Memória: Morre o Professor Edison de Oliveira


Autor de diversos livros com dicas de português, morreu ontem de insuficiência cardíaca, aos 73 anos, o professor de Português Edison de Oliveira

Fundador e sócio do Curso Permanente de Português, em Porto Alegre, Edison inovou no estilo lúdico de ministrar as aulas, lembrou a sócia e amiga, professora Maria Elyse Bernd, que trabalhou 32 anos com o mestre. Ele foi pioneiro na presença de professores de cursinho pré-vestibulares na televisão com muito sucesso nos anos 70 e 80 com suas tiradas bem humoradas e eficientes.  

CP

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

  • OSVALDO SCHWARZ  On maio 25, 2016 at am:16 am

    Inesquecíveis momentos, lições, aprendizados, saudades de todos eles do PV Mauá de 60/70, Edison, Chemello, Busatto, Kiel, Buckup, Tulio Santos e tantos outros. Um dia vamos nos reencontrar de novo…

  • Eduardo Mello  On junho 15, 2015 at pm:33 pm

    Lamentável notícia de falecimento. Fui aluno deste Grande Mestre nos idos anos oitenta. Quantas saudades das divertidas aulas do Édison. A indústria de divertimento televisivo vem perdendo a grande oportunidade de aproveitar professores geniais que poderiam prestar um grande serviço, ensinando essa pátria de analfabetos, semi-analfabetos e ignorantes funcionais. Já pensou se professores divertidos e inteligentes, como era o Professor Édison, assumissem os horários de grande audiência tais como o besteirol do Faustão e tantas outras porcarias que muito pouco contribuem para o verdadeiro desenvolvimento cultural? Saudades eternas deste expoente do ensino da Língua portuguesa.

  • Simone  On novembro 7, 2013 at am:29 am

    Estava procurando pelo melhor professor de redação de Porto Alegre, sem lembrar seu nome – coisas da idade – quando ,então, cheguei aqui. Não esperava, no entanto, me deparar com esta notícia. Faço minhas, as palavras de todos vocês, pois as minhas … se calaram.

  • joao bratti  On dezembro 22, 2012 at pm:31 pm

    Soube hoje de sua morte ao tentar localizar seu paradeiro. Fico triste!. Para mim, foi o primeiro e único professor que efetivamente me ensinou português. Fui seu aluno, durante uns seis meses em 1963, no curso Preparatório Mauá,em POA.. Com ele aprendi macetes de aprendizado,que vim a usar com meus alunos, sobre acentuação gráfica ( lanarex, lamanarazinha), na análise sintática e no ensino da literatura ( suas apostilas eram um primor noa síntese do conteúdo e na forma de apresentar a matéria). Que Deus o tenha no melhor lugar por tudo o que representa para seus alunos.i

  • Vera Lúcia F. Codevila  On outubro 4, 2012 at am:25 am

    Até hoje nunca esqueci seus eninaentos,após anos terem se passado. Tive aulas com ele no cursinho pré vestibular universitário em 1984, era fantástico, era único. Ficou para sepre na inha memória.

  • rudimar furlan vieira  On setembro 30, 2012 at pm:36 pm

    Fui aluno desse mestre na lingua portuguesa, sabia dar uma aula de modo simples, mas que jamais os alunos esqueciam os seus ensinamentos, professor extraordinário….

  • ligia  On janeiro 3, 2012 at pm:48 pm

    Edison – suas aulas eram o máximo, divertidas, alegres, as melhores. Fui sua aluna nos anos 80 no Curso Universitário. Tenho certeza que está num lugar muito especial hoje junto a Deus, porque fez aqui a sua missão de uma forma maravilhosa. Obrigada por todo o seu conhecimento que nos passou. Fique em paz. Ligia – janeiro/2012

  • Airton  On maio 7, 2011 at pm:03 pm

    Eterna falta de suas tiradas inteligentes, sutis e didáticas.
    Nunca vi nenhum professor com o talento dele. Corriamos para assistir suas aulas. Que Deus o tenha….

  • ELFUNI ZANIOL  On janeiro 5, 2011 at am:54 am

    MEU GRANDE MESTRE ! ! !

  • ELOIÍZA MIDON MACHADO  On novembro 11, 2010 at am:10 am

    A DOR É ETERNA.SAUDADES…OBRIGADA POR TUDO,MESTREZÃO!

  • Felipe  On setembro 10, 2010 at pm:48 pm

    Além de todas as coisas bacanas ditas sobre o Édison de Oliveira, eu sempre tive a impressão de que ele era uma das pessoas que melhor entendia a pressão psicológica por trâs de um vestibular.E fazia o impossível para diminuí-la. Sujeito muito legal e generoso…..

  • Antonio Carlos Faraco  On junho 17, 2010 at pm:58 pm

    Figuraça cheia de carisma que não deixava cair a peteca é nunca, em suas aulas show, performáticas, sei lá como nomea-las… era uma farra que se aprendia! a gente dava muita risada e aprendia ainda! saudações, mestresão!

  • Luís Henrique Vicente da Silva  On dezembro 5, 2009 at pm:17 pm

    Estava procurando uma aula do Edson para mostrar para meu filho como pode haver prazer em aulas de português. Edson foi meu professor em 80. Boas lembraças deixou a todos nós. Lembro de muitas dele: “Não era apenas o braço que era duro”. “Ia para Ipanema para treinar a língua”. Dançava Chula no apagador acomanhado pelas palmas dos alunos. Boa!!!

  • JOÃO lUIZ GUEDES DIAS  On outubro 9, 2009 at pm:17 pm

    Nossa, fiquei sabendo apenas hoje, que tristeza senti, estranhamente fui procurar no bom e velho “google” alguma referência, a este que foi o grande e sem sombra de duvidas o melhor professor que tive, quem vai esquecer da sua galinha milagrosa, do tesometro, fui seu aluno no ano de 1985 no Universitario, e devo dizer que sua aula era um show, sabio e talentoso, aprendiamos brincando e nos divertindo, cada aula era única, eu que detestava Portugues no Colegio, aprendi muito com ele, jamais esquecerei de uma aula de redação, em que ele ensinava a não abusar da linguagem, assim: gentiiiiiiiiiiiiiiiii, nojooooossss, nojinhoooos, não exagerem, não precisa escrever: “Eu sou o quelso do pental ganirio”…

    Grande figura, que Deus te conceda um lindo lugar no céu, e lá tenha a chance de inspirar novos Edsons de Oliveira neste mundo, onde as coisas, normalmente funcionam tecnicamente, friamente e sem inspiração, Adeus meu grande e querido Professor, Luz e Paz Eternas!!

  • Mauro Berres  On outubro 6, 2009 at pm:43 pm

    Foi meu pofessor, em 1977, no curso Mauá. Excelente professor. Mestre na arte da comunicação e na capacidade de ensinar. As aulas dele eram imperdíveis. Aliás, aquele time do Mauá tinha muitos craques: além dele, tinha o Simões, Castelano, Beleza, Túlio, Lontra, Régis, Mandelli, López, Jorge Nery, Azevedo, Marcão (falecido no final do ano passado), Luzzatto, Gatto, Ênio, Filipe, Fontoura, etc. Em 1978, infelizmente, o Mauá se esfacelou. Aí surgiram outros cursos pré-vestibulares (Unificado, Universitário) pegando muitos desses mestres. Uma geração de professores que não mais se repetirá. Tive a felicidade de ser aluno dessa turma toda junta no Mauá. E à família do Edison de Oiveira meus sentimentos.

  • Jocelí João Mastti  On agosto 9, 2009 at am:29 am

    Hoje, dia 09.08.2009, ao procurar o BLOG do professor Edson de Oliveira, fiquei sabendo de sua morte. Sou admirador de sua obra, pois tenho o livro de sua autoria, “Todo Mundo Tem Dúvida, inclusive Você”. Lembro-me de quando ele era professor no Curso MAUÁ, em Porto Alegre. Grande MESTRE, perda sentida. Que ele continue defendendo nosso idioma, lá no mundo espiritual.
    Jocelí João Masutti – RIO/rj

  • José Carlos Santana  On julho 15, 2009 at pm:27 pm

    Que surpresa desagradável, que ironia do destino, fui pesquisar – a fim de confirmar as regras dos porques – para minha filha de 15 anos àquilo que o “mestresão” como o Edison gostava de ser chamado nas aulas do cursinho. Sempre tive uma grande admiração e jamais esqueci das suas tiradas de humor e bom gosto na sala de aula. Sujeito que transmitia o bem, fez sua parte nesta passagem…como espírita que ele era, deve estar tranqüilo seguindo o seu caminho… Eu tinha uns 19 ou 20 anos, hoje estou com 48 anos, e não esqueci desta referência da língua portuguesa. Foi pai, professor acadêmico, professor e sócio de cursinhos e sobretudo um homem de seu tempo…cumpriu com o seu papel…

  • Paulo Ricardo  On junho 6, 2009 at pm:16 pm

    Passei num concurso, graças ao prof edson de Oliveira, lembro-me de sua didática,divertida e dinâmica,e ilustrada muitas vezes, Ex: CRASE, vendo a vista (vender o olho, tinha um caolho com o olho na mão , e no quadro seguinte: vendo à vista( uma banca com um vendedor vendendo à vista) entre outras bárbaras ilustrações didáticas, desse mestre da nossa língua pátria, uma grande perda, tanto como ser pessoa ou como professor, fiquei sabendo hoje de sua morte, pois não lí uma linha sequer de seu falecimento, não foi divulgado por nenhuma mídia, pelo menos eu não lí, Que Deus ilumine seu caminho, assim como ele iluminou o caminho de várias pessoas, atravé da educação, e eu me incluo nelas!

  • dani  On março 3, 2009 at pm:57 pm

    Tive a honra de ser seu aluno no CPP em 1988. Tirei nota máxima na redação da PUC e passei nos primeiros lugares de medicina. Devo a ele e a outros mestres que já se foram ( Marcão, Lopes, …) o meu sonho alcançado. Com a mudança ortográfica resolvi me atualizar e devo voltar ao CPP mais de 20 anos depois. Sei que agora que dá aula é a sua pupila Maria Elyse, que na época recebia nossos assobios extasiados e adolescentes quando a mesma era chamada pelo mestre para dar algum recado na aula. É duro. Abraço aos amigos!

  • Angela Carvalho  On janeiro 28, 2009 at pm:04 pm

    Terminei a faculdade de Letras em 1977. Fiz revisão do “arroz com feijão” da gramática com o Professor Edson de Oliveira no CPP. Aprendi muito e senti segurança para trabalhar com português recém licenciada.
    Seu método e sua didática inovadora,além de ser uma pessoa com qualidade humana, deixou lembranças positivas tanto na minha vida profissional, como pessoal. Foi um grande e eterno pesquisador! Sabia muito e tinha uma didática excelente! Sua discípula, a Professora Maria Elyse, preparou minhas filhas para o vestibular e foi dez com estrelinhas. Hoje ela continua e honra a obra do Edsom com muito orgulho para nós brasileiros.

  • João  On janeiro 1, 2009 at am:08 am

    1980. POA.Curso pré-vestibular Universitário. Ótimos professores, como Tulio Santos, Carlos Jorge Apel, José Fogaça e o irreverente Edson de Oliveira, entre outros. Soube agora do ocorrido (morte do prof Edson de Oliveira), pesquisando sobre a nova ortografia da Lingua Portuguesa, a fim de tirar algumas dúvidas com o mestre. Mas fica na lembrança a pessoa de um Grande Professor. Abraço a todos.

  • Vanderlei T. Machado  On dezembro 7, 2008 at am:55 am

    Morei em Porto Alegre de 78 a 86.Em 1983 fiz o Cursinho Pré-vestibular Universitário. Gostei tanto da sua didática, que, de março a dezembro/83, não faltei a nenhuma aula de Português. Foi com ele que eu realmente aprendi Português com suas aulas descontraídas, espontâneas e práticas.Fiquei sabendo apenas hoje, 08/10/2008 do seu desencarne. A mídia de Porto Alegre deu pouco espaço para este Eminente Mestre.Esta bela alma está amparada pelos representantes de Deus na Verdadeira Vida. Obrigado Prof. Édison.

  • ju Foppa  On novembro 16, 2008 at am:05 am

    Eu não tive a sorte de conhece-lo
    pois a minha curiosidade aumento pois trabalho no curso que ele
    fundou e vejo seu mural todos os dias.
    Li seus livros e cencerteza honra o apelido de mestrezão.

  • Saulo Silva  On outubro 16, 2008 at pm:23 pm

    Há 20 anos atrás tive a oportunidade de ter aulas com o professor Edison. Eu tinha um problema sério para desenvolver redações e em uma única aula eu aprendi como fazer da maneira certa. Não esquecí mais as regras.

  • Jorge Trindade  On outubro 14, 2008 at pm:38 pm

    No ano de 1993, quando fazia curso pré-vestibular no Universitário, tive o prazer de assistir uma aula inesquecível com o Professor Édson, pois ele já estava com dificuldade nas cordas vocais. Fui aluno da Professora Maria Elyse que trabalhava utilizando a metodologia dele. Quero destacar que com a técnica criada por ele, a minha memorização melhorou muito. Eu aprendia dando risada das gravuras e das palavras criadas por ele para facilitar o aprendizado. Mestre seu método é 10.

  • Míriam  On outubro 8, 2008 at pm:42 pm

    Tive o privilégio de ter aula com o Édson de Oliveira em 1987 no Universitário. O cara além de muito inteligente, era muito engraçado. As aulas inesquecíveis.

  • Marisa  On agosto 27, 2008 at am:32 am

    Triste noticia…para mim ele estara sempre vivo foi o melhor professor que tive …me ajudou em muitos momentos….nao consigo pensar que ele nao esteja mais entre nós.

  • ione siqueira  On agosto 1, 2008 at am:18 am

    hoje, dia primeiro de agosto de 2008, agora nesse momento, fiquei sabendo da morte do querido e inesquecíve Édson de Oliveira. Fui procurar uma dúvida de portuguê no google e me deparei com isso. Na certa saiu em jornais e televisão, mas não vejo mais nada disso, então, daí a falha. Uma coisa é certa, jamais vou esquecê-lo e sempre estará nas minhas orações.

  • kiminda  On março 13, 2008 at pm:51 pm

    Bacana Sirnei esta tua manifestação ao nosso mestre. Pena que a “grande” imprensa, praticamente, ignorou a morte de este que foi “O” professor das gerações dos anos 70 e 80.

  • Sirnei Nunes Da Silva  On março 13, 2008 at pm:10 pm

    Tive o imenso prazer e sorte de conhecer o professor Edson quando cursei o Mauá no iníco dos anos 80. Jamais esquecerei da sua pessoa e dos seus ensinamentos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: