Daily Archives: agosto 19, 2011

Ministério do autoriza nomeações para o INMETRO

A ministra Miriam Belchior autorizou a nomeação de mais 150 aprovados dos concursos públicos do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), que foram autorizados pelo Ministério do Planejamento em 2007. As novas nomeações já estão liberadas a partir de hoje.

Segundo a portaria 296, publicada nesta sexta-feira no Diário Oficial da União (p. 151 da Seção 1), poderão ser convocados aprovados para os cargos de pesquisador-tecnologista em Metrologia e Qualidade (82), analista executivo em Metrologia e Qualidade (22), assistente executivo em Metrologia e Qualidade (6) e técnico em Metrologia e Qualidade (40).

Em 2007 foi autorizado o total de 638 vagas para o Inmetro, a serem preenchidas de forma escalonada em 2007, 2008 e 2009.

Cunhada do vice-presidente nua na Playboy de outubro

A cunhada do vice-presidente Michel Temer, Fernanda Tedeschi (foto), mais moça do que sua irmã, a vice-primeira-dama Marcela Temer, será a atração de Playboy de outubro.

Ela namora um advogado, estuda Direito, foi comissária de bordo da TAM, tentou trabalhar no Caldeirão do Huck e mora em Paulínia, interior de São Paulo.

Marcela, para quem tem memória curta ou nem sabe que existe a cidade, foi Miss Paulínia. O ensaio de Fernanda será menos pirotécnico do que o de Adriane Galisteu: nada de costa italiana.

O clima será de luxuria e poder, em estúdio. Então tá

Prá quem não entendeu a mensagem do google

“Doodle” da página de buscas foi uma homenagem ao matemático francês Pierre de Fermat (1601–1665).

A imagem que substitui o logo do Google hoje (o chamado doodle) nesta quarta (17) é uma homenagem ao nascimento do matemático e cientista francês Pierre de Fermat (1601–1665). Ao colocar o mouse sobre o quadro negro com a equação, aparece o texto “Eu tenho uma demonstração realmente maravilhosa para esta proposição, mas este doodle é muito pequeno para contê-la”.
A frase é uma brincadeira com o que Fermat anotou na margem de um livro, Arithmetica de Diofanto: “Eu tenho uma demonstração verdadeiramente maravilhosa para esta proposição, mas esta margem é muito pequena para contê-la”.

Porto Alegre: vazamento radioativo pode ter causado mortes em hospital

Após receber denúncia de um suposto vazamento radioativo, uma comitiva de vereadores de Porto Alegre visita na tarde desta sexta-feira o Hospital de Pronto-Socorro (HPS) da capital gaúcha, umas principais instituições de saúde do Estado. Nesta semana, documentos foram encaminhados à Câmara, com laudos de técnicos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), indicando que equipamentos do setor de raio-x do local estariam sucateados. Os vereadores também receberam informações de que dois funcionários do HPS morreram de câncer no mês passado, e a suspeita é de que a radiação tenha sido determinante para acelerar a doença.

A Secretaria Municipal de Saúde, no entanto, rechaça a hipóteses de um vazamento e contesta os laudos independentes realizados no local. Segundo a pasta, análises oficiais ocorreram na sala de raio-x e foi descartado o risco de vazamento. A secretaria, contudo, informou que, recentemente, consertou dois aparelhos do local que apresentavam problemas, mas não conseguiu identificar a falha em um tomógrafo que segue estragado.

Até as 15h, o titular da pasta, Carlos Henrique Casartelli, e mebros da direção do HPS davam explicações ao vereadores sobre a denúncia. A secretaria não quis se manifestar sobre as mortes, por entender não ser um assunto da pasta, e ainda não confirma se eles trabalhavam no setor de raio-x.

Técnicos do serviço de radiologia do Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre (HPS) encaminharam denúncia à Câmara de Vereadores da capital, informando que os equipamentos de raio-X disponíveis na instituição apresentam vazamento e estão funcionando em meio a péssimas condições de higiene.

A denúncia foi veiculada pelo site do jornal Correio do Povo nesta quarta-feira. A matéria cita uma servidora – que pediu para não ser identificada – dizendo que há laudos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) atestando o problema.

Segundo a denúncia encaminhada aos vereadores, cinco equipamentos de raio-X foram instalados em 1944 (ano de fundação do hospital), mas apenas dois funcionam até hoje e não há manutenção dos equipamentos. Segundo a mesma servidora, os aparelhos apresentam vazamento de radiação. “Mês passado, dois colegas morreram de câncer. Eu também já tive câncer. Está vazando radiação”, disse a servidora.

Terra/ e RS Urgente

Música: Encontro de Twitteiros de Porto Alegre

 

O Encontro de Twitteiros de Porto Alegre (@ETC_POA) promove na quarta-feira, 25, um evento com o tema “Músicas e  Redes: Relacionamento de músicos e fãs pelas redes sociais”.

O evento acontece no Solar da Câmara (Pça. Mal. Deodoro, 101), das 19h às 21h, e tem por objetivo reunir twitteiros músicos, jornalistas, escritores, profissionais multimídia, professores, publicitários num debate interativo.
São esperadas 60 pessoas.
O @ETC_POA é parte de uma organização nacional que promove eventos em 18 cidades em 14 estados brasileiros.
Em Porto Alegre, a organização é de Ana Kretzmann, palestrante, consultora e co-host
Baguete

Droga: Ecstasy modificado combateria câncer

São Paulo- Pesquisadores ingleses anunciaram hoje que uma forma modificada da droga MDMA, conhecida como Ecstasy, possui grande poder de combate a certos tipos de câncer – como leucemia, linfoma e mieloma.

A equipe da Universidade de Birmingham afirma que, em alguns anos, uma medicação segura poderia ser desenvolvida para pacientes – e aguarda a liberação dos testes clínicos para avaliar seus resultados em pessoas.

O estudo, publicado na Investigational New Drugs, se baseia em uma pesquisa de seis anos atrás. Nela, os cientistas notaram que mais da metade dos cânceres das células brancas do sangue  tinham seu crescimento interrompido com aplicação de drogas psicotrópicas. Em laboratório, as células respondiam bem a derivados de anfetamina, como Ecstasy e pílulas para emagrecimento, ou antidepressivos, como Prozac.

Na época, no entanto, os pesquisadores não conseguiram testar os resultados, obtidos em células isoladas em laboratório, em pessoas: a dose necessária de MDMA para combater o câncer mataria um paciente.

Durante todo esse tempo, os pesquisadores trabalharam em parceria com a Universidade Western Austrália para isolar as propriedades anti-câncer da droga e retirar as toxinas nocivas. O resultado foi um composto mais atraído à gordura que compõe a parede celular e, por isso, capaz de penetrar mais facilmente na célula cancerígena e dissolvê-la. Essa nova fórmula aumenta a eficiência da droga em 100 vezes, se comparada ao Ecstasy comum, mas não possui o mecanismo tóxico nocivo.

Mais importante, os pesquisadores dizem ter compreendido os mecanismo por trás da ação do MDMA no câncer – o que pode levar ao desenvolvimento de outros tratamentos.

Info

Lançada a cartilha de Brizola

Dentro dos festejos que antecedem aos 50 anos da Cadeia da legalidade e dos 30 anos da Carta de Lisboa, será lançada nesta sexta-feira, 19 de agosto, a  Cartilha de Brizola. Assinado por José Augusto Ribeiro e prefaciado por Leonel Brizola Neto, o livro faz parte da série de cartilhas lançadas pelo MAPI – Movimento dos Aposentados Pensionistas e Idosos – sobre personalidades do Trabalhismo no Brasil, como Getúlio Vargas, Jango, Alberto Pasqualini e agora Brizola.

O material traça um painel do Brasil no último século, focalizado na visão política do falecido governador. O lançamento acontece a partir das 17h, na Fundação Leonel Brizola/Alberto Pasqualini, na Rua do Teatro, 39.

Anna Ramalho

Novo ministro da Agricultura contratou ilegalmente vereador como secretário parlamentar

Matéria do jornal O Estado de Minas

Brasília – O ex-ministro da Agricultura Wagner Rossi renunciou ao cargo, mas deixou na pasta peças-chaves para seus negócios nebulosos. Funcionários do segundo escalão escolhidos pelo ex-ministro são apontados como interlocutores de empresas ligadas ao quarto ministro demitido do governo da presidente Dilma Rousseff.

Já o novo chefe da pasta, deputado federal Mendes Ribeiro (PMDB-RS), chega à Esplanada prometendo transparência. Mas na Câmara Ribeiro Mendes, líder do PMDB no Congresso, mantém um gabinete com nomeações ilegais.

O parlamentar gaúcho emprega o cabo eleitoral e vereador de Pântano Grande (RS) Ivan Trevisan (PMDB). Ele foi nomeado secretário parlamentar em dezembro de 2008, mesmo ano em que ganhou uma das 32 cadeiras no Legislativo municipal. Trevisan está em seu terceiro mandato e desdobra-se ainda como presidente da Associação dos Vereadores do PMDB no Rio Grande do Sul. Segundo a Câmara, a contratação é proibida porque representa acúmulo de função. Só do Legislativo federal, Trevisan já recebeu cerca de R$ 150 mil. Em entrevista ao Estado de Minas, o novo ministro explicou a contratação do conterrâneo e assegurou que, no ministério, não terá o compromisso de manter ninguém.

No gabinete do deputado, Ivan Trevisan é quase desconhecido. Os funcionários demoraram a se lembrar do secretário, que fica no Sul. No escritório político em Porto Alegre, a informação é de que ele só atende pelo celular. Trevisan confirmou que ocupa os três cargos, mas não quis detalhar por telefone as atividades nem informar os horários de trabalho. Solicitou que as perguntas fossem encaminhadas por e-mail. “Realizo minhas atividades com muita tranquilidade, pois existe compatibilidade de horário para os deveres”, respondeu. Ele afirmou que, no mínimo uma vez por semana, vai até o escritório de Porto Alegre e “sempre que tem demanda” viaja a Brasília. Trevisan disse que não recebe dinheiro da associação do PMDB. “O cargo dá prestígio e oportunidade para o crescimento.”

Ivan Trevisan mora em Pântano Grande, a duas horas da capital, e, segundo colegas vereadores, nunca falta ao trabalho. Pelo Legislativo municipal, ele recebe por mês R$ 2,3 mil. As reuniões plenárias ocorrem a cada 15 dias. Pelo gabinete, o vereador ganha cerca de R$ 4,5 mil. Ele declarou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) um patrimônio de R$ 42,8 mil, representado por um terço de uma casa no Centro da cidade de pouco mais de 10 mil habitantes.

Mendes Ribeiro informou que caberia à Câmara fiscalizar a contratação e que, durante a nomeação, não houve qualquer impedimento. “Não existe incompatibilidade. O Ivan é uma pessoa muito ativa profissionalmente e politicamente”, disse. Também esclareceu que nessa quinta-feira mesmo recebeu um ofício da Casa pedindo a revisão da contratação e determinando que Ivan escolha um dos cargos. O vereador e secretário parlamentar terá 10 dias para comprovar que abriu mão da vaga na Câmara Municipal ou pedir exoneração do cargo de secretário parlamentar. A assessoria de imprensa da Câmara informou que vereadores não podem acumular cargos, porque seguem as normas dos deputados federais. Uma recente decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou o entendimento.

Aliados

Além do problema com o funcionário, Mendes terá que lidar com o legado do antecessor. Wagner Rossi pediu demissão depois que o Estado de Minas revelou, na terça-feira, que ele usava frequentemente o jatinho da empresa de agronegócios Ourofino, com sede em Ribeirão Preto (SP). E, apesar de ter deixado a pasta, mantém grande influência, especialmente com a presença de aliados na Secretaria de Defesa Agropecuária, nos departamentos de Fiscalização de Insumos Pecuários, Inspeção de Produtos de Origem Animal e de Saúde Animal, além da Consultoria Jurídica, responsável pelos pagamentos milionários de dívidas perdidas na Justiça, e da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo, comandada por Ricardo Saud, que também é sócio de uma das subsidiárias do Grupo Ourofino.

Alana Rizzo/Denise Rothenburg

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.461 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: