Cuba libera venda de PCs, vídeos, alarmes…


O governo do presidente cubano, Raúl Castro, autorizou nesta segunda-feira a venda de vários artigos eletrônicos, incluindo computadores, a particulares cubanos a partir de 1º de abril, na primeira reforma conhecida desde que assumiu o poder, há um mês.

A disposição contempla também a venda de equipamentos de reprodução de vídeo de todo tipo, televisores de todas as medidas de tela, panelas de pressão elétricas, bicicletas elétricas e alarmes para carros.

No entanto, adverte que os artigos serão incorporados à venda “de forma gradual”, conforme forem adquiridas pelas entidades responsáveis pela sua comercialização.

As lojas devem levar em conta, diz a disposição, que as marcas, modelos, peças, e acessórios sejam similares aos vendidos dentro do programa de economia energética implementado pelo governo desde 2005.

Cuba tem atualmente cerca de 600 clubes de computação, nos quais estudam cerca de 100 mil cubanos. Nestes pontos, e é possível ter acesso à intranet nacional.

No entanto, segundo a União Internacional de Telecomunicações (UIT), subordinada às Nações Unidas, Cuba apresenta a menor taxa de disseminação da internet na América Latina, pois apenas 0,9% dos 11,2 milhões de cubanos têm acesso à rede mundial.

EFE

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: