Uruguai vê filme sobre ditadura


Centenas de pessoas, incluindo ministros e parlamentares uruguaios e chilenos, encheram o Salão dos Passos Perdidos do Palácio Legislativo de Montevidéu na pré-estréia de “Matar a todos”, filme que conta a história do assassinato de um ex-agente e químico da Dina (polícia política de Pinochet), Eugenio Berríos.
    A co-produção entre uruguaios, chilenos e argentinos recria o episódio da Operação Condor (esquema repressivo coordenado entre as ditaduras militares do Cone Sul nos anos 70) através do homicídio do chileno Berríos no Uruguai, para onde fora transportado clandestinamente em 1991, durante o governo de Luis Alberto Lacalle (1990-1995), do Partido Blanco (conservador).

O filme é “uma espécie de Operação Condor cinematográfica”, reconstrói uma “época temida” e, por ser uma parceria cinematográfica entre três países que a viveram, torna-se uma “aposta para encontrar momentos e guardar na memória”, afirmou à ANSA o diretor do filme, o uruguaio Esteban Schroeder.

Após realizar uma denúncia contra a polícia, Berríos (considerado criador do gás letal sarin), foi devolvido a seus torturadores chilenos e executado para que não fornecesse informações à Justiça sobre a repressão da ditadura de seu país.

O filme, financiado com verbas dos três países e com o apoio da Ibermedia, é tido como de interesse nacional no Uruguai, recebeu vários prêmios em festivais internacionais como os de Cartagena, Havana e Biarritz, na França.
    Protagonizada por atores do Uruguai, Argentina e Chile, “Matar a todos” estreará em maio no Espaço Cine da memória Argentina, criado recentemente no país.

ANSA

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: