sátira, situação de jocosidade que não compromete a sua honra, a bem da verdade já um tanto abalada pela notícia de depósitos efetuados em bancos no exterior, prisão amplamente noticiada por todos os periódicos do país e outros episódios, de certa forma incompatíveis com o comportamento ético que se espera de um homem público”.

Consultor Juridico

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: